QUANDO ME DISSERAM QUE ELE DESISTIU

Imagem : sxc.hu
Quando me disseram que ele desistiu, eu pensei, "que seja". Não se pode fazer muita coisa senão dar de ombros numa situação como essa. Apesar do que dizem, a derrota, assim como a vitória, só podem encontrar sua verdadeira dimensão dentro do derrotado ou do vitorioso, e nós de fora somos pálidos espectadores, por mais que nos solidarizemos. Dor e alegria são muito pessoais; por mais que tentemos sinceramente, só conseguimos arranhar a superfície. E ele desistiu, me falaram, e muito pouco podia ser feito disso.

Naturalmente, eu precisava refletir a respeito. Até mesmo desci e fui pra rua e, como fazia sol, perambulei pelo calçadão à beira-mar. E me coloquei a pensar sobre o que significa, precisamente, desistir nesse contexto. Faria sentido dizer que o detento que foge da penitenciária "desistiu" da cadeia? Que o faminto, ao comer, "desistiu" da fome, ou que o doente, ao se medicar, "desistiu" da doença? Porque a questão é simplesmente esta: o que nos obriga a algo se, decididamente, não há motivo plausível para tal? Desistir me parece uma palavra muito equivocada. O errado, ao contrário, está em insistir, na cadeia, na fome, na doença.

Há que deixar a natureza fazer seu trabalho, a natureza, que engloba esse mar e esse sol. Mas a natureza nos deu livre-arbítrio, que é conspurcado pela culpa e toda castração que a religião nos deixou. Uma vez saciados, pedimos a conta: é de uma simplicidade tal que talvez choque. Mas por que continuar no jogo, se já não há prazer no jogar? Se as fichas já acabaram e a banca levou tudo? Talvez o segredo esteja em ter esperança de que a maré se reverterá na próxima rodada. Mas a vida escoa enquanto aguardamos o golpe de sorte que não vem.

Dito isso, de olhar o mar e o sol, me dei por satisfeito. Voltei ao cotidiano, mas não gostaria, jamais, que dissessem de meu amigo que se tratava de um covarde, por ter desistido. Não direi que, ao contrário, covarde seja quem insiste. Não chego a tanto. Mas me parece óbvio que encostar o aço frio na própria têmpora não é, decididamente, coisa para fracos.

A partir do Blog Escrita Vulgar. Leia no original

Compartilhe:

37 comentários :

  1. chamam os suicidas de corvades,eles não são covardes pelo contrario,as pessoas não tem ideia do quanto o ser humano tem uma alto presevação é tanto que muitos dos suicida geralmento tentam mais de uma vez,o ser humano é casador por natureza talvez po isso é mais facio compriender um homicidio doque um suicidio.

    ResponderExcluir
  2. Estou sem saber oq fazer. Tenho 18 anos e um problema serio de coluna. Minha familia me despreza por pensar q nao sinto tanta dor. Estou pensando em acabar com minha vida. Apesar de nao ser isso q realmente eu queira... eu preciso de ajuda!!!!!!!!! Um pouquinho de compreensão... só isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria lhe ajudar,tô precisando conversar cm alguém,q me ouça e q eu poça ouvir,acho q isso aliviaria a minha dor.

      Excluir
  3. Aos que procura ajuda para sair desse tormento sugiro a ajuda séria de Neuróticos Anônimos, procurem no google e localizem grupos para tratamentos. Muitos se salvaram começando a amar a vida. Pode parecer impossível para os que sofrem de tormento profundo, mas há relato de casos de recuperação. O fundador tentou suicidio cinco vezes antes dos 20 anos e se recuperou.

    ResponderExcluir
  4. Já tentei de tudo, inclusive os neuróticos anônimos. Mas não vejo mais saída. A pouca esperança que eu tinha, eu perdi, pois não consegui fazer nada com as oportunidades que tive. Sou um fracasso e quero morrer. Reconheço que há uma certa covardia de minha parte (mas para muita gente que se mata, não há covardia. Há apenas coragem de saír fora e não estar nem aí com a opinião do próximo). Eu não consigo mais seguir. Estou cansado e não tenho forças. Ao olhar para mim vejo apenas a imagem do fracasso e dela me envergonho. Quero morrer, não quero ajuda. Por favor me deixem morrer!!!!

