Recentes :

FALANDO FRANCAMENTE SOBRE O SUICÍDIO


As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp, 17% dos brasileiros, em algum momento, pensaram seriamente em dar um fim à própria vida e desses, 4,8 chegaram a elaborar um plano para isso. Na maioria das vezes, no entanto, é possível evitar que esses pensamentos suicidas virem realidade.
A cada 45 minutos, um brasileiro morre vítima de suicídio. E, em uma sala com trinta pessoas, cinco delas já pensaram em tirar a própria vida.
A primeira medida preventiva é a educação: é preciso deixar de ter medo de falar sobre o assunto, derrubar tabus e compartilhar informações ligadas ao tema. Como já aconteceu no passado, por exemplo, com doenças sexualmente transmissíveis ou câncer, a prevenção tornou-se realmente
bem-sucedida quando as pessoas passaram a conhecer melhor esses problemas. Saber quais as principais causas e as formas de ajudar pode ser o primeiro passo para reduzir as taxas de suicídio no Brasil, onde hoje 32 pessoas por dia tiram a própria vida. Por isso, é essencial deixar os preconceitos de lado e conferir alguns dados básicos sobre o assunto. 


PENSAR EM SUICÍDIO FAZ PARTE DA NATUREZA HUMANA

1. COMO PODEMOS DEFINIR O SUICÍDIO?

Suicídio é um gesto de autodestruição, realização do desejo de morrer ou de dar fim à própria vida. É uma escolha ou ação que tem graves implicações sociais. Pessoas de todas as idades e classes sociais cometem suicídio. A cada 40 segundos uma pessoa se mata no mundo, totalizando quase um milhão de pessoas todos os anos. Estima-se que de 10 a 20 milhões de pessoas tentam o suicídio a cada ano. De cada suicídio, de seis a dez outras pessoas são diretamente impactadas, sofrendo sérias consequências difíceis de serem reparadas.

2. O QUE LEVA UMA PESSOA A SE MATAR?

Vários motivos podem levar alguém ao suicídio. Normalmente, a pessoa tem necessidade de
aliviar pressões externas como cobranças sociais, culpa, remorso, depressão, ansiedade, medo, fracasso, humilhação etc.

3. COMO SE SENTE QUEM QUER SE MATAR?

No momento em que tem ideias suicidas, a pessoa combina dois ou mais sentimentos ou ideias conflituosos. É um estado interior chamado de ambivalência. Ela busca atenção por se sentir esquecida ou ignorada e tem a sensação de estar só – uma solidão sentida como um isolamento insuportável. Muita gente tem um desejo de revide ou imposição do mesmo sentimento negativo aos outros, querendo que sintam o mesmo que ela. Outras pessoas sentem vontade de desaparecer, fugir
ou de ir para um lugar ou situação melhor.

Quase sempre, sentem uma necessidade de alcançar paz, descanso ou um final imediato aos tormentos que não terminam. 

4. O SENTIMENTO E O IMPULSO SUICIDAS SÃO NORMAIS?

Pensar em suicídio é uma coisa que faz parte da natureza humana, e é estimulada pela possibilidade de escolha. O impulso também é uma reação natural, porém é mais comum nas pessoas que estão exaustas por dentro e emocionalmente fragilizadas diante de situações que despertam possibilidade de suicídio.

5. QUEM SE MATA MAIS: MENINOS OU MENINAS?

Os meninos normalmente se matam mais, embora elas tentem mais vezes do que os meninos. Essa tendência também acompanha os adultos, por causas culturais relacionadas a costumes e preconceitos sociais.  

6. O SUICÍDIO ESTÁ VINCULADO A ALGUMA DOENÇA MENTAL?

O suicídio resulta de uma crise de duração maior ou menor, que varia de pessoa para pessoa. Não está necessariamente ligado a uma doença mental, mas sim a um momento crítico que pode ser superado. As pessoas correm menos risco de se matar quando aceitam ajuda.

7. PESSOAS QUE AMEAÇAM SE MATAR PODEM DESISTIR DA IDEIA?

Sim, podem. Ao receber ajuda preventiva ou oferta de socorro diante de uma crise, elas podem reverter a situação ao colocar para fora seus sentimentos, ideias e valores, alterando, assim, seu estado interior. Essa ajuda pode vir de pessoas comuns, ligadas a organizações voluntárias como o CVV, que se dedicam à prevenção do suicídio – são voluntários que têm um papel importante ao ouvir quem estiver passando por um momento de desespero.

