Recentes :

DEPRESSÃO, ANSIEDADE E O 'DESABAFO DE ALMA'

Dois assuntos! Depressão e ansiedade.

Foram esses os motivos que me fizeram querer me suicidar!

Tentei diversas vezes e de várias formas, mas nunca consegui! No último segundo passa toda sua vida pela cabeça, e se ainda tenho uma chance de ser feliz? E se eu não encontrar paz após a morte?

Diversas vezes fiz cartas de despedida... Diversas vezes as queimei.

Será que vale a pena?

Eu tento todos os dias, as vezes mais, as vezes menos... Na verdade, às vezes nem tento.

Me sinto humilhada por estar nessa situação, indigna de tudo!

Me sinto julgada e as vezes até condenada, como se eu quisesse estar nessa situação!

Estou há três dias sem conseguir dormir, lutando contra meus demônios.

As vezes consigo vencer uma batalha, mas e a guerra conseguirei vencer?

Encontrei aqui uma forma de desabafo de alma.

Mas alguém está se importando com o amigo do lado? Ou apenas consigo mesmo? Cada uma está lutando sua luta!

Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

9 comentários:

  1. eu me sinto como vc......

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que ultimamente não sei o que acontece comigo, mas eu ando sentindo uma tristeza muito grande que tem me impedido de trabalhar e de fazer muitas coisas. já larguei varios empregos e acabei de largar outro, paguei um mês de academia e só fui dois dias...já ha tempos que não saio de casa nem pra comprar pão. Nem parentes, vizinhos não veem a minha cara ha muito tempo. Me tranco em casa, não atendo portão nem telefonemas, evito as pessoas e só fico em casa comendo, vendo tv, na internet(vendo tv ) e só ... tenho evitado pessoas até em sites tipo msn, facebook, pois eu sei que vão perguntar como eu estou e eu vou dizer que não estou bem e vai ser uma conversa desagradável... quando posto coisas na internet são só desabafos de alguém muito triste que não v~e nenhum sentido na sua proria vida... É dificil de se entender, pois meu sonho sempre foi ter alguém e casar, hoje sou casada, meu marido é uma boa pessoa, a única coisa que queria que acontecesse era eu ter alguém que me leve pra sair, se divertir... pois no fundo eu quero sair dessa mas não consigo sozinha... não tenho amigos, nem uma que seja... Da minha familia só minha mãe e meu pai que gostam de mim, e não é um exagero, é muito sério... na familia do meu marido, ninguem gosta de mim pois não entendem o meu jeito estranho de ser e acham que eu não gosto deles, mas isso não é verdade, eu só não gosto das minhas cunhadas porque elas dão em cima do meu marido e são falsa, dissimuladas, e só me procuram quando precisam de um favor meu(essas cunhadas de quem eu falo são as mulheres dos irmãos do meu marido)... e amigos, como vou fazer amigos se não saio de casa, nunca paro em emprego nenhum, não saio, meus vizinhos não sabem nem meu nome, nunca digo oi pra eles, não gosto das amigas do meu marido porque elas me odeiam e ele fala mau de mim pra elas...meu marido vive jogando na minha cara que eu sou sozinha, não tenho amigos, me fecho, que trato mau as pessoas, que não tenho emprego, cozinho mau e não cuido bem da casa... o que não é mentira. quando era criança, minha mãe dizia que eu era inutil, não fazia nada e era uma solitaria, pois nunca tive amigos, hoje ´o meu marido que diz isso... Eu me odeio, não queria ser assim, queria ser diferente.... as vezes, sinto saudade de coisas que ainda não vivi, de momentos, lugare e pessoas que eu ainda não conheci... eu sofro muito com tudo isso, penso muito em coisas nada boas pra acabar com a minha tristeza... mas penso na minha mãe e no meu pai e sei que eles se sentiriam culpados, mesmo que eu sempre tenha sido inutil e nunca dei orgulho pra ninguem.... Eu sou o tipo de pessoa que nunca desejaria que ninguem fosse, pois as pessoas podem passar pelo que for, sentir que é amada e que tem alguem do seu lado que quer muito que você seja feliz, alguem que te acha importante pra ela... nunca tive nada disso, nunca tive amigos, nem meu marido, ele nem siquer diz que me ama mais, só se acostumou com a minha presença... enfim, nunca tive amigos, minha famila me acha um fracasso, meus vizinhos e toda a familia do meu marido e todos os amigos dele me odeiam... estou sozinha a dias, chorando, e sinto que esou vazia, que minha vida acabou...sou sem graça, baixinha, chata, não fiz faculdade, não tenho emprego, moro numa casa de um comodo e meio numa favela, tenho 22 anos, casada ha quase três, me odeio, sou um fracasso, e não tenho forças para viver, ja que estou completamente sozinha.... já tentei psicologo, fiz terapia por um mês mas acabou o dinheiro e parei... Dou graças a Deus por ter casado, e por tudo o que tenho e porque apesar de tudo não me falta nada, mas a minha raiva e o meu ódio é por mim mesma, to cansada de ser inutil, um fracasso, uma porcaria de pessoa, uma anã sem graça, de ser uma chata sem amigos e não ser boa pra nada nem ninguem... to cansada de mim mesma e da porcaria que me tornei!!!