    ResponderExcluir
  5. Também me sinto assim uma fracassada soberana e minha existência e desnesessaria

    ResponderExcluir
  6. Desde pequena sempre penso em me suicidar mas como cresci em família religiosa a aquela visão para o suicídio, que suicidas vão para o inferno por tirarem sua própria vida, por isso que em diversas vezes tive medo de me suicidar mas essa idéia nunca sai de minha cabeça sempre retorna mais forte, mas depois o medo me impede de realizar tal ato.
    já tentei me mattar diversas vezes, remédios, mutilações me jogar em frente de carros, mas parece que quanto mais eu tenho medo mais meu suicido da errado.
    Creio que um dia não terei mais medo, então assim finalmente poderei ir em paz.

    ResponderExcluir
  7. esse texto definiu como me sinto: encarcerada num corpo de carne, suicidio seria desistir deste hospicio que eh o mundo? dessa penitenciaria onde vivemos? trabalho mas sou escrava do salario que recebo, tenho hora pra tudo, liberdade nenhuma.... como ser feliz nesse fole de carne, presa a dores e olhares que nunca irão te entender? é tão dificil assim ver que o mundo é uma prisão, onde somos todos loucos e vivemos com medo? medo da dor, medo da vergonha, medo do fim....não sabemos pra onde vamos e se viemos de algum lugar, mais que escravos, mais que presos, nem sabemos o que ou pelo que estamos pagando. estou cada vez mais cansada......que direito tenho sobre minha vida? vou ser julgada mesmo depois de morta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ja pensei nisso, vivemos em ciclo vicioso: nascer, crescer, ir a escola, ir a faculdade, trabalhar, casar, ter filhos, ficar velho pensando no que fez e no que faria diferente e morrer. Todo mundo faz a mesma coisa com pequenas modificações. Não tem como ser diferente, não tem como mudar! É desesperador pensar que você não tem escolha, que vive na cadeia que é a sua vida, querendo estar em um lugar onde tudo é diferente, onde não teremos medo de fazer algo diferente do esperado, do " normal" e ser julgado, sair das mesmisse do ciclo da vida humana. Nascer, crescer e morrer é necessário, é a verdade, a única certeza. Mas o que fica no meio disso, o que você fará nos seus prováveis 90 anos, tem que ser sua escolha, tem que ser diferente, você tem que ter opções, se sentir no direito de escolher, com liberdade. Você não pode ser julgado por fazer diferente do que todos esperam. Você não pode ser julgado por não usar as roupas sa moda, você não pode ser julgado por dizer o que as pessoas não querem ouvir, você não pode ser julgado por tomar suas próprias e " anormais" decisões. Tomara que as pessoas algum dia criem esse mundo ideal cheio da doce liberdade, que as pessoas percebam o quanto é ridículo querem impor algo que torne todas iguais, que singularize os pensamentos.

      Excluir
  8. Só quero partir farto de viver sem sentido para continuar

    ResponderExcluir
  9. A vida não é vida sem haver a morte por perto são as duas paralelas, só temos que o aceitar. Seria mos hipócritas se não o fizermos só temos que encostar uma linha a outra

    ResponderExcluir
  10. Estou farto de viver faz duas semanas penso todos os dias em acabar com a minha vida, estou farto farto nesta quinta-feira faz 2 semanas a minha mulher pediu me o divórcio e eu não estou a aguentar mais pois tenho dois filhos pequenos e não os quero fazer sofrer eu já passei por isso estou farto da vida os meus pais são separados tinha eu 7 anos a idade do meu filho mais velho e sei o que sofri e agora vejo me a fazer lhe o mesmo porra. No sábado faz 2 semanas fui trabalhar cheguei um pouco mais sedo e a casa sem ninguém passei me da tola fui boscar veneno a cave em quanto chorava parecia um bebê pulo na mesa da cozinha fui boscar folhas e estava a escrever a carta de despedida aos meus só via a minha mulher e os meus filhos na cabeça mandei uma mensagem a dizer lhe que me tinha fugido com os garotos enquanto escrevia a carta chegou a casa a correr evitou na outra semana mas a ideia está cá e vou ser forte para acabar esta sexta a noite nao consigo mais estar sem quem amo

