Recentes :

MEU NAMORADO SUICIDOU-SE

"O testemunho que venho aqui deixar não é de ter vontade de suicidar-me, mas sim para que entendam aqueles que o pensam fazer, no sofrimento que causam aos outros. Na mistura de sentimentos que existe dentro de nós e sobretudo na enorme revolta, mágua, tristeza e muitos sentimentos negativos que ficam á volta da vossa imagem.

O meu namorado suicidou-se, enforcou-se na minha garagem.Ninguém pode imaginar o que é de um momento para o outro encontrarmos a pessoa que amamos, a pessoa com que vivemos, a pessoa com quem fizemos planos para um futuro e tantas juras de amor simplesmente pôr fim á vida de uma forma tão horrenda.

Tenho mil e uma perguntas na minha cabeça e sei que nunca irei obter uma resposta, pois a única pessoa que o seria capaz de fazer está morta!

Para quem o pensa fazer apenas aconselho a pedirem ajuda, falem com um amigo, tentem procurar algum tipo de ajuda porque na minha opinião tudo se consegue superar...menos a morte! A morte é uma coisa que todos nós temos certa e vamos ter muito tempo para estarmos mortos...agora para viver temos muito pouco tempo. Existe coisas muito boas para serem vividas e se sentirem que nada vale a pena olhem ao vosso redor pois concerteza haverá alguém que vos saberá dar valor. Percam um momento que seja para pensarem na dor que irão causar aos vossos pais, irmãos, amigos, familiares, namorada (o) pois muitos deles estão cá para vos ajudar a superar essa fase menos boa pela qual estão a passar.

Descobri este blog porque estava gravado no computador do meu namorado..."

Maria Francisca (Rede Quero Morrer)
Imagem:  tchola
Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

20 comentários:

  1. Egoísmo é achar que podemos prender alguém ao sofrimento só porque não o queremos perder! O suicidio é só uma forma de desistir, como toda a gente tem o direito de desistir quando o fardo é grande demais e ninguém tem nada a ver com isso nem ninguém tem o direito de acusar quem desiste por não compreender a dor que essa pessoa carrega.
    Ainda que doa por demais àqueles que aqui ficam (e, acreditem, eu sei), ninguém tem o direito de julgar uma decisão tão própria e muito menos de chamar egoistas àqueles que preferem pôr fim à dor de outra forma. Ainda que o suicidio seja algo inconcebível para mim e ainda que seja um tema tão delicado para mim, ao contrário do que parece ser para vocês que falam dele de uma forma tão leve e descontraída, e apesar de me fazer muita confusão e de me causar muita dor, não me atrevo sequer a apontar um dedo àqueles que tomam essa decisão, pelo simples motivo de não sentir nem compreender a sua dor!


    Pôr fim à vida não é covardia, é sair de uma dor que ninguém conhece, de um vazio sem fundo, da escuridão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara.. ganhou meu respeito
      Chorei lendo

      Excluir
    2. Eu não penso dessa forma, todos nós temos problemas, e infelizmente eles sempre estarão presentes na nossa vida.. Mew isso é viver, momentos felizes e tristes.. mas aí vc faz sua escolha, dar mais valor aos momentos tristes e desistir de tudo ou dar mais valor aos momentos felizes mesmo que sejam poucos, e viver, e tentar levar a vida dá melhor forma possível com as pessoas que amamos e fazendo coisas que amamos poxa.. A vida só é ruim se vc quiser!!! Lute e creia que tudo vai dar certo, que pode ter certeza que vc consegue!!! Todos nós somos capazes de ser felizes :) um grande abraço a todos e valorizem a sua vida, a sua saúde, o ar que vc respira..