    ResponderExcluir
  3. Tb não me sinto bem comigo... já fui muito mais alegre, magra, bonita e forte como pessoa! Hj em dia me acho um caco e uma velha precoce de 26 anos. Me olho no espelho e só vejo rugas e uma coroa de 50 anos. Sinto q meus amigos e parentes querem só abusar de mim e que em momento difíceis como esse ninguém se move para me ajudar. Nem para conversar comigo!
    Penso na morte todos os dias... me sinto perdida embora esteja lutando para me formar e trabalhar...
    Me sinto inferior muito inferior a qq pessoa.
    Já tomei remédios e acho q eu mesma busquei minha própria degradação.
    Adoraria fazer terapia, mas não quero ficar gastando dinheiro do meu pai, q é professor e já ajuda muito eu e minha irmã.
    Minha mãe é uma vaca e eu e minha irmã nem falamos mais com ela.
    Deixar meu depoimento aqui, com pessoas q passam as mesmas coisas q eu já me conforta um pouco.

    ResponderExcluir
  4. Ultimamente eu me sinto um lixo, ninguém me ama sinto meu mundo desabar, dá vontadede mmorrer , ou de fugir, sei lá talvez i o problema seja eu não as pessoas que estão me rodeando

    ResponderExcluir
  5. Eu sinto que sou um problema na vida da pessoas eu não aguento mais eu me sinto um lixo eu escutei muita coisa que me magoaram e eu nunca consegui me conforma disso eu não tenho amigos eu estou com começo de depressão mais TDs acham que e frescura eu não tenho alguém que eu posa falar td que acontece o que eu faço e guardar pra mim até u não aguentar e ficar triste não querer comer não sair de casa não falar nem conversar com ninguém eu não aguento mais eu só quero morrer e acabar com td

    ResponderExcluir
  6. Olha, eu tenho apenas 14 anos e já passei por muitas coisas neSsa vida. Vocês devem está pensando o que eu estou fazendo? Ouvindo uma "criança". que não sabe nada da vida, nem se quer o que está falando. Mais é ai que vocês se enganam, se eu fosse uma criança mesmo acho que não deveria passar por certas coisas. Mais ai eu paro e penso deve ter outras pessoas pensando é só mais uma adolescente em crise, engraçado né rs. Mais simplesmente vai ter alguém que me entenderá. Bom, meu nome é Débora Victoria fui criada pelo meu irmão, não tive muito contato com meus pais quando era menor porque eles trabalhavam muito. E hoje tento me relacionar mais com eles. A tentativa com meu pai sempre deu certo. Mais meu problema sempre foi com minha mãe! Por mais que tente me aproximar dela é cada vez mais complicado, e o pior que tudo que faço pra ela nunca tá bom. Não é nada fácil, mais também nunca pensei que fosse. Diferent de alguns de vocês eu tenho amigos, Verdadeiros são poucos mais fazem a diferença na minha vida a minha psicóloga diz sempre que diiante das depressões eu só estou viva porque sempre acreditei e ainda acredito q seja uma mais existe alguém que realmente merece a minha Vida !
    Obrigada pela atenção, Esse foi um desabafo de uma Criança adolescente, mas com cabeça formada pra ser uma MULHER!!

    ResponderExcluir
  7. Me sinto assim sou muito deprimido, mas será que a morte realmente tampa esse vazio da alma? 😢

    ResponderExcluir
  8. Bom ... Desde menor sinto que incomodo muitas pessoas ao meu redor. As vezes eu só quero conversar , mas não tenho ninguém. Me sinto uma estranha na minha "família" ,eles dizem que me amam e que só querem o meu bem , mas quando eu preciso desabafar não vejo ninguém , quando quero um abraço só pra tentar esquecer a idéia de cometer um suicídio, não tem ninguém para me abraçar por apenas alguns minutos , ou até segundos :(.
    Quando me perguntam se eu estou bem, sempre digo que sim , pois sei que se eu dizer que não , vão me perguntar "Por que ?" E se eu começar a dizer pelo menos 1 motivo no meio de mitos outros , a pessoa não vai me entender e vai dizer que preciso me tratar e coisas deste tipo.
    Não tenho amigos , todos que eu achava que tinha sempre me acharão dramática demais , e sempre fugia quando eu queria desabafar , sempre eu que corri atrás de amizades, mas quando eu parei , percebi que eu estava sozinha e que ninguém nunca se importou comigo.
    Nunca tive sorte. Nunca me senti feliz. Só o que sinto é um enorme vazio , vontade de me suicidar , uma enorme tristeza e a cada dia que passa me sinto mais sombria.
    Não sei o que fazer , me suicido , ou continuo existindo pra ver se algum dia serei feliz.
    E se eu me suicidar e desperdiça a felicidade que teria ? E se eu existir e ser cada vez mais infeliz ? Será que alguém sentirá minha falta ? Será que vou ter paz após a morte ?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.