    ResponderExcluir
  11. Estou aqui de novo na quinta-feira passada estava a tentar organizar as coisas para na sexta me despedir da vida e dos meus a minha esposa a pessoa que mais amo neste mundo e os meus filhos apercebeu se do que queria fazer e acabei no hospital psiquiátrico já faz duas semanas que aqui estou e ainda hoje me procuro se vale viver longe deles daqueles que amo e cada vez acho mais que não cada vez ela está mais distante de mim os meus filhos mal os vejo e ela tem medo de mim se viver vai ser assim cada vez me está a fazer mais mal que bem só eu sei o que sofro a cada minuto por estar privado do amor deles ando no corredor choro a cada minuto no quarto do hospital escrevo escrevo o que passa no coração mas esta vazio já não há nada dentro do meu peito para sentir o amor a nao ser o deles que me fugiram com o coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor como você está agora que se passaram esses meses? Como se sente agora? Conseguiu superar?

      Excluir
  12. Quero morrer, minha vida nao presta....ninguem gosta... de mim

    ResponderExcluir
  13. Eu ando pensando muito sobre suicídio. Não tenho mais vontade de lutar. Olho ao meu redor e todos que praticam perversidade estão se regozijando de bons momentos. Eu luto tanto e não saio do lugar. Minhas filhas que amo estão longe. Meu ex marido, investe tanto contra mim, desde conseguir tirar meu emprego, faculdade e por fim as meninas. Sou cristã, e por tudo que eu já li, escutei e acreditei. Acho que não compreendo mais nada. Estou quase acreditando que o mal sempre vence. Que ser, ter boa índole faz com que me sinta derrotada.

    ResponderExcluir
  14. Me sinto algumas vezes tímido em dizer, mas aqui me sinto confortável o suficiente para dizer que fico bem quando sou aceito e não vejo fraqueza nenhuma em querer ser aceito. Acredito que o "ser aceito" não deve ser constante, mas tenho no íntimo de meu ser a certeza de que um dia alguém me fez e me amou exatamente como sou. Não creio que sou obra do acaso e estou me lixando se neste momento eu ofendo a alguém mas, realmente acredito que sou perfeito. É como se tudo começasse a fazer sentido pois, vejo que me saio bem quando vou com calma e não me movo no rítimo que todos pedem para que eu me mova. Quando não posso correr eu ando, se não eu engatinho e se isso for difícil, simplesmente rastejo, pois só tenho tempo para cumprir o propósito para o qual fui criado! Seria triste ter sido criado para ser feliz e só, pois isso me faria um ser egoísta em essência. Não acredito que um ser dotado de tanta inteligência tenha sido...Sei lá, gerado para ser centralizador e pensar em sua dor 24 hrs. Eu gosto de pensar em mim, em mim amar, mas sinto muito prazer mesmo é em pensar no outro, em fazer alguém feliz sem recompensas e por fim, ficar satisfeito. Dia após dia aprendendo a me amar "por inteiro" e de forma equilibrada aplicando o meu amor nos outros. Tem dias que são muito ruins, mais dias melhores geralmente chegam. Geralmente não encontro dias melhores em casa, mas no abraço de um amigo, na igreja local, ou mesmo em ajudar alguém! Raramente encontro também algo bom na net, raramente mesmo. Sites pornôs são mais frequentes do que coisas boas, então me mantenho longe no computador tanto o quanto posso. Talvez eu não saiba procurar, ou esteja cansado de fazê-lo. Mas prefiro correr para lugares onde obviamente encontrarei pessoas amáveis. Nem sempre o caminho mais fácil é o errado! Por isso corro para a igreja local onde obviamente e facilmente haverá amor (pelo menos isso é óbvio para mim). Agradeço pela criação deste site! É bom saber que existem pessoas que ainda lutam, vocês são muito bravos, não duvido de pessoas fortes como nós, sei até onde podemos ir!! Por hoje é só!