      Excluir
  2. Também sou da sua opinião... "toda a gente tem o direito de desistir quando o fardo é grande demais"

    ResponderExcluir
  3. Digam-me uma razao muito forte para estarmos todos aqui na Terra a encarnar vezes sem conta, a cometer os mesmos erros de sempre e sermpre no sofrimento, na luta. Será que o amor torna tudo mais fácil'

    ResponderExcluir
  4. eu não estou aguentando...minha filha faleceu...levou com ela minha força, minha esperança, minha vontade de viver, tenho um filho que amo demais e que me ama mas a dor esta muito grande...não sei o que fazer...ele sente minha tristeza por mais que eu esconda...não aceito o que aconteceu, não entendo, não suporto a dor, a falta....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça eu sei que a dor dá perda de alguém que amamos é horrível, mas pense no seu filho, ele te ama e imagina ele ter que passar pela dor de perder a irmã e a mãe, não faz a doidera de se matar não, seu filho precisa de você.. Deus planta flores na terra e depois colhe, sua filha agora está com ele, e um dia vc estará cm eles, eu entendo o seu lado, imagino que deve ser a pior coisa do mundo, mas pensa no seu filho, ele iria sofrer muito mais do que vc está sofrendo agora se vc se fosse.. um Grande abraço e força, tenha força pela sua filha, tenho certeza que se ela estivesse viva iria querer te ver feliz e forte OK, fica com Deus!

      Excluir
  5. é,realmente não é facil,eu ja passei por uma fase ruim TIVE UMA DOENÇA que DUROU 6 longos ANOS achei que minha vida seria daquele jeito sempre nem amigos eu conseguia ter,AS PESSOAS SÃO MEIO SEM CORAÇÃO não ajudavam riam de mim,foi dificil deu VONTADE DE DESISTIR mas eu sabia que havia algo uma luz e depois desses 6 anos TIVE VITÓRIA DEUS me curou AINDA TENHO VERGONHA DE FALAR PELO QUE PASSEI MAS SE É PRA AJUDAR EU FALAREI E SE FOR PRECISO GRITAREI PARA QUE TODOS QUE QUEREM NÃO DESISTAM,SE VOCE BUSCAR E CONFIAR EM DEUS ELE TE AJUDARA E MUITO...Assim como um pai faz qualquer coisa por um filho DEUS moverá até montanhas para conseguir o melhor para vc mas isso só acontece se voce crer.VOCE tem o livre arbitrio não estou aqui para dizer a ninguém o que fazer mas antes procure alguém que ame a vida que possa te ajudar especialmente sua familia,se voce desistir e a sua familia como fica seus amigos eles vão sofrer é justo?SE voce precisar se voce quiser meu nome é Gustavo ME ADICIONE vai ser UM PRAZER conversar com voce OU ME MANDE MENSAGENS,abraço fiquem com DEUS MEU EMAIL É;
    comdeusnadaeimpossivel@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Meu noivo se enforcou a cerca de dois dias, estou perdida ainda e nao nego que tenho vontade de fazer o mesmo ao menos pra tentar ajudar ele onde quer que ele esteje. Penso que se eu fizer o mesmo irei para o mesmo lugar e assim tentar mudar algo. Confesso que se minha mae nao tivesse vindo ficar comigo eu ja o teria feito. Acabei de ver o filme Amor alem da via e me deu mais vontade ainda de fazer isso. Sei que pode ser egoismo mas quero ajuda lo onde ele esta e sinto que posso fazer isso.
    Achei este blog por acaso entao resolvi escrever. boa noite

    ResponderExcluir
  7. Nos conhecemos há 4 anos atrás, nos separamos várias vezes, ficamos com outras pessoas, mas o que existia entre nós superava qualquer um que aparecesse em nossos caminhos... Ele nunca conseguiu disfarçar a tristeza no olhar, principalmente depois da separação dos pais... Com o tempo foi se afastando dos amigos e até de mim... Eu sentia que ele até me evitava nos últimos meses... Cheguei a brigar com ele pra que ele me dissesse o que estava acontecendo com ele... Tive que me afastar, ele não confiava em mim e não me queria por perto mais... Dia 15 de novembro, a mãe dele o encontrou enforcado no quarto, já faz 10 dias...

