Recentes :

UM PEDAÇO DE MIM QUE NÃO É O TODO

Sou a filha caçula. Isso fez cair em cima de mim clichês e etiquetas que eu não procurei. Fui fácil de rotular . Nervosinha , ansiosa, mania de perfeição, mania de ficar sensível com tudo. Minha mãe não me dá mais presentes porque disse que cansou de dar presentes e eu não gostar, eu falava, ela berrava e eu acabava no choro. Assim a família inteira chegou a essa conclusão.Essa menina é sensível demais ! Melhor não dizer nada ! Quando eu descobri que Papai Noel não existia a vida da minha mãe virou um inferno. Eu desmontava a casa, mas achava os presentes dias antes do Natal. Fazer o que ? Coisa de caçula mimada e ansiosa , quer tudo e quer agora.

O mapa astral já tinha avisado, é culpa do ascendente em sagitário . Fala o que pensa e pronto. Cresci nesse planeta. Convencida que eu, um ser humano inteiro, com todas as suas capacidades era só isso mesmo, ansiosa, nervosa, sensível . As coisas boas que aconteciam comigo eram porque eu era sensível e tinha percebido, as ruins eram porque eu era sensível . Se eu gosto é porque sou sensível, se eu odeio é porque sou sensível. Se fiz as pazes é porque sou ansiosa e não perco tempo, se briguei é porque sou ansiosa e não dei tempo. Tudo na balança pesa para esses lados.

Ainda bem que o tempo passa e a vida costuma dar tapas em todo mundo. Eu levei os meus. E demorei muito tempo, tenho até vergonha de dizer , mas demorei em perceber que nenhum ser humano é feito só de três defeitos que também são qualidades ou vice-versa. Eu não sou só isso . Ninguém é. Como o mundo seria simples se todo mundo só tivesse três pontos na testa, indicando o que são. Fui rotulada, tratada dessa maneira, que hoje pessoalmente considero uma falta de respeito . Aprendi a bater, depois de apanhar . Se hoje em algum Natal algum tio me recorda que sou ansiosa , eu faço questão de dizer que ele já bebeu demais .

Acho triste conviver com alguém e só ver isso .Não vou negar, sou ansiosa sim, se pego avião penso se o piloto teve uma noite de sono boa , penso besteira sim ,sou sensível aos horrores no mundo , não sou fria nem distante de nada .Mas sou um todo , um quadro completo , não uma peça solta de um quebra-cabeças. Sou um ser humano com todos os defeitos e qualidades possíveis ,não posso ser julgada por uma peça . Não posso ser julgada por uma síndrome . Não sou ela , nem ela me representa . Não é minha lua , nem meu sol . É uma estrela, que brilha distante, as vezes posso ver, as vezes não .Por isso gosto das noites claras, onde o céu brilha e vejo milhões de estrelas . Então eu vejo minha síndrome lá . Mas também vejo o resto, vejo as outras, vejo o todo. E vejo como o meu céu é perfeito e infinito .Vejo que não sou essa estrelinha perdida .Sou um universo, infinito, que não se define em três coisas , como qualquer ser humano. 

AIara D.
Atriz, escritora e roteirista. Autora do livro "Síndrome de Mim Mesma"

A partir do blog
Síndrome de MM. Leia no original
Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.