    ResponderExcluir
  15. me sinto tâo desaminada queria morrer.

    ResponderExcluir
  16. Não me importo com mais nada sobre esse mundo..nem mesmo com o amor de alguem..só estou esperando meu metodo chegar para acabar com essa existência sem sentido

    ResponderExcluir
  17. realmente, aqueles que dizem que suicida é covarde é porque tem muuuuito medo da morte, eles sim são covades, pois vivendo uma vida tosca, ganhando mal, sendo humilhado, trabalhando sem um salário digno, andando pior que gado nas conduções, ainda sorriem, como as hienas ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente. quando vejo as pessoas sorrindo da muito odio..maldita gente infeliz fingindo q eh feliz. servindo de escravos para esse maldito capitalismo. como idiotas trabalhando para o sistema apenas por pao e agua. malditos idiotas sendo envenenados cada dia pela industria alimenticia e farmaceutica..lavando seus cerebros diante da merda da novela e do futebol...se achando importantes quando na verdade valem menos que um cocô dos que estao no comando. O mundo deveria acabar. Seria uma libertacao em massa. todos deveriamos suicidarnos.

      Excluir
  18. eu quero morrer...preciso morrer so pra fazer sofrer quem me faz sofrer agora.

    ResponderExcluir
  19. andressa rodrigues15 de março de 2014 00:04

    eu sempre quis morrer. nem sei pq eu nasci. total perda de tempo.

    ResponderExcluir
  20. gente se amem e amem a DEUS sobre todas as coisas

    ResponderExcluir
  21. Fácil falar de Deus...fácil entrar aqui pra julgar e condenar quando cada um aqui tem um motivo diferente. Minha razão. ..fui molestada com 8 anos de idade por uma pessoa da família. Guardo esse segredo e so consegui colocar isso pra fora com a minha psicologa quando eu tinha 29 anos. Meu pai me batia e me espancou ate os 28 anos. Sofri bullyng quando criança na escola. Até na faculdade zombavam de mim. Num paro em emprego nenhum porque além de depressao eu tenho síndrome do pânico e estresse pos traumatico. Meu ex noivo me traiu e quando terminei o noivado com ele tentou me estuprar e ainda me bateu. Nao possuo ajuda financeira de ninguém. Ja perdi 3 faculdades por causa de dinheiro e da depressao porque ñ consigo ir até o fim. Ñ saio mais de casa. Tomo uma pancada de remédios. Engordei 30 kgs e meu cabelo caiu todo no topo da cabeça. Fácil falar pra quem ta de fora....eu ñ consigo sequer sair da cama. As pessoas do meu prédio espalham boatos maldosos sobre mim. Ñ consigo olhar pro espelho. Ñ aguento mais ñ ter dinheiro pra uma vida digna. Tenho que ficar pedindo dinheiro emprestado. Meu nome foi pro spc onde esta Deus nessa hora. Vc quer pagar minhas contas....chega de papo de religião...só quem vive com isso ha anos sabe a dor de querer acabar com esse tormento. Eu penso 24hs em me matar. Tenho raiva porque eu ñ pedi pra nascer. Agora estou vivendo nessa condição de humilhacao e medo constante. Ñ tenho como arcar com minhas despesas básicas. Ñ tenho como me cuidar sozinha. É uma luta pra acordar e aguentar pensamentos insanos. Eu ñ durmo direito. Quando cochilo tenho pesadelos constantes. Esse mundo é podre. Preciso ir embora daqui.

    ResponderExcluir
  22. Tenho 14 anos , minha mãe é alcoólatra meu pai morreu quando eu tinha 2 anos e meu tio é alcoólatra tb não tenho mais familia , e ja pensei em acabar com tudo isso ...

    ResponderExcluir
  23. eu fui feliz até ser traída por meu noivo . Desde então só passo por essa existência! Esperando ansiosamente a noite chegar para eu dormir e esquecer que existo! Junto com a traição perdi a autoestima. Não consigo mais gostar de mim e de nada ao meu redor. sinto apatia por tudo e isso já fazem seis meses.. Então eu pergunto: Que graça tem viver nesse mundo se vc não consegue nem gostar de vc e nem gostar de nada? Imagina viver, ter pessoas que te amam e vc não conseguir sentir absolutamente nada! Penso em me matar mas sou covarde e além de tudo penso na minha mãe, o qto seria decepcionante para ela! Contudo afirmo que já estou morta por dentro! só estou passando pela vida!