O apoio pode vir também de profissionais, contribuição muitas vezes indispensável, especialmente nos casos de descontrole. Essas duas possibilidades de ajuda são reconhecidas no mundo inteiro, pois apresentam bons resultados.

8. AS PESSOAS QUE TENTAM SUICÍDIO PEDEM SOCORRO?

Sim, é frequente pedir ajuda em momentos críticos, quando o suicídio parece uma saída. A vontade de viver aparece sempre, resistindo ao desejo de se autodestruir. De forma inesperada, as pessoas se veem diante de sentimentos opostos, o que faz com que considerem a possibilidade de lutar para continuar vivendo. Encontrar alguém que tenha disponibilidade para ouvir e compreender os sentimentos suicidas fortalece as intenções de viver.

9. QUEM ESTÁ POR PERTO PODE AJUDAR? COMO?

É preciso perder o medo de se aproximar das pessoas e oferecer ajuda. A pessoa que está numa crise suicida se percebe sozinha e isolada. Se um amigo se aproximar e perguntar “tem algo que eu possa fazer para te ajudar?”, a pessoa pode sentir abertura para desabafar. Nessa hora, ter alguém para ouvi-la pode fazer toda a diferença. E qualquer um pode ser esse “ombro amigo”, que ouve sem fazer críticas ou dar conselhos. Quem decide ajudar não deve se preocupar com o que vai falar. O importante é estar preparado para ouvir.

10. COMO O SUICÍDIO É VISTO PELA SOCIEDADE?

O suicídio foi e continua sendo um tabu entre a maioria das pessoas. É um assunto proibido e que agride várias crenças religiosas. O tabu também se sustenta porque muitos veem o suicida como um fracassado. Por outro lado, os homens, por natureza, não se sentem confortáveis para falar da morte, pois isso expõe seus limites e suas fraquezas. Esse tabu piora a situação de muitos. Muitas vezes, mesmo aqueles que seguem religiões que condenam o suicídio não conseguem respeitar suas crenças
e acabam dando fim à própria vida. 

11. O MUNDO ATUAL TEM INFLUÊNCIA NO NÚMERO DE SUICÍDIOS?

As estatísticas mostram que o suicídio cresce não somente por questões demográficas e populacionais, mas também por problemas sociais que prejudicam o bem-estar de cada um e que estimulam a autodestruição. Nossa sociedade vive com diversas situações de agressão, competição e insensibilidade. Campo fértil para que transtornos emocionais se desenvolvam. O antídoto para combater essa situação limita-se, no momento, ao sentimento humanitário que algumas pessoas têm.

12. QUAIS AS ESTATÍSTICAS SOBRE SUICÍDIO NO BRASIL?

A média brasileira é de 6 a 7 mortes por 100 mil habitantes, bem abaixo da média mundial – entre 13 e 14 mortes por 100 mil pessoas. Mas o que preocupa é que, enquanto a média mundial permanece estável, esse número tem crescido no Brasil. E a maior porcentagem de suicídios é registrada entre jovens.

13. O SUICÍDIO PODE SER PREVENIDO?

Sim. Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, 90% dos casos de suicídio podem ser prevenidos, desde que existam condições mínimas para oferta de ajuda voluntária ou profissional. No Brasil, o CVV – rede voluntária de prevenção – atua nesse sentido há mais de 50 anos. Recentemente, foi iniciado um movimento de políticas públicas para traçar planos integrados de prevenção.

14. QUEM OFERECE AJUDA PARA PESSOAS COM INTENÇÃO DE SE MATAR?

As pessoas que precisam de ajuda podem recorrer ao CVV, grupo de voluntários que oferecem apoio emocional gratuito. E já existem programas de saúde pública que oferecem esse serviço em algumas regiões do país. Há, portanto, uma ampla rede de apoio voluntário por meio de telefonia, internet e atendimento presencial. O CVV atende por telefone, chat, Skype, e-mail e pessoalmente, além de
realizar atendimentos especiais em casos de eventos e catástrofes. Somos um grupo de 2.200 voluntários treinados para ouvir e compreender pessoas que estão abaladas emocionalmente e que correm sério risco de vida.
Compartilhe no Google Plus

Nota : Editor

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

76 comentários:

  1. Sou médium e sinto vontade de cometer suicídio pois estou sofrendo muito com a presença de espíritos durante 5 anos,já cheguei a comentar com algumas pessoas mas eles falaram que mediunidade não é uma maldição e sim um dom.Eu concordo com elas porém eu não aguente mais.Vcs podem me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei como é porque minha vida foi um inferno por bastante tempo e pelo mesmo motivo, mas ninguém conseguiu me ajudar e muito menos compreender.

