SENCIÊNCIA VERSUS CONSCIÊNCIA

Imagem por alexandre_vieira
Cansados da vida por esta já ter sido demasiado preenchida de emoções e acontecimentos marcantes, talvez comparáveis a uma vida demasiado longa... isso nos dá essa sensação, de nos sentirmos demasiados velhos para a idade que temos, o peso no nosso interior parece cada vez maior e mais denso.

Em astronomia os buracos negros são considerados como os objectos cósmicos mais pesados e densos. Parece que é isso que está a acontecer no nosso interior, um vazio cada vez mais pesado e denso, e que se todo esse interior for libertado cá para fora vai destruir os que nos rodeiam, tamanha é a nossa dor e o nosso sofrimento... esse abismo é alimentado por nós a cada dia que passa por ser mais forte que nós, porque por fora nos sentimos cada vez mais transparentes, a nossa identidade a ser sugada para esse interior voraz.

Pensar na nossa longevidade, refletindo sobre o que até agora foi suportado, parece que o fim da nossa existência está tão longe de nós como a eternidade.

Por tudo isso é compreensível querer antecipar o fim da nossa vida, para deixarmos de alimentar esse nosso interior que está sugando tudo.

Admito, não consigo segurar o meu próprio buraco negro, é mais forte que eu em muitas ocasiões, destrói-me de dentro para fora, e mais facilmente atrai o negativo do nosso exterior não me deixando apreciar o que me rodeia com a atenção e a perspectiva merecida...

A minha solução? Desligo-me do que é exterior a mim, enfrento o meu próprio abismo como se ele fosse o meu oposto e me alimento dele. Não somos culpados por ter esse buraco dentro de nós, o mundo assim nos criou, nos prometendo e  fingindo felicidade, nesta vida e em outras existências... devíamos ter aprendido desde pequenos que o sofrimento faz parte da nossa natureza humana, enquanto criaturas sencientes. Essa é a nossa dávida e a nossa maldição enquanto criaturas...

Charles Darwin disse: "Não existe nenhuma diferença fundamental entre o ser humano e os animais superiores em termos de faculdades mentais. A diferença entre a mente de um ser humano e de um animal superior é certamente em grau e não em tipo". São sencientes, tem sentimentos, dor, medo, e querem preservar suas vidas tanto quanto nós humanos. (in dicionarioinformal.com.br)

Sensciência é a "capacidade de sofrer ou sentir prazer e felicidade".

Mas temos uma vantagem sobre as outras criaturas: a nossa consciência.

Então enfrento esse meu abismo interior, não mais viro as costas para "ele", fico de frente para ele, fecho os olhos e observo-o intensamente, e aprendi a me alimentar dele... o negativo se torna positivo, porque estou consciente que não o quero mais alimentar nem me deixar ser consumido por ele, apenas com a minha perseverança, insistência, determinação.

Depois de enfrentar esse nosso interior, o que está cá fora, aqueles pequenos pormenores que nos provocavam tão facilmente, deixam de ser assim tão relevantes, nos tornamos neutros porque estamos em equilíbrio, não há mais negativo nem positivo, deixamos de ter duas naturezas dentro de nós e passamos a ser um só...

Gostaria de ter aprendido isso em pequeno para não pensar que andei este todo tempo a sofrer pensando que um dia poderia ser feliz quando esse sofrimento terminasse, me alimentar de esperanças supérfluas e inventadas pelos outros, me deixar iludir... e apenas aceitar que a senciência faz parte de nós, a nossa consciência é que tem de se adaptar a ela.
सचेतन
A partir da Comunidade Q.M. 

Compartilhe:

8 comentários :

  1. hj descobri que poderei morrer em breve ( nem tão breve qto gostaria), mas é bem melhor do que imaginar uma longevidade na solidão e no fracasso. Estou feliz por isso! já descobri há um tempo q é ilusão acreditar que um dia poderei ser feliz quando esse sofrimento terminar.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho graça desses idiotas que comem um prato cheio de alface pra tentar prolongar a vida, quando tem tanta gente querendo morrer hoje mesmo, pra mim louco é quem quer viver para sempre.