    ResponderExcluir
  24. Minha vida estar horrível todo dia penso em me matar não aguento mais viver assim
    Triste não consigo ser feliz até desistir dos meus sonhos estou na faculdade mais nem sei se vou conseguir terminar o que eu mais quero
    É morrer o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  25. eu nao sirvo pra nada sou derrotada ... tudo acontece comigo eu nao quero viver porque tenho que viver?

    ResponderExcluir
  26. Tenho muita vontade de morrer , minha vida não tem sentido , já tentei d tudo pra mudar , mas sou muito azarada , nada dá certo p mim , não tenho coragem de me matar , pois tenho medo do castigo de Deus , de ir prã inferno e encontrar um sofrimento maior por lá , tenho uma filha de 1 ano e sei q ela precisa de mim , pois ela só tem a mim e o pai , não tem vó , nem tios , uma família totalmente ausente , queria forças p lutar , tentar de novo , mas não tenho , estou cansada de tudo , desse mundo tão cruel , há 5 anos minha mãe se suicidou e depois disso minha vida nao teve mais sentido , tenho um marido apático a tudo q eu estou vivendo simplesmente fala q é frescura e q eu não tenho motivos pra estar assim , só q ele nao me ajuda em nada , pelo contrário me coloca mais pra baixo ainda e a família dele tenho certeza q todos querem me ver morta pq eles me odeiam ... Enfim não tenho esperança de dias melhores , nao queria ser egoísta como minha mae foi q não pensou no sofrimento q iria me causar , não quero fazer o meamo com minha filha , deixar ela sozinha no mundo e triste como eu sou , mas eu me vejo sem saída todos os dias .

    ResponderExcluir
  27. Não pesso em mim mata constantemente porém a cada dia parece ter alguém na minha mente falando faça isso faça aquilo se não vai acontecer isso ou aquilo.sou armário.não queria ter nascido gostando de homens.não consigo emprego porque não vou busca.porque tenho medo de não mim pegarem por ser assim...eu não mim suporto...para os outros aparento ser alegre...a felicidade não encontrei ainda.Quando era menos fui abusado.e isso agora que to ficando mais velho esta mim deixando mais em pânico com a vida e a humanidade...Queria ter amigo AMIGOS...um trabalho.alguém...Preciso de ajuda...o que mim faz aguenta essa vida e porque se que tem PESSOAS em situações Piores...muito obrigado...

    ResponderExcluir
  28. Já pensei em me matar várias vezes. Já tentei,inclusive. Mas o medo sempre me impedia. Medo de deixar as pessoas,medo por saber que não as veria nunca mais,medo do que aconteceria caso eu seguisse em frente. Portanto,não o fiz. Não sei se agradeço por ter medo ou me odeio por ter medo.Odeio por não ter conseguido fazê -lo e alcançar o alívio? Ou agradeço por não ter conseguido fazê -lo,posto que,na vida existem coisas pelas quais vale a pena viver;pessoas que fazem a vida menos difícil? A vida é pra quem tem coragem. Mas isso significa dizer que quem desiste dela é covarde? Ou corajoso o suficiente para deixar o ama,pra enfrentar um desafio que não se sabe se existe do lado de lá,pra não dar ouvidos sobre o que dizem que é pecado? Não sei... as vezes eu penso "vamos acabar logo com isso!" e outras eu penso "é difícil mas eu nao quero desistir!" Todos vocês que estão desacreditados na vida,procurem ajuda. Não de um psicológo ou um grupo de pessoas como vc (embora possa ajudar) mas alguém que entenda vc..que faça vc enxergar que sim, A VIDA TEM COISAS BOAS,mesmo que raras vezes.. Se tem coisas boas,pq eu pensei em me matar? Talvez pq as vezes as coisas ruins (que já são muitas) pesem mais do que posso suportar. As vezes o seu motivo para desistir de tudo seja "fútil" para terceiros mas cada pessoa sente determinada situação com determinada intensidade.Apenas nao julgue o motivo de outrem e repense bem os seus.