    ResponderExcluir
  8. Não é nada fácil o fim de um relacionamento, terminei o meu de 6 anos, ela terminou, na verdade é "um tempo" pois faltou a coragem de oficializar o fim, não penso em me matar mas como bem disse uma pessoa aí nos comentários, é complicado julgar, é uma dor muito grande, faz um mes e uma hora estou bem e a noite não consigo dormir, te consome, enfim, tudo que eu penso é: Independente da dor não vou me matar, não vou me matar, mas só quem passa sabe o que é isso, resta acreditar que o tempo irá curar essa dor e eu acredito nisso porque não fico mau 24h por dia, mas penso em uma pessoa a anos por exemplo sofrendo assim, nem todos suportam não, é complicado, gostei muito de ler esse post, agora de madrugada no meio de uma dor ao contrário do que possa parecer está me fazendo bem, me dando forças, para não repetir tal "loucura".

    ResponderExcluir
  9. ela era a coisa mais importante pra mim, minha razão de viver. meiga, linda, olhos azuis e puros como de uma criança de 12 anos, idade quem que sua mãe se suicidou. apareceu na minha vida como uma gatinha que me deram pra cuidar. como se fosse dada pela mãe diretamente a mim. passamos mais de 15 anos juntos, e teve por 10 anos em que tivemos casados os melhores dias de sua vida, quando moramos na beira de uma linda praia, só eu e ela. mas ela adoeceu, sindrome do pânico, TOC, e nunca vi alguém sofrer tanto. tivemos que ir pra capital, e lá conheci uma mulher que nos separou. mesmo assim ainda era a minha família, e nunca deixamos de nos amar. mas ela caiu novamente nas drogas que usava antes de nos conhecermos. voltou a morar comigo para que eu a ajudasse, e passamos por 3 longos anos, de internações e sofrimentos. ela tinha caído no crack no último ano, e sofria muito com essa droga, mas não conseguia parar. aconteceram coisas desastrosas quando ela parecia ter se libertado, e um dia, quando sai após discutir com ela que estava ficando cansado, a deixar sozinha em casa para ir no velória de uma amiga de infância que tinha se suicidado, despedimos nos dizendo que nos amávamos, deu-me um abraço forte, suspirou após me cheirar, e saí. quando intuí no velório que ela iria poderia fazer o mesmo, liguei ninguém atendeu, corri para casa, encontrei-a no banheiro enforcada. faz 8 meses. tinha dito na discussão que morresse, briguei com ela, ela me pedia pra não brigarmos, já tinha planejado tudo. sua maior vontade era morrer, sempre me dizia isso. passei anos tentando faze-la viver. mas não consegui. agora estou em parte morto. muita saudades, ela me amava muito, e eu a ela. Ma é isso, não se pode julgar. Só respeitar a decisão equivocada, tomada por impulso, quando por muita dor desistiu. no bilhete dizia, o crack está acabando comigo e contigo. pra mim não dá mais, te amo, te amo, te amo. Então, eu sei o que sentem essas pessoas que ficam. E não desejo pra ninguém. rogspivs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Dia 14 de outubro de 2013 Deus permitiu que meu anjo fosse embora de perto de mim e levasse junto o meu coração...
    Fomos felizes, choramos, brigamos, mas acima de tudo nos amamos...
    Fico me perguntando se foi aquela briga, se eu devia ter deixado de lado aquela traição e perdoado! mas como? meu coração doeu tanto.... será que se eu não tivesse descoberto tudo isso evitaria um suicídio futuro?
    Só penso que meu amor se foi, meu coração não será nunca mais o mesmo, meu corpo dói por inteiro.....
    Gostaria de ouvi-lo e senti-lo, mas não esta mais aqui, meu coração dói demais e como eu gostaria de unir-se a ele; fragilizada e andando aos trancos estou por meus pais e Jeová meu Deus, se do contrário não me restasse esse amor a Deus e aos meus país ... eu enfraqueceria o quanto fosse possível para ter a coragem que teve e unir-se a ele....
    Foi a carne e o espirito, mas o coração esta em mim... um amor incondicional...
    Eu prometi que seria pra sempre...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu esposo se suicido sinto me como VC, sem chão ,sem vida minha vida e chorar carrego o peso da culpa to enlouquecendo me viciando em calmante.

