OPINIÃO : A ARMADILHA DO SUICÍDIO

"Tenho depressão desde pequena. Minhas primeiras crises começaram aos 9 anos de idade. Desde então amadureci muito para minha idade e me sinto mais velha do que realmente aparento. Estou cansada de tudo. De minha família, da minha luta diária para viver, de minha ansiedade, da minha covardia.. enfim de tudo.Vou a psicólogos, psiquiatras e neurolinguistas desde dos 9 anos. Gostaria de saber como seria a melhor forma de suicídio sem que ninguém encontre meu corpo. Já pensei em me jogar de precipícios para o mar com um peso amarrado e tudo mais. Porém tenho medo de sentir dor e de não dar certo e surgir seqüelas. Eu acredito que a melhor forma de suicídio é com um tiro na cabeça. Porém como faria para esconder meu corpo para que ninguém o ache nunca mais? Obrigada."
(Comentário anônimo deixado na postagem Suicídio)

Ao acabar de ler este recado, estava com um gosto amargo na boca. Afinal, já tratei neste espaço inúmeras vezes sobre o tema, mas ainda me espanto e entristeço ao ver pessoas que ainda acreditam na morte provocada como uma solução. Vou reproduzir, então, um texto que acredito exemplar ao tratar sobre o tema, publicado no blog Partida e Chegada.
"Durante o romantismo, folhetins de amores impossíveis circulavam entre jovens de todas as idades. O envolvimento emocional era tão gran­de com a história e os personagens que, quando o romance terminava em tragédia e os amantes não podiam ficar juntos, a tristeza era tão grande que centenas de pessoas se suicidaram.

No Japão me­dieval, era sinal de honra e coragem terminar com sua própria vida caso fosse vencido. Pela Lei do Karma, o suicídio é um problema sério. Muitas pessoas se sentem deprimidas por­que sentem, lá no fundo, aquela vontade louca de voltar pra casa. Para elas, o suicídio é uma forma de voltar pra casa. Para outras, é um jeito de fugir dos problemas. Em ambos os casos, estão enga­nadas.

Sabemos que o suicídio não é bem visto por­que interrompe seu processo de aprendizado. É como sair para o recreio antes da hora. Você perde a aula e só encontra um pátio vazio. Há quem diga que é preciso ter coragem para tirar a própria vida, quando nós sabemos que é preciso coragem mesmo para continuar vivendo. No fim, suicidas são pessoas que abandonaram a batalha. Por isso tendemos a ficar tão zangados com eles! Nos largaram sozinhos no campo de batalha, os cretinos! Mas para onde vão essas almas?

Há um lugar tenebroso chamado Vale dos Suicidas, escuro, frio, fétido e feio. Para lá vão os que desistiram repetidas vezes de suas vidas. Pra você ver como a divindade é paciente, é preciso que cometamos o mesmo erro várias vezes para que nos enviem a um lugar tão horrível. Não é um lugar legal e, vale lembrar, que suicidas tendem a repetir o padrão de comportamento (fugir quando a coisa fica feia). Muitos deles acabam reencarnando como pessoas excepcionais, para que sintonizem as emoções mais básicas e não usem sua inteligência para se matar. Mesmo suicidas têm novas chances. Mas o caminho que trilham é doloroso demais para valer o experimento.

Por isso, fica o recado. Por mais preta que a situação esteja, jamais desista. Vá até o fim! Finja que é um vídeo game e use até o último pontinho de vida para lutar e ficar. Morrer lutando, seja contra uma doença ou para defender algo ou alguém, é mais honroso do que morrer fugindo".
Por Eddie Van Feu. Artigo elaborado a partir de um trabalho original de Eddie Van Feu, escritora e jornalista, que faz do assunto vidas sucessivas um tema apaixonante. Extraído da série "Wicca",n. 35 (Reencarnação), Editora Modus

Compartilhe:

4 comentários :

  1. Sabe eu ja passei por isso,meu pai se enforcou nos fundos de casa,e aparentemente para mim,ocorreu algo muito estranho,pois qando eu o vi,parece que eu sai de mim,no momento em que vi aquela situação a primeira coisa que fiz foi desamarralo com a ajude de um ex-cunhado meu,deitei ele sob uma mesa que havia la,e comeceu a fazer massagem cardiaca e respiração boca-a-boca,quando vi que não adiantava,simplesmente peguei um lençol e o tampei,no velorio e no enterro nenhuma lagrima eu derramei,pois talvez no fundo eu ja sabia o que iria acontecer,pois naquela manhã,meu pai estava bebendo uns tragos com o vizinho da frente e quando eu fui chama-lo para almoçar ele não veio,simplesmente mais tarde eu fui a casa de umas amigas,quando simplesmente eu escutei algo me avisando para ir embora,quando eu chego em casa pergunta para minha mãe onde estava meu pai e ela disse que estava la nos fundos,quando ela foi ver ele deu de cara com o corpo dele depndurado la,foi um desespero para ela,mas para mim eu não sei o que aconteceu,mas as vezes eu me pego pensando nele,e quando percebo estou chorando...Mas essas dores passam,assim como um rio que leva a agua para longe...
    (3/12/2009 18:10:33)

    ResponderExcluir
  2. suicídio é procura, é afastamento, é libertação.
    suicídio é honra quando se consegue sem magoar outros.
    quando isso será possível ?

    ResponderExcluir
  3. Espíritas, cristãos, islamicos, judeus, hindus, budistas, etc.
    Ha várias religioes! Porque os espírits estão certos? Ou os cristões? Ou os judeus? Ou...ou...ou...ou?
    Ninguem sabe nada do que acontece após a morte, se é que algo acontece.
    Vivemos procurando uma resposta, que nunca encontramos.
    As pessoas aderem a uma religião e aí tentam se conformar. Mas a verdade é que, dentre as várias religiões, aderem àquela que mais lhe conforta.
    A verdade é que ninguém sabe porra nenhuma de nada.
    Essa impossibilidade de saber faz com que o homem fique apavorado...pois se depara com o absoluto DESCONHECIDO.
    Não sei se existe algo (as vezes acho que existe, outras acho que nao).
    Mas quando tento analisar, vejo que todas as explicaçaos religiosas são falhas. Em todas existe furos (inclusive na espírita, que é a que parece trazer mais respostas - mas, que na verdade, traz apenas respostas para uma maneira ocidental de tentar ver o mundo).
    Esses negócios de inferno, de mármore do inferno, de purgatório, de vale dos suicidas sao apenas conjecturas ... que não conseguem ser provadas.
    A religião é uma forma de prender o ser humano a um conjunto de valores dos quais a sociedade necessita.


    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

 
Copyright © QUERO MORRER. . OddThemes