Recentes :

CANÇÃO DO SONHO ACABADO

Já tive a rosa do amor
- rubra rosa, sem pudor.
Cobicei, cheirei, colhi.
Mas ela despetalou
E outra igual, nunca mais vi.

Já vivi mil aventuras,
Me embriaguei de alegria!
Mas os risos da ventura,
No limiar da loucura,
Se tornaram fantasia...

Já almejei felicidade,
Mãos dadas, fraternidade,
Um ideal sem fronteiras
- utopia! Voou ligeira,
Nas asas da liberdade.

Desejei viver. Demais!
Segurar a juventude,
Prender o tempo na mão,
Plantar o lírio da paz!
Mas nem mesmo isto eu pude:

Tentei, porém nada fiz...
Muito, da vida, eu já quis.
Já quis... mas não quero mais...

A partir do Grupo Minha Vida em Versos
Compartilhe no Google Plus

Nota : Editor

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. \;
    eu só queria uma chance,pra ser feliz com ela e comigo mesmo
    será que é tão difícil assim

    ResponderExcluir
  2. Tenho 47 anos,uma vida inteira de sofrimentos...Já comecei sendo uma gravides indesejada,minha mãe tentou me abortar. Quando nasci meu pai ficou feliz,e me chamava de princesa...Depois vieram os demais irmãos,fomos pra cidade,meu pai começou a aprender mecanica em uma oficina... Começou o meu inferno..Conheci todo tipo de miséria,meu pai trabalhava muito e ganhava muito pouco pra sustentar 6 filhos,de princesa agora eu era um problema..um peso! Apanhava muito,todos os dias!
    Minha mãe chegou a me espancar...Fui pra escola,vomitando..No outro dia estava roxa,completamente, a professora ficou até assustada.
    Passei muita fome,na minha infancia,fui abusada sexualmente,e entrei em depressão...Mas sofri calada! Por que? Uma resposta que nem eu tenho!
    Tive uma adolescência trastornada,muitas desilusões, muitas duvidas,e sempre sentindo-me sozinha...
    Casei-me,sem pensar direito,parecia-me um bom negocio,(sair de casa).
    Tive meu primeiro filho cm 21 anos. Meu marido era um alcolatra, gastava todo dinheiro no bar,e eu sustentava a casa...Separei-me,Voltei pra casa dos meus pais...
    Conheci o meu segundo marido alguns anos mais tarde cm quem tive +2 filhos... Mas logo veio a desilusão, um mulherengo...Me traia sempre cm qualquer uma! Separei-me novamente!
    Trabalhei muito pra sustentar meus filhos,fazia mtas horas extras,pra dar conta...
    E uma vida solitária, voltava do trabalho,já chorando,e questionando Deus,"por que,tem de ser assim? Eu só queria uma pessoa,pra ser um companheiro". Eu não mereço ser feliz? O que há de errado comigo?
    Eu já havia desistido desta coisa de amor..Não acreditava mais que iria amar novamente...
    Em 2011 conheci o amor...Pela primeira vez eu estava amando de verdade... Vivi um romance lindo maravilhoso, Senti amada,compreendida, respeitada...Ele me chamava de princesa, flor,minha mulher...Jurou amor eterno! A gente conversava sobre tudo,passávamos horas juntos,fomos viajar algumas vezes, eu só tinha à agradecer! Mas eu não nasci pra ser feliz... Tudo acaba...Ele se foi...Foi embora,pra Itália...No começo falávamos todos os dias pela skaype, depois me disse que não dava mais...Que iria ficar por lá,por muito tempo...E tudo acabou! Não consigo pensar como vai ser a minha vida sem ele...Eu só sinto dor...Uma vontade de desaparecer... Morrer! Viver pra que? O que mais posso esperar da vida?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.