      Excluir
  11. Dia 12/10/2013 meu marido se suicidou na garagem dentro do carro atirou na própria cabeça, graças a meu Deus pai Amado não vi e nem ouvi.
    Mas me sofrimento nao acaba, durmo e acordo pensando em tudo, desde do primeiro dia que o vi até a cena horrorosa.
    Sensação de impotência, o que poderia ter feito e nao fiz? Como não pude perceber que ele estava com problemas? Se eu o amava tanto...
    E a saudade? Dói tanto!
    Nos últimos momentos com ele foi tão bom, porque ele fez isso?
    Deus me preparou antes e esta me carregando no colo, Deus nao me desamparou senão seria impossível aguentar... Deus é bom demais!
    E agora o que fazer? Sem ele? E a saudade? Porque ele fez isso?
    Ele foi o grande amor da minha vida, ninguem faria o que ele fez por mim ele foi muito bom pra mim .
    Sinto que preciso de ajuda!

    ResponderExcluir
  12. Meu namorado me enviou uma mensagem dizendo que ia se matar. Fiquei preocupada e até agora não sei notícias dele...

    ResponderExcluir
  13. O meu amorzão dia 14 de Fevereiro após uma discussão nossa, enforcou-se em casa. Quem o encontrou foi a mãe dele. Tinhamos uma amor e carinho incondicional e sem limite. Juntos praticamente 24 sob 24h. Chegamos a acampar 2 meses numa tenda na praia pa podermos estar juntos. Tanto amor, carinho, união, paixão... Tantos momentos maus e bons, aventuras...

    Não minto, senti muita vontade de fazer o mesmo, eu estava fechada num mundo horrível onde nada fazia sentido, foi um choque, um trauma. Chorei e agonizei muuuuiito e até estive internada com depressão e tentativa de suicídio. O sentimento de culpa até hoje me acompanha, eu sei que se não tivesse dito aquelas mentiras para o magoar... Mas ele tava me a magoar muito também... E disse aquilo pa "castiga-lo" e perceber o quanto mal me estava a fazer. Eu sou muito sensível em relação a pessoa amada.
    Tomei muitas "drogas" para conseguir recuperar.

    Hoje em dia não é que aceite a morte do grande e único amor da minha vida, que mesmo depois de um ano da tragédia, penso muito nele e AMO-O como sempre AMEI. Apenas a saudade é cada vez maior, apesar de já não doer tanto, pois é uma dor que a gente se acostuma a viver com ela.

    como nós diziamos sempre :"é forever and ever"! E assim será!!!!

    Opaaaaa minha vida, meu amor, meu ar, meu tudo tenho tantas saudades nossas meu menino. Ainda te sinto tanto em mim... AMO-TE FOREVER AND EVER!!! <3 ATÉ JÁ AMOR!

    A quem está a passar por uma dor destas a única coisa que vos posso dizer é que nunca estejam sozinhos e tenham muita muita muuuuiiita FORÇA porque é uma coisa que apazigua com o tempo e que não há mais nada a fazer para além de aguentar ou então desistir. Chorem que faz bem, alivia-nos e procurem sempre amigos e coisas que vos façam felizes. Tudo faz lembrar ele(a) e dói muito sim, mas sejam fortes que tudo melhora acreditem em mim!!! Comigo melhorou e ainda bem que não me matei também.
    Até hoje eu falo com ELE...

    se quiserem conversar comigo eu tou disposta a dar-vos apoio e conselhos de amiga, alguém que passou pela mesma dor.
    ce-s13@hotmail.com

    Beijinhos e ATÉ JÁ!

