Recentes :

A DIFERENÇA ENTRE TRISTEZA E DEPRESSÃO

Você já ouviu alguém falar que está deprimido, muito triste e precisando de um “tarja – preta” para viver melhor? Comentários dessa natureza são cada vez mais comuns entre os brasileiros e têm levado a um aumento na procura por medicamentos que tratam esses problemas. É o que mostra um levantamento da empresa de consultoria farmacêutica IMS Health. Segundo a pesquisa, entre os anos de 2007 e 2011, o consumo de antidepressivos e reguladores de humor atingiu o índice de 49%, ultrapassando a média de países como o Canadá e o Reino Unido, campeões nas vendas dessa classe de remédios.

O fato é que muita gente confunde tristeza com depressão. Para o clínico geral e professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFMG, João Gabriel Marques Fonseca, isso ocorre porque as pessoas vivem em um contexto social influenciado pelas novas tecnologias, indústria e consumo, no qual a tristeza deixou de ser algo natural do ser humano. O médico também ressalta que a capacidade de driblar os momentos ruins da vida varia entre os indivíduos. “Tem gente que tem uma espécie de ‘talento terapêutico’ para melhorar; já para outros, tudo é complicado. Isso é extensivo para todas as doenças, inclusive a depressão.” afirma.

A tristeza ainda é o sintoma mais lembrando quando o assunto é transtorno depressivo, mas há outros elementos que identificam essa doença e ajudam a diferenciá-la de um estado de espírito. Insônia, desânimo e mudanças no apetite são alguns deles. “Além disso, é preciso fazer um diagnótisco diferencial, relacionando outros problemas que podem cursar com os mesmos sintomas da depressão, como alterações da tireóide e anemia”, explica o psiquiatra e professor do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG, Fernando Silva Neves.

Entre as crianças e adolescentes, a depressão também já é algo que preocupa as famílias. Em dez anos, o índice de jovens entre 6 e 16 anos deprimidos saltou de 4,5% para 8%, segundo pesquisa divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2009. “Ao contrário de outras fases da vida, nas quais a pessoa possui um entristecimento profundo, no adulto-jovem, a depressão apresenta sintomas como irritabilidade, agressividade, alteração do desempenho escolar, dificuldade de relacionamento”, detalha a psiquiatra e professora do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG, Ana Maria Lopes.

Procurar um especialista é sempre a melhor forma de driblar a doença. O fundamental é não deixar de tratar a depressão. O psiquiatra Fernando Silva Neves faz um alerta: se a pessoa resiste para procurar ajuda, o quadro depressivo pode desencadear outros problemas ainda mais graves. “Quanto mais episódios depressivos a pessoa tem e não são tratados, mais estruturas cerebrais são lesadas.” explica o médico.

Ter uma boa alimentação também pode contribuir para o tratamento da depressão. “Uma pessoa bem alimentada tem as funções do corpo agindo normalmente, automaticamente isso ajuda no bem-estar mental”, avalia o nutrólogo Ennio Cardillo Vieira.
A partir da UFMG. Leia no original
Compartilhe no Google Plus

Nota : Editor

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

16 comentários:

  1. Não estou triste, e quero morrer mas como? sem ter dor?

    ResponderExcluir
  2. Eu também quero morrer,mas não tenho coragem de abandonar a minha família

    ResponderExcluir
  3. Eu me sinto muito so..muito triste ,,,sem sentido de viver confio muito em Deus..e sei que ele vai me tirar dessa....

    ResponderExcluir
  4. Não reclamem.Vcs não sabem realmente o que é se sentir um lixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sim, meu amigo. É exatamente assim que me sinto agora...

      Excluir
  5. Penso que todos temos as nossas dores e sofrimentos e que não há ninguém capaz de entendê-los melhor que nós mesmos, pois somos nós que os carregámos e lidámos com eles diariamente. Não é fácil é certo mas podemos sempre tentar. Quando sentimos que já não há nada a perder, porque não tentar reverter o pensamento?.....

    ResponderExcluir
  6. ha dois anos que nao passo no vestibular...to triste desanimada...meus pais estao mto triste comigo pois eles esperavam o melhor de min........minha vida nao tem + sentido ..nao quero mas viver

    ResponderExcluir
  7. Quero morrer ñ aguento mais, está doendo ninguém me ama.

    ResponderExcluir
  8. AnÔnimo vestibulando, os pais às vezes fazem muitas pressões, criam muitas expectativas em cima dos filhos, isso não é correto, os filhos acabam se sentido culpados, não se culpe tanto, tente relaxar, converse com seus pais, diga como se sente, vc deve ser jovem, isso tudo vai passar, um dia vc vai ver que aprendeu algo com tudo isso e certamente agirá diferente com seus filhos. Não desista.

    ResponderExcluir
  9. Cada vez tenho mais episódios de tristeza, achei que isso passaria depois que eu terminasse a faculdade, mas pelo visto ainda me sinto muito mal. Pelo menos uma vez a cada 2 meses penso em maneiras menos dolorosas para morrer, minha grande vontade é ter uma doença terminal e acabar logo com isso. Neste momento estou no meio de mais uma crise, porém não tenho coragem de acabar logo com essa minha miserável vida, não vejo a hora de ter a coragem que me falta. Sabe quando a pessoa não se vê em um futuro próximo? Pois é sempre soube que não passaria dos 40 anos e hoje tenho 26 sinto que cada vez meu fim esta próximo.

    ResponderExcluir
  10. Vida tristezas depressao é tudo a mesma porcaria.

    ResponderExcluir
  11. Um dia eu tava caminhando na rua ai uma pessoa parou e me disse oi voce sabe aonde eu encontro a felicidade eu respondi a felicidade ta nos rostos das pessoas seu rosto é a felicidade. (lipex)

    ResponderExcluir
  12. Há 2 anos o meu amor partiu para o plano espiritual. Foi meu primeiro e único, foi amor de almas. Estou tentando, mas está tão difícil, pois a saudade e a tristeza estão me consumindo, é como se eu estivesse morrendo. Perdi o vigor da vida. Meu coração parece minúsculo e em cacos. Podem acreditar, o amor verdadeiro existe. A viuvez é na alma. Meu amor, alma gêmea de minha alma. Peço a Deus forças para continuar e não desistir. 💗 💕

    ResponderExcluir
  13. Machucar a única pessoa que te ama dói demais, sinto uma dor imensa emanando do meu coração o sentimento chega ser físico, lagrimas de sangue escorrem o desejo de morte aumenta, mas aceito que o meu castigo seja viver sozinho... Não irei mais perturbar a Deus que muito me ajudou, agora sinto que sempre esvive na pior, não ha pessoas que me amem de verdade nesse mundo sou rejeitado pela família adotiva, pela biológica, mas o pior foi ter magoado alguem que eu realmente gostava amava e que correspondia a tudo isso... Por que isso dói tanto? A morte é o melhor caminho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, minha vida é parecidíssima com a sua. Minha existência não faz o menor sentido e também vejo que sempre estive na pior, sem perspectiva alguma de melhora. A única diferença entre você e eu é que ao invés de ter magoado a pessoa que mais amava, eu fui o magoado. A mulher que tanto amei e respeitei de verdade, não teve a menor compaixão por mim. Me deu uma rasteira e nem se importou com meu sofrimento. Me descartou como lixo. Mas não é só isso que lamento, e sim minha vida como um todo.

      Excluir
  14. Sou um lixo humano. Cada lágrima parece pesar uma tonelada. Deviam ser mesmo. Facilitariam.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.