PARA SALVAR UMA VIDA: UM FILME SOBRE SOLIDÃO E SUICÍDIO


Chega ao Brasil, por iniciativa de algumas igrejas, o filme Para Salvar Uma Vida, cujo roteiro gira em torno de temas difíceis como suicídio, depressão, autoflagelação, isolamento e gravidez  na adolescência. A trama conta a tragetória de Jake Talor, um jovem que tinha tudo: fama, uma bolsa de estudos pelo time de basquete e uma namorada, que era a garota mais desejada do colégio. Em paralelo, é apresentado o personagem Roger Dawson, que não tinha nada. Não tinha amigos nem esperança. Roger sempre era humilhado e deixado de lado.  Jake e Roger eram melhores amigos quando crianças, mas a popularidade de Jake os afastou. Para ele isto foi o fim do mundo e, escondida em sua mochila, estava uma arma que ele levou para a escola. Magoado com sua situação, Roger decidiu tirar a sua própria vida.

Jake, desesperado, não consegue impedir Roger e isto o faz sentir-se culpado e abalado em seu “mundo perfeito”. Algo então faz com que Jake veja a realidade de outra forma e o faz questionar o seu modo de viver. Jake não parava de se perguntar: Será que eu poderia ter salvo Roger? Buscando uma resposta para esta pergunta, Jake se depara com outro jovem desamparado e sozinho em seu caminho. Jake então se aproxima deste jovem, mas teme que isto possa lhe custar seus amigos, sua namorada, seus sonhos e sua reputação. Jake chega à conclusão de que vale à pena pagar este preço para ter a resposta mais importante: o que eu realmente quer da vida?

Compartilhe:

2 comentários :

  1. afinal, então essa página é , na verdade, espírita? já desconfiava. a gente está sofrendo tanto, tanto e tudo que os espíritas - e outros religiosos- sabem falar é sobre o castigo pós-morte. será que já não sofremos o bastante nessa vida miserável? francamente.... que decepção!

    ResponderExcluir
  2. Olá a todos,

    Não costumo responder aos comentários ou depoimentos desta página ou da Comunidade Quero Morrer (www.queromorrer.ning.com), mas achei conveniente esclarecer a origem e a proposta do blog para que não restem dúvidas entre os leitores e participantes.

    Este espaço nasceu quando perdi um amigo que suicidou-se apenas três meses após sua separação. O choque para todos foi muito grande, principalmente por ser ele uma pessoa equilibrada e ligada à religião. Ele seguia a Doutrina Espírita, assim como eu. Contudo, esta não é uma página de motivação religiosa.

    Defendo e garanto a liberdade de expressão entre os participantes da Comunidade, nos depoimentos aqui nportados e mesmo em relação aos comentários -- até hoje apenas dois deles, por serem ofensivos e anônimos, foram excluídos.

    Tenho princípios doutrinários na minha vida particular, mas não defendo esta linha de pensamento no blog. Tanto que o filme a que se refere a postagem é de uma igreja evangélica. Mas qualquer ateu, médico ou paciente que tenha algo a falar sobre os temas que tratamos terá espaço reservado aqui. Respeitamos as opiniões e garantimos seu espaço.

    O que não podemos aceitar, isto sim, é o policiamento, seja ele qualquer que seja. Por tudo isto, assim como é preservado o direito do "anônimo" acima de se manifestar, tenho a obrigação de expor as diversas linhas de pensamento, sem nunca sublinhar nenhuma delas como "verdade absoluta".

    E conto com a ajuda de todos os leitores e membros para preservar esta idéia original.

    Marcos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

 
Copyright © QUERO MORRER. . OddThemes