    ResponderExcluir
  14. Eu estou cansada da minha vidase m amor,voltei com meu namorado ele pediu uma segunda chance pra mudar,então vou esperar 2 meses se ele não mudar eu vou me matar,pois desde que nasci nunca tive amor de ninguém!

    ResponderExcluir
  15. Já fazem mais de 3anos que minha namorada/esposa se foi.Sinto me sufocado todos os dias,estávamos sempre juntos 24h, li os comentários aqui,e as vezes procuro leituras na net q me acalmam bastante, percebi que existem historias parecidas com a minha,inclusive tem uma nos comentários dessa pagina, que é quase idêntica a minha historia,
    resumo *após discutirmos,falei as piores palavras possíveis para ela fruto de um relacionamento desgastado,como eu era mais velho, me arrependo no momento de não ter tido mais paciência com ela ao invés de brigar. Ela então foi para casa de seus pais e se suicidou,(3anos morando junto)na época estava bravo com ela e não liguei, tentando dar uma lição,/ passado 1semana sem falar com ela,eu comecei a tentar organizar minha vida, esperando que ela me ligaria, e não me ligou,de repente eu que estava com mta saudades chorava todos os dias,sabia q ela ainda me amava,fui procura-la na internet, o problema que eu nunca gostei de redes sociais,e ela sabia que eu não usava face,Instagram,Twitter, ela havia deletado td, deixou apenas 1foto no instgram,qndo finalmente achei-a, la estava os comentários de alguns amigos se despedindo dela, o mundo se desaba para mim, foi o fim. Os pais dela n gostavam mto de mim, pq eu estava desempregado, mesmo eles sabendo q eu tinha casa própria, e renda fixa,me viam como vagabundo,pois nunca quis ser um playboy,ando a pé e nem ligo pra nada material,apesar disso os pais delas sempre me tratavam bem,apenas eram conservadores. Nós 2 havíamos feito muitas musicas juntos, eu tentando ensina-la a tocar instrumentos, e ela gostava de cantar.Após esse tempo todo,comecei vários empregos, mas desisti de todos,não consigo mais tocar guitarra,tocava todos os dias,agora sempre q toco me lembro das nossas musicas.
    Eu não tenho vida social, só amigos que moram em outro estado,passei últimos 10anos trabalhando e não saia mto de casa,agora então já fazem 3 4 anos q só saio para ir no mercado, sofro mto.

    Mas apesar de tudo, estou pela 1vez escrevendo, ate pensei em criar um blog sobre isso, pois percebo que mtas pessoas andam bastante triste por ae, causando desentendimento e ódio ao próximo.Sempre quis ser uma pessoa boa e sincera, mas agora sei q nunca vou se quer pensar ou falar palavras negativas.Gostaria de ajudar e aconselhar mais pessoas, sei q mto difícil tirar uma pessoa do sofrimento quando ela resolve se suicidar, nessa vida perdi 2amigos para o suicídio tbm,antes da minha amada,sempre penso no peso que fica com as famílias.

    Não sou melhor que ninguém, mas quero deixar uma palavra para caso alguém que esteja pensando em se matar ou sofrendo, tenham muita paciência em suas vidas, porque só o tempo e com fé Deus as coisa vão se acalmando,acredite mto, tenho certeza que Deus olha para todos, evitem cometer erros na vida,e se nada esta dando certo por pior que seja,fiquem longe de pensamentos ruins que Deus 1hora vai te iluminar e te dar chance de compreender melhor a revolta e tristeza que sentimos no coração.

    Chave da vida é fazer o bem para nos sentirmos felizes.

    *apenas um desabafo, minha história longa por isso escrevi 1pouco..hehe
    adoro conversar e escrever, to aprendendo, mas quem quiser pode contar comigo
    skinrdc@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Eu amo meu namorado,ele é a pessoa mais importante dá minha vida mas,eu n aguento mais,ficar assim,me sentir assim,só q eu n sei como me despedir 😢

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.