    ResponderExcluir
  29. Ando triste,mas não a esse ponto. Queria muito ser policial. Em 2012 fiz o concurso,meu irmão também fez. Resultado: eu e ele passamos na prova escrita, porém,ele passou no teste físico e eu não. Reconheço que eu errei em não treinar o suficiente. Fiquei e ainda estou muito frustrado. E ainda pense quando as vezes meu irmão vem aqui em casa de farda e eu sou obrigado a ver ele assim, e fico pensando:"Eu também era para estar de farda". Mas, apesar de tudo isso, continuo estudando para outros concursos públicos e acredito que algo melhor ainda do que ser policial está preparado para mim. Eu acredito em Deus, e quando digo isso, não estou jogando todo o meu futuro nas mãos deles, pois acredito que Ele ficaria até bravo comigo pois ele nos criou com inteligência suficiente para traçarmos nossos próprios futuros. Conselho: se vc acredita em Deus, ótimo, mas saiba que Ele não ajuda quem não se autoajuda, pois Ele te criou como IMAGEM E SEMELHANÇA DELE, portanto vc é muito poderoso, só não descobriu isso ainda. Se vc não acredita em Deus, -penso que isso já é um ponto negativo para vc- acredite em vc mesmo, se ame antes de amar aos outros. O que é passado já se foi e não te pertence mais, simplesmente apague com borracha. O que será de seu futuro dependerá do que vc faz hoje. Faça as coisas hoje traçando metas para o que vc quer que ocorra pra frente. O melhor amigo sem dúvida alguma é Deus, porém, tente fazer amizade com alguém em que possa confiar e expor seus pensamentos, nem que seja um amigo da internet, virtual mesmo, como é o meu caso, eu só tenho amigos virtuais, na vida real nenhum, mas estou bem assim. Assista no youtube vídeos sobre o Universo, física quântica e poder do pensamento. Não tenha medo de contar pras pessoas mais próximas a situação por qual esta passando. Espero ter ajudado. obrigado!

    ResponderExcluir
  30. Digamos que estou no mesmo "barco". Já faz tempo que compreendi a fatalidade da morte, não com a perda de um ente querido, mas simplesmente refletindo sobre nosso papel na vida. As vezes acredito que isso tudo é um teste e eu acho que errei a maioria das questões relacionadas as outras pessoas...por algum motivo que eu não sei explicar, não sei lidar com gente em termos gerais. Sou um fracasso em termos sociais ... consegui estudar e sair do país, mestrado, doutorado, me tornei professor concursado ... mas do que adianta tudo isso se as coisas mais básicas eu não consigo realizar. Para mim a morte seria bem vinda, não pq cansei da vida, mas pq carrego uma culpa grande e gostaria de compensar com a minha própria vida. Eu não mereço estar vivo. Minhas realizações foram todas muito pessoais ... como troféus. Do que serviu para o universo? Não consigo visualizar isso. Me sinto um egocentrico irrelevante. Com a morte, no minino eu não erraria nunca mais.

    ResponderExcluir
  31. Tenho 15 anos , minha vida não faz sentido , meus dias são repetitivos e a angústia , solidão e tristeza sempre está comigo e isso vai fazer 3 anos , apenas tenho medo do outro lado se existir.

    ResponderExcluir
  32. Não consigo ter paz acordada,não consigo ter paz dormindo,por causa dos pesadelos,as vezes tudo se confunde,não sei oque é real e oque é pesadelo,pois não há muita diferença entre os dois....passo o dia inteiro chorando e esperando a hora de dormir,hoje sou uma pessoa absurdamente sozinha,agora são só meus pensamentos,a vida e eu...a unica fiel companheira é a música,minha unica amiga...eu fiz minhas escolhas e agora colho as consequências..não posso reclamar,eu escolhi esse sofrimento
    Que minha morte não demore a chegar,pois minha mente já está cansada,desse corpo que é como uma cela para a minha alma

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

 
Copyright © QUERO MORRER. . OddThemes