      Excluir
    2. dizem que um círculo de sal e enxofre impedem que eles entrem em sua casa ou quarto, depende do que queira limitar, pode tentar, não sei sinceramente se funciona. Não sou medium mas já vi algumas coisas. Procure um centro espírita próximo ou pela internet mesmo, mas tome cuidado com charlatanismo e boa vontade em excesso tipo encontro ou coisa do tipo.

      Excluir
    3. A oração ajuda, sei que parece bobagem falar, mas ajuda, seja qual for a religião ou a forma de orar.

      Falo por experiência própria, já passei por isso, todas as noites, a ponto de ter pavor de dormir, só dormir na exaustão... que trouxe consequências sérias pra minha saúde até hoje.

      Orando as ocorrências diminuiram... mas uma coisa eu te digo com absoluta certeza. NADA pode te fazer realmente mal se você não deixar. A grande maioria você só solta um "VAZA DAQUI" e está resolvido, para os que insistem e ainda riem, você ignora, ri de volta, responde com humor, sem medo... e vai parar pois os que não se respeitam seu pedido estão te sugando através do seu medo, ódio, irritação em fim, sentimentos negativos. A oração vai te ajudar a não ter medo.

      Tudo que estou dizendo é experiência própria, tem um monte de lixo na internet sobre isso, de pessoas que nunca experimentaram absolutamente nada mas gostam do assunto, lêem tudo que vêem pela frente e se acham doutores a ponto de aconselharem (não é indireta ao Anonimo acima que falou do círculo de sal! Que, aliás, faria qualquer espírito obsessivo dar risada).

      O assunto vende... e se é inventado é tão complexo quanto quer que seja. Mas acredite, tem solução e não é dom p nenhuma, todo mundo tem e pode ser, é uma questão de sensibilidade, só que quem é sem pedir sofre...



      Excluir
    4. Gente, como o ser humano é hipócrita. Pelo amor de Deus. Viva intensamente e seja súdito de Deus o pai maior de todos.

      Excluir
  2. Tenho 15 anos e eu tenho certeza que n existe nada pior que viver

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. talvez não haja mesmo, ou não seja uma questão de ser pior e sim apenas a esperança de que há coisas melhores depois da vida.

      Excluir
    2. Tb fui assim qdo tive sua idade. Hj sou um homem bem sucedido e as coisas que achava q não conseguiria, conquistei. Se quiser, podemos conversar. Abçs.

      Excluir
    3. Talvez vc não quer é viver a vida do jeito que ela está. Mas ela pode mudar e vc não vai achar que é a pior coisa. Seria bom procurar uma ajuda de um psicologo(a) e procurar crer em Deus. Ele te deu vida pra viver.

      Excluir
    4. Entre em contato comigo, podemos morrer juntos. face carlos diamond

      Excluir
    5. Oi me chama no watts aqui lidiane não ti achei no face vamos conversar 04196206128

      Excluir
    6. Oi me chama no watss lidiane aqui 04196206128

      Excluir
    7. Quero ajuda, tenho 13 anos. Moro com minha mãe, ela e meu pai vivem em uma realidade muito diferente, quando ele está aqui me leva pra muitos lugares que quando estou apenas com minha mãe não posso ir. Ela briga muito comigo, me pressiona nos estudos e etc. Minha irmã parece que nem me conhece, vejo ela todos os dias, mas nenhuma de nós diz mais do um tchau, ela é muito fria cmg, principalmente quando estamos com nosso pai, eu queria muito ter algum acompanhamento psicologico, pq essa vontade de me matar vem me perseguindo a muito tempo. Queria saber se posso conseguir superar a vontade? Vc conseguiu?

      Excluir
  3. Desde os 14 anos de idade penso diariamente em me matar e desde então não me lembro de um dia se quer que não tenha pensando nisso. Hoje tenho 24 e a vontade ainda persiste. Aos 17 tentei me matar, foi uma experiência única, me despedi de mim mesmo, sem carta nem bilhete, sem justificativa, foi uma sensação libertadora, senti um alívio e vi tudo branco, eu parecia estar indo para outro lugar, me vi de longe como se me observasse morrer. Enfim não deu certo é claro. A morte para mim é como pensar na pessoa amada, me dá aquele aperto bom no peito, o coração bate mais forte e eu me sinto, aliás é o único momento em que sinto algo de verdade e é muito bom. Ultimamente a sensação de morrer esta vindo, não diria com mais intensidade, mas sim com mais consistência, mais certeza e mais coragem . Creio que tudo é uma questão de tempo. Quanto aos outros, os familiares, amigos, animais de estimação, sinto por eles é claro, mas espero que não sofram pois a minha morte é como se fosse o meu objetivo de vida, é o que me faz realmente feliz. É pensando nela que eu me sinto em paz. Por quê escrever sobre isso? para compartilhar com quem sente a mesma coisa, espero que não entendam errado, é apenas para mostrar aos outros que para alguns morrer pode não ser algo triste, pode não ser o fim ou uma fuga, pode ser apenas uma conquista, egoísta, mas qual sentimento de conquista não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto o mesmo que você... Porém eu ainda tenho 14 anos...

