Recentes :

GINASTA CALA MÉDICOS E LUTA POR MEDALHA

Os Jogos Olímpicos são recheados de histórias de superação. Um ginasta irlandês que vai estrear na competição mais importante do planeta é um exemplo disso. Kieran Behan passou boa parte da vida brigando contra doenças e lesões. Entre os muitos diagnósticos, veio o veredicto: "pare com seus sonhos doidos de ser atleta, você nunca mais poderá andar". Mas ele calou os médicos e neste sábado cumpre o que tanto imaginou, desde garoto.

Behan é o primeiro irlandês a conquistar uma vaga olímpica na ginástica artística - outros atletas competiram nos Jogos, mas por convite -, e leva para Londres um histórico que poderia virar filme, em que precisou vencer um tumor e uma lesão cerebral para poder competir. Ele chegou a ser carregado de um hospital pela mãe, descontente com o tratamento dado ao filho.

Desde os seis anos o irlandês cultivava o sonho de ser ginasta, após assistir aos Jogos Olímpicos, mas as dificuldades começaram cedo. Aos dez, ele descobriu um tumor do tamanho de uma bola de golfe em sua perna esquerda. A cirurgia revelou que ele era benigno, mas um erro médico que deixou um torniquete apertando o membro mais tempo do que o devido causou danos em seus nervos. Isso limitou as sensações de seu pé.

Sem poder andar e com o aviso de que esses nervos poderiam não mais se regenerar, um psiquiatra o alertou para se preparar para uma vida na carreira de rodas. "Muitas vezes eu ficava olhando as outras crianças correndo no parque e jogando futebol. Isso me emocionava, eu só queria ser uma criança normal", afirmou o ginasta, ao The New York Times.

Behan demorou 15 meses, mas conseguiu voltar a ser um garoto convencional. A sorte, no entanto, veio e se foi. Na volta à ginástica, ele sofreu uma queda e bateu a parte de trás da cabeça, vivendo um novo drama.

Desta vez, o trauma causou lesão cerebral e afetou seu senso de equilíbrio de tal forma, que alguns movimentos o faziam desmaiar - o que aconteceu centenas de vezes, segundo sua mãe. Ela, frustrada com o lento progresso após dois meses de hospital, pegou o filho pelos braços, o levou para casa e deixou o trabalho como personal trainer para se dedicar à sua cura.

"Ele dizia aos médicos: 'eu posso andar, fale para eles, mãe'. Meu coração estava em pedaços. Eu ia para meu carro, chorava, mas voltava e falava: 'Sim, você pode. Faremos isso, eu acredito em você'", contou ela.

Dois anos depois, ele mais uma vez se recuperou e conseguiu voltar à ginástica. Apesar de enxugar o chão para financiar os treinos, ele conseguiu retomar a atividade. Sem conseguir se afastar dos hospitais, teve algumas fraturas "comuns" na ginástica, no braço e no pulso e até uma ruptura de ligamento. Mas era pouco para vencê-lo.

Como atleta, o irlandês mostrou talento com três pódios em etapas da Copa do Mundo em 2011 e faturou o primeiro ouro para seu país na história, no solo. Favorecido por novas regras de classificação para as Olimpíadas, que diminuíram de seis para cinco os atletas classificados por equipe e privilegiaram vagas individuais, o ginasta cumpriu seu sonho.

"Parece que passei por um conto de fadas para chegar até aqui", disse Behan, que dá sua explicação para a comovente história de resistência. "Apenas acho que nasci assim."

A partir do Portal UOL. Leia no original
Compartilhe no Google Plus

Nota : Editor

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

21 comentários:

  1. Fiquei emocionada ao ler a história desse menino e me sinto o ser mais besta deste mundo. Tenho problemas emocionias e nenhum problema físico e isso me paraliza perante a vida. Não consigo seguir, tentar, vencer.
    O que torna 1 menino deste 1 ser humano tão fantástico, tão capaz de superar obstáculos tão reais? E eu, esse ser humano imbecil que não consegue seguir em frente e resolver os problemas (apesar de não possuir nenhum problema real do ponto de vista físico ou orgânico)?

    ResponderExcluir
  2. Vc deveria levar mais a sério o seu problema psiquiatrico! Ele incapacita o ser, amputa a esperança e tira a graça de viver. Nao há atletas deprimidos. Entendeu a sorte do rapaz da historia?

    ResponderExcluir
  3. Eu quero morrer mas não tenhhoo coragem de mi matar

    ResponderExcluir
  4. Quero morre mais nao sei como as vezes fico com medo mais nao vejo mqis graca nenhuma d viver

    ResponderExcluir
  5. estou perdendo a graca de viver nao vejo graca nemhuma na vida

    ResponderExcluir
  6. Morrer seria uma boa. Tenho 30 anos e naum tenho nada na vida, naum tenho sorte em relacionamentos nem em empregos. To vegetando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa te entendo direitinho

      Excluir
    2. Também sei como é. Tenho 31 anos e não conquistei nada na minha vida. Sou um verdadeiro fracasso

      Excluir
  7. Tenho tanta vontade de me matar mais nao sei como fazer isso sem sentir dor fisica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso assim Tbem. Si eu soubesse com certeza não estaria aqui, si um dia VC souber compartilhe, vou querer saber...

      Excluir
    2. Tem as infeções letais... Usam em paises com pena de morte e em animais. Só não sei como conseguir. Bem q podia ter em comprimidos. Acho q pesquisando da pra encontrar

      Excluir
  8. Tenho tudo. Dinheiro, pais que me amam, e estou com a garota que eu gosto. Sou inteligente. Acima da média. Tenho vários amigos que amam. Contudo, ainda sinto um vazio, que não é preenchido. Tem momentos que sou invadido por uma alegria muito grande, mas são efêmeros e logo passam, dando lugar a momentos de angústia e tristeza profunda, mesmo sem motivo aparente. Meus pais acham que não há motivo para eu ficar "triste" e quando fico ele não me levam a sério. Penso muito em suicídio. Mas tenho medo, por achar um ato egoísta com todas as pessoas que gostam de mim. Apesar de ter tudo isso, continuo me sentindo triste. E parece que quanto mais eu consigo pior eu fico. É um vazio muito grande, uma escuridão. Por que? Por que...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser q esse vazio que você sente é a falta de Deus , já me senti assim , eu tinha tudo que desejava , mais ainda assim eu sentia que estava faltando algo, eu não sou cristã nem nada do tipo , mais é que já me falaram isso e agora estou passando pra você , e deu certo , parei de sentir o vazio , eu li a bíblia e comecei a acreditar , e eu desabafei , orando. Eu melhorei , mais depois de um tempo sai da igreja, w agora estou aqui , desistindo da vida e ainda me perguntando o porque, ontem , antes de ir dormir , estava muito mal , quase me matando , mais ai só em pensamento conversei com Deus , e daí eu já fiquei melhor , mais mesmo assim é difícil , eu sei que tem pessoas que sofrem mais que eu, mas cada um tem seu limite.

      Excluir
  9. 16 anos abandonada pelo os pais,vivo com minha a vo que as vezes pisa na bola comigo, namorado obsessivo demais,sou peso da vida de todos,já estou depressão a meses,quero muito me suicidar não consigo porque sou covarde.

    ResponderExcluir
  10. IAE galera pois vo fala um poco da minha vida pra vcs minha vida ferrada pois quando viren isso já terei me matado...só uma pessoa completamente burra e ferrada tentei i até pra igreja pois até lá foi negado deran até ris...tenho penas 15anos me acho horrível pois meu primeiro bj foi péssimo na escola sempre fui zoado e com ódio raiva tentei me matar cortando os pulso pois foi tan idiota q ne n pra isso consegui pois moro numa cidade pacata sou pobre até mata já matei pois só loco variado n sinto nada só raiva pois sinto como se tivesse jogado fora um lixo pois já tentei fala con deus mais sabe o q ele falo ..nada pois acho q já me ajudo MG mais morreu na crus por min estou na bera de um abismo preste a me matar e acho q tudo q eu FIS e nada também tinha uma menina q era minha vizinha paresia santa era gente boa mais pasol um tempo cerca de 1ano e fiquei sabendo q ela tinha se casado com um cara de 18anos ela só tem 13 MDS ISO ficol na minha mente ...por meses ...e DPS me falaram q ele tinha a matado pois quem eu matei tai ...😢to aqui mais n sei se minha vida vale e a de ninguém pois Jesus morreu na cruz por nos acho q do jeito co mundo está ele nunca vai falta só ten gente burra hipócrita meu pai vai senti MT minha falta pois ele e o único q me entende minha mãe e só briga pois ela n manda en min ........,.............



    😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞😞👹espero q alguém fale algo so bre ISO e espero q VC tenha mais sort do q eu adus .

    ResponderExcluir
  11. Tenho 16 anos , já não vejo motivos pra viver , se eu pudesse escolher , se eu soubesse como seria a vida , escolheria nunca ter nascido. Estou atrás de ajuda , mas se não resolver , pra mim já deu , eu achei esse site muito bom , pois tem pessoas aqui , por mais que sejamos diferentes , e não nos conhecemos , passamos pelas mesmas coisas , temos os mesmos pensamentos , isso é interessante. Pessoas que te entendem , como pode uma pessoa nascer em uma família que ninguém a entende ? Nem amigos , ninguém . Agora sei o sentido da frase "A vida é cruel" .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também to cansado to perdendo tudo semana passada tomei veneno mas não fez nada a não ser que me deu uma baita dor de cabeça antes de ontem capotei o carro mais só tão inútil que mesmo assim não consegui nada a não ser mais prejuízos a não sou covarde meu nome e Hosaias Lopes leal moro em Itatiba quero morrer não aguento mais essa vida

      Excluir
  12. Olá pessoal eu Simplismente Sou um lixo Tenho muito medo de me suicida

    ResponderExcluir
  13. Sempre condenei suicidas. Achava que eram pessoas ingratas. Tantas querendo andar,correr,falar e não podem e via pessoas que aparentemente, tinham isso tudo e desistiam de viver por motivos fúteis. Hoje penso diferente, pq acho que penso como alguém que cansou de só viver. Não me sinto um motivo de alegria na vida de ninguém. Desde que perdi minha mãe, um vazio tomou conta de mim e nada preenche ele. Tive minha bebe e ela sempre foi minha alegria,mas agora nem ela supre meu vazio...só penso no fim...no meu fim.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.