SUICÍDIO ENTRE ADOLESCENTES


Causa da morte de mais de 2 mil jovens brasileiros todos os anos. Considerado um fenômeno social entre alguns especialistas. Prática incentivada na internet. Ainda assim, o assunto – velado e cercado por tabus – é evitado pela sociedade. A temática suicídio entre adolescentes vem à tona após duas recentes mortes de garotas em idade escolar, em Belo Horizonte. Infelizmente, não se trata de casos isolados, muito menos raros.

Na última década, os índices de autoextermínio dobraram entre pessoas de 12 a 21 anos, segundo Fábio Gomes, vice-coordenador da Comissão de Prevenção ao Suicídio, da Associação Brasileira de Psiquiatria. Das mil ocorrências registradas todos os meses no país, cerca de 170 são cometidas por adolescentes.

O número pode ser ainda mais preocupante. “Estão subnotificados. Se uma pessoa morre ao se envolver, por querer, em um acidente de carro, o fato é tratado como acidente de trânsito”, destaca.

Características

Embora alguns casos sejam atribuídos a distúrbios psiquiátricos, outros fatores estão por trás desse crescimento. “Há uma falsa ideia de que o suicídio está sempre associado à depressão. Isso não é verdade. Vivemos em uma sociedade altamente consumista, onde tudo ficou banalizado. Até a própria existência”, observa Maurício Leão de Rezende, presidente da Associação Mineira de Psiquiatria.

Solidão, estresse e a pressão da competitividade também podem explicar o aumento das ocorrências. Sem maturidade suficiente para lidar com esses sentimentos, muitos escolhem o caminho mais radical. “Alguns não conseguem enxergar uma saída ‘meio-termo’. Eles têm percepções extremadas sobre a vida e são mais impulsivos”, afirma a psicóloga Sylvia Flores.

Apesar dessas características serem comuns à idade, Marcelo Tavares, professor do programa de pós-graduação em psicologia clínica e cultura da Universidade de Brasília (UNB) e coordenador do Núcleo de Intervenção em Crise e Prevenção de Suicídio, adverte sobre o perigo de jogar a culpa apenas à fase da vida.

“Nem todos os pais querem compreender os sentimentos do adolescente. Preferem procurar um atalho, uma pílula que esconda o real problema. É mais fácil do que investir no relacionamento e no vínculo com o filho”. Outros setores da sociedade – até mesmo a escola – agem de modo semelhante. “Todo mundo quer passar a batata-quente”.

Internet

Não bastassem esses fatores, a internet também tem aberto o caminho para novas ocorrências. Segundo Fábio Gomes, diversos sites e páginas nas redes sociais incentivam a prática.

“Há grupos no Facebook que glamourizaram o suicídio. As pessoas deixam seus nomes e entram em uma espécie de lista, até que chegue o dia de se matarem”, conta. Recentemente, oito casos do tipo foram registrados apenas na cidade de Fortaleza. Dentre eles, uma família descobriu que um grupo saiu do enterro da menina para uma comemoração, como se aquele tivesse sido um grande dia.

“E que controle temos sobre isso? Nenhum. É muito importante resgatar a convivência familiar. Os adolescentes estão sozinhos e acabam se cercando por tecnologia. E na internet têm acesso indiscriminado a qualquer tipo de informação”, alerta.

Grupos compartilham informações sobre autoextermínio

Em uma página do Facebook com 15 mil curtidas, frases como “Meus cortes têm motivos, alguns até nome” e “Já me cortei sem derramar nenhuma lágrima, mas também já chorei tanto ao ponto de não conseguir segurar a lâmina” são divulgadas e compartilhadas. Quem faz as postagens é um adolescente de 19 anos que, desde a infância, tem pensamentos sobre a morte.

Ele não sabe atribuir de onde vieram essas ideias, mas ressalta que teve uma triste trajetória de vida, que inclui maus tratos dos pais. Hoje, afirma que encontra apoio na namorada e outros três amigos, além de alguns colegas que fez por meio da rede. “Não queremos incentivar o suicídio. Essa é uma forma de nos ajudarmos”, justifica o garoto, que já tentou se matar e também já cortou ou pulsos, sem intenção de morrer.

Grupos para compartilhar a automutilação também são comuns na rede. Além de compartilhar fotos dos braços machucados, os participantes – a maior parte deles, adolescentes – desabafam sobre os motivos que o levaram ao ato. Pela rede, divulgam os números de celulares para criarem grupos no WhatsApp.

A partir do R7. Leia no original
Imagem: Pexels

Compartilhe:

6 comentários :

  1. faz uma hora que li no facebook meu primo que mora longe da minha cidade, se despedindo da vida assim:
    A vida é um desafio, estou partindo dessa pra melhor, amigos quem sabe um dia a gente se vê, chegar ao ponto que eu cheguei é lamentável estado físico inacreditável, cadê a luz que vem lá do céu cadê Jesus pra julgar mais este réu, eu preferia ta falando de amor, falando das crianças (meu sobrinho Gabriel, verdadeiro Spider-Man) e não da minha dor.
    Amigo, aí, eu falei esta palavra, me desculpa foi erro, não pega nada, eu nunca tive amigo nessa p..., só prejuízo na vida de ponta a ponta, mas que vai se importar eu sou apenas mais um.
    Vou tentar não prejudicar mais ninguém (mãe), chega de ser refém, eu preciso é do bem, já entreguei a Deus a minha vida, espero que a minha história sirva de exemplo pra quem tá começando parceiro como eu comecei que se afaste enquanto é tempo, tudo nessa vida tem um fim. Eu vou orar pela minha alma e pela sua.
    É só ter fé que vai dar tudo certo! Abraços a todos que acreditam em mim e para os que não acreditam eu desejo que Deus o acompanhem vocês!

    ele é usuário de crack há anos.mas sempre foi um amor de pessoa, essa droga que está acabando com ele.
    to tentando falar com meus familiares e ninguem que está perto dele me retorna, eu espero que isso seja um bom sinal, que eles tenham conseguido salvar esse primo que esta perdendo a guerra para essa maldita droga. estou aqui aflita na espera de noticias e comecei a pesquisar sobre suicidio, achei esse site. espero que esse site tenha conseguido ajudar muitas vidas, das quais eu vi aqui em comentarios "frases" que gostariam de tirar a vida. mas quem dá a vida tira vida é DEUS e mais ninguem tem esse direito. se esta sofrendo é pq vc pode suportar essa dor para crescer

    ResponderExcluir
  2. Minha vida nunca foi fácil, sempre tive sozinha nunca tive uma amigo de verdade para poder cofiar os meus segredos. O que eu mais desejei na vida foi morrer por que não vejo a morte como uma inimiga, vejo como uma amiga que sempre teve ao meu lado. A vida e morte vivem lado a lado e cabe a você escolher o que quer, você pode ter tudo o quer mais um dia isso não vai fazer a menor diferença. Os bens matérias não trazem alegria, felicidade, carinho, amor. Um conselho para quem quer se suicidar, pense bem antes de se matar por que muitas vezes a vida pode te surpreender você, pense nas pessoas que se importam com você, se elas forem seus amigos de verdade , não desista delas por que elas nunca desistiram de você. A vida pode ser o que você quer seja feliz ou triste é quem escolhe o caminho que quer seguir. Mais se quiser seguir em frente, pense o que a vida teu deu e se despeça de tudo, Deus estará te esperam de braços aberto, se entregue de corpo e alma para ele. Bom espero que o meu comentário tenha ajuda alguma pessoa com o mesmo problema que eu. Adeus

    ResponderExcluir
  3. Hoje eu tentei pedir ajuda para a pessoa que se dizia ser minha melhor amiga, ela só riu da minha cara e disse que não estava me levando a sério pois eu sempre fui uma pessoa muito feliz e nunca aparentava estar triste, eu só disse pra ela que nem sempre o que a gente expressa no rosto ou nas palavras é o que a gente sente por dentro, e hoje aqui nesta noite eu sei lá, não vejo motivos para continuar, to tao cansada e não tenho ninguém. Eu perdi meu pai, minha mãe não se importa comigo e eu ainda me sinto uma criança que precisa da mãe.. Chega a ser engraçado, uma garota de 17 anos precisar da mãe. A que ponto cheguei, desabafando em um site :( nminha vida ta uma drogamesmo, mas eu pretendo mudar isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu entendo como é isso, se quiser conversar me manda um email gabybrenda11@hotmail.com

      Excluir
  4. As vezes da medo de conversar... todos os dias é dificil acordar e saber que na verdade aqueles não são realmente seus amigos, saber que você confiava em alguem como nunca e essa pessoa riu de você, saber que desde o começo você se torturava por causa dos seus proprios familiares, saber que ninguem se importa, saber de que quando você se isola de todos é quando você mais precisa deles, saber que mesmo que você "esteja sozinho" você não gosta de estar sozinho...

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

 
Copyright © QUERO MORRER. . OddThemes