      Excluir
    2. Nossa!!! Impressionante como você descreveu exatamente como me sinto. Às vezes vejo na morte uma espécie de libertação dessa vida que, para mim, não faz muito sentido.

      Excluir
    3. Faz um ano que descobri que não estava bem.
      Faz um ano que sofro com uma dor que parece que sufoca o peito.
      Sinto o coração acelerar e quase sair pela boca.
      Não agüento mais.
      Ninguém me entende . Minha família meus filhos .
      Todos me julgam uma fraca que se faz de vítima .
      Penso todos os dias e dar um fim à essa dor.
      Não vejo mais nenhum sentido para a vida.
      Nunca fui amada como realmente gostaria .
      As pessoas me usaram e quando não precisavam mais me descartavam feito lixo.
      É assim que sinto um lixo.
      Um pedaço de pano velho que não serve pra mais nada .
      Não consigo trabalhar . Odeio o que faço .
      Só queria deitar , dormir e não acordar mais nessa vida .
      Ela não tem mais nenhum sentindo pra mim.

      Excluir
    4. Me sinto assim também .
      Faz um ano que luto contra essa dor. Essa tristeza imensa que se instalou dentro do meu ser.
      Levou embora minha alegria.
      As vezes sinto que minha alma já não pertence mais a esse mundo.
      Que sou um corpo vazio que vaga pelas ruas sem sentido.
      Sou uma sombra que ninguém enxerga .
      Meus filhos só sabem brigar comigo e criticar todas as ninjas tentativas de pedir ajuda.
      Falam que faço drama , que não vão apoiar minhas atitudes de entrega . Que estou me fazendo de vítima .
      E a dor só aumenta .
      Me sinto sozinha . Não suporto mais viver dessa maneira.
      Perdi minha mãe por meio do suicídio e hoje sito exatamente o mesmo que ela.
      A mesma dor , a mesma vontade de partir .
      A vida perdeu a cor. O sabor . Perdeu o brilho .
      Cada dia que passa só aumenta minha vontade de morrer .
      Não suporto viver com essa dor . Todos os dias.
      Os dias são iguais . A rotina é desgastante .
      Não tenho mais porque continuar aqui.
      Espero muitas vezes um milagre que nunca vai acontecer .
      Deito e levanto muito cansada Até para realizar pequenas tarefas .
      Odeio meu trabalho . Odeio a cidade onde estou.
      Odeio a vida...

      Excluir
    5. Pensava que só eu me sentia assim! Toda depressão e angústia desapareceram quando eu resolvi desistir da vida! A doença me obrigou a abandonar todos os meus planos, mas saber que em breve eu não vou estar mais inválida, sentindo dores horríveis, me trouxe a paz que sempre busquei...

      Excluir
    6. Oi, SOLITÁRIA 45! Descobri este site num momento difícil da vida. Estou só e desesperançado. Mas achei que compartilhando com outras pessoas na mesma situação, poderia ajudar a mim mesmo, ajudando a elas. Tenho alguma experiencia de vida e gosto de conversar, apesar de ser muito solitário tambem. Se quiser fazer ctt, ajgouvea@bol.com.br. Abrs..

      Excluir
  4. Cansada de tudo e de todos....

    ResponderExcluir
  5. A morte pode ser um presente já que a vida é um desprezo de si mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu te entendo a morte para mim significa uma benção. Estou farta de viver a anos que me sinto assim. Só quero que a minha vida termine...

      Excluir
  6. Esse aperto no peito me persegue a algumas semanas, penso nisso todos os dias, nada faz mais sentido...

