Recentes :

DEPRESSÃO TOMA NOSSO CORPO E ALMA - 2

Os efeitos da doença são mais perigosos do que aparentam. Falta de sono, má alimentação, fadiga, entre outros, podem levá-lo à lona em pouco tempo

Ou seja, não dá para sair da depressão sem ajuda médica.
Na maioria das vezes é necessária a ajuda de um especialista (médico ou psicólogo). No entanto, pessoas que têm um bom suporte social, como apoio familiar e prática religiosa, por exemplo, conseguem desenvolver comportamentos resilientes que possibilitam a elas enfrentar a depressão e sair desse processo sem a ajuda médica.

Há quem sofra de problemas de memória ao entrar em depressão. Qual a relação da doença com os famosos “brancos”?
Na depressão, existem alterações neuroquímicas que afetam a memória, atenção e concentração. Com isso, toda a capacidade cognitiva fica prejudicada.

E quanto à vida sexual. Como ela é afetada?
A alteração de humor provocada pela depressão prejudica todos os setores da vida pessoal e profissional da pessoa. Na vida sexual, o que fica diretamente afetado é a libido, ou seja, o desejo sexual pelo parceiro, que é diminuído em decorrência das alterações neuroquímicas e do sentimento de inadequação experimentado pela pessoa em depressão.
Fazer ioga ajuda a diminuir o quadro
de ansiedade, sentimento comum no deprimido
A depressão também pode causar fadiga?
Sim. A fadiga é apenas um dos sintomas que a depressão causa devido às alterações neuroquímicas. A pessoa deprimida pode experimentar sensações de não ter energia, interesse ou mesmo impulso para sequer iniciar a atividade física.

E quanto à alimentação?
Assim como a fadiga, pode ocorrer perda do apetite com consequente emagrecimento severo.

Como as terapias naturais podem amenizar o problema?
Ainda há poucos estudos científicos que comprovem a eficácia das terapias naturais no tratamento da depressão. No entanto, essas práticas alternativas têm sido indicadas como um método promissor para o tratamento da depressão.

Imagem: por sacks08
Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.