Recentes :

TENTO SABER A FONTE DO PROBLEMA E NÃO CONSIGO

"Tenho bons cursos, tenho um filho de um ano e meio e recentemente me separei da minha mulher. Sei que é difícil as pessoas entenderem. Só quem está passando por alguma situação angustiante sabe o que sentimos. Me vejo triste... impotente e fraco diante da situação que estou vivendo!

É como se morrer fosse a única solução. Por outro lado, há a família, que tenho certeza que vai sofrer se eu cometer suicídio. Sinceramente, não é por causa da separação, até por que meu casamento já não existia de fato há um bom tempo. Meu problema é o fracasso profissional. Sempre procurei ser muito bom no que faço e sempre me dediquei, sempre acreditei que poderia obter sucesso, pois me qualifiquei para isso. No entanto tenho muita raiva por ter traçado metas, planos, sonhos e objetivos e hoje ver que só tenho curriculum! O curiculum não é NADA !!!

Tento entender... identificar qual exatamente a fonte do problema e não consigo. Será que ter trabalhado desde os 15 anos de idade e hoje estar com 25 anos, sempre sendo responsável, é algum pecado? Não tenho inveja de ningém, mas é chato a gente saber que outras pessoas que devem dinheiro, subornam, se corrompem e ainda assim conseguem obter casa, carro e passear todos os finais de semana... Como pode? É essa a justiça divina? Nunca consegui admiração e respeito, mesmo respeitando os outros, por que não tenho dinheiro, carro...

Respeito meu trabalho e gosto muito do que eu faço. Será que isso é errado também? Vou continuar tentando, mas... já estou até conformado de que só os "escolhidos" conseguem vencer, os demais seres humanos são só "batalhadores". E serão sempre. Assim como eu. Fiquem em paz."

André
Comentário à postagem Magoei muita gente e não me perdoô
Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.