    ResponderExcluir
  3. ao amigo do primeiro comentário:vc tirou a sorte grande,pois uma doença terminal estabele um prazo para o fim do sofrimento;eu ia adorar ter essa sorte pois não quero longevidade também

    ResponderExcluir
  4. dias dificeis td mundo tem mas os meus sao terriveis nunca conto p/ ninguem como sofro em silencio da vontade de sumir tento acreditar em DEUS mas ta dificil so tao covarde que nao consigo nem me matar me pergunto quando vai acaba essa dor tanto desgosto não tenham filhos eles roubaram sua vida sua alma com tanto desgosto porq alguem q vc ama pode destruir seu coraçao assim desespero é oq sinto uam dor terrivel e saio sorrindo trabalho e niguem sabe a dor do meu coração so queria acordar desse pesadelo sem ninguem me acusando so queria um abraço e alguem que dissese vai ficar td bem me sinto uma morta viva vc cria a pessoa com luta amor honestidade tenta passar o melhor ela conhece uma que se diz "amiga" destroi a vida dela e a sua junto e ainda diz que te odeia so queria morrer so isso ...

    ResponderExcluir
  5. Estou infeliz. Quero forças pra prosseguir. Não importa se tem fé em algo ou não, ninguém sabe o que há depois da morte. Pode ser que haja algo depois da morte pior do que a própria vida.

    ResponderExcluir
  6. Bota tarde!
    Hoje estou de folga do meu trabalho estafante. Navegando pelo tema "suicídio" no Google cheguei aqui. Tenho 25 para 26 anos agora em novembro e há uns 12 anos venho pensando em cometer suicídio. Acabei descobrindo que pra mim a pior tortura é ter que acordar todas as manhãs, ter que abrir os olhos e sair para esse mundo grotesco. Ter que lidar com as pessoas terrivelmente nojentas com que lido todos os dias. E ainda olhar para dentro de mim e não ver nada melhor... nem namorar consigo, tamanho o horror que sinto por estar vivo. Luto pra terminar meus dias dormindo, mas queria mesmo é partir definitivamente daqui.

    ResponderExcluir
  7. Oi, sou psicólogo e cristão, ganho muito bem, sou casado, concursado, sem filhos, jovem, corpo meio sarado, mas parece que nem essas "qualidades" nos enchem a vida de sentido. Tenho 33 anos e confesso não sentir prazer onde as pessoas pelo mais simples detalhe sentem. É difícil viver. Cuido de pessoas deprimidas que nem sabem o que sinto. Há em mim um desejo de descanso, um eterno, sem dor ou sofrimento. Me pergunto de onde vem isso, confesso que só levanto algumas hipóteses como a falta do amor. Parece que o amor é o que enche a alma.... mas onde ele está? Será só isso mesmo? Abreviar a vida sem dor é um benefício....

    ResponderExcluir
  8. Já passei, creio, uns setenta por cento do que vocês estão passando. Logo no início, num assomo de tristeza e angústia cheguei a pensar em suicídio. Só que não sou ligado a religiões, mas creio (hoje muitíssimo mais) em Deus, e sei perfeitamente que o suicídio é a saída mais caótica para quem pensa em escapar do padecimento, e diga-se de passagem, que nós mesmos construímos. Voltem-se fortemente para Deus. Procurem conversar com Deus, pedindo-Lhe perdão por todos seus erros cometidos em todas as suas encarnações. Contenham as suas atitudes, palavras e pensamentos. O ganho virá em doses homeopáticas e só perceberemos o 'milagre' através da perseverança e de algum tempo, nem tão longo, nem tão curto.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

 
Copyright © QUERO MORRER. . OddThemes