    ResponderExcluir
  7. Eu tentei me matar aos 16 anos, com overdose de remédios. Houve uma segunda vez que foi cortando os pulsos. Sempre tive medo do que vem depois da morte, então maior intenção era entrar em um coma profundo até o grande dia chegar, mas não deu certo né. Sofro até hoje pelo mesmo motivo, faz quase dois anos e já não aguento mais, a única coisa que ainda me mantém aqui é a minha mãe que faz de tudo por mim e sempre sonhou em ter uma filha mulher, e como sou a única... Mas por mim já teria morrido a muito tempo, sempre peço do fundo do coração pra Deus me levar, não aguento mais ser atormentada com tantas lembranças, não aguento mais sofrer e chorar, quero por um fim logo nisso tudo. Todos os dias fingo estar bem, mas passo a madrugada chorando (isso porque não dá pra chorar de dia na frente das pessoas) fora que me afogo em drogas como lança perfume, LSD e bebidas para fugir dos problemas. Só quero que tudo isso acabe logo!

    ResponderExcluir
  8. Meus últimos dias não tem sido fáceis... sentimentos de vazio, tristeza profunda e desesperança estão voltando com mais intensidade, não sei o que fazer. É como se nada mais fizesse sentido. Gostaria de acabar com esse sofrimento.

    ResponderExcluir
  9. Estou fazendo acompanhamento psiquiátrico para me tratar de uma depressão. Me sentia completamente desanimada, assim como muitos nos depoimentos que vi por aqui! Senti diversas vezes vontade de sumir.
    Mas foi exatamente aí que eu enxerguei o grande viés do problema. A própria organização social do mundo hoje é totalmente favorável a criar quadros tristes como o nosso: indivíduos desgastados, estressados, medrosos, ansiosos... foi imposta pra gnt a obrigação de sorrir e "ser feliz", quando na verdade ninguém é! Sua vida tá ruim? A do vizinho tá também... Não se preocupe... a beleza de estar aqui é exatamente olhar pra nós e perceber que podemos ser atores da nossa própria vida e fazer bom proveito dela aqui. Acabar com a vida não me parece mais fazer sentido hoje, porque simplesmente eu perco o direito de transformá-la em algo realmente relevante para o mundo... Numa analogia simples eu descobri que "dar presente é melhor que ganhar presente". É bem complicado aceitar assim, mas é uma verdade: cada dificuldade que superamos é uma oportunidade de aprender, aconselhar e seguir em frente... aquele velho caderno riscado... por quê virar a página nos parece longe quando nao é?

    Me dedicar ao próximo ao invés de pensar exaustivamente nas minhas próprias angústias foi fundamental pra encontrar meu lugar ao sol, ao mesmo tempo em que me afastou das bebedeiras (fugas momentâneas)... Hoje me sinto bem recompensada pela vida... e consciente de que o lado de lá até assegure o descanso eterno, mas a gratidão pelos nossos dias só nessa vida!

    Desejo que a todos vcs se sintam recompensados! Acreditem..!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns por sua mensagem, parece que você deu a volta por cima,

      Excluir
    2. Nem sempre minha amiga porque o que eu fiz a vida inteira foi me doar aos outros .
      Sempre ajudei que de mim precisava .
      E percebi que hoje que realmente preciso não tenho ninguém pra me ajudar

      Excluir
  10. Acordar de manhã não faz mais sentido , sou tão nova ainda mas parece que já vivi vários anos , eu estou desgastada , pensei que tinha melhorado, mas na verdade esse sentimento estava apenas adormecido , agora ele acordou e está com toda a força , eu acordo e faço tudo igual , a mesma coisa todo dia , sempre tenho que estar com um sorriso no rosto e fingir que ta tudo bem , sendo que todo o tempo eu tenho vontade de sumir , a vida é tão bonita , mas ela perdeu a cor para mim tudo está tão preto e branco , me sinto tão só mas ao mesmo tempo tudo o que eu quero é ficar sozinha , não sinto mais nada só tristeza , a morte parece a única saída, mas o medo o receio do que vem depois da morte é a única coisa que me prende , não sei muito bem por que escrevi isso , mas eu só precisava desabafar, sei que não poderão me ajudar , talvez ninguém possa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho 66 anos .Olha, eu acordo todos os dias em torno de 4 horas da manhã, e fico na cama planejando minha morte, mas às 6:40 levanto, tomo café, e às 8:30 começo a trabalhar, a maioria dos dias passo falando às pessoas que atendo, que gostaria de estar morto, mas continuo na labuta, pois sei que se parar, o resultado será muito pior. Se você estiver muito mal, e quiser conversar, meus telefones são 31 99709353 Tim, 31 87722325

      Excluir
  11. Eu estou caindo em um abismo que parece não ter fim. Sempre tive uma autoestima baixa, nunca gostei de mim, nunca me respeitei e jamais me amei. Já fiz muitas merdas, já cometi muitos erros e quando finalmente achei que estava bem,a tempestade voltou e com toda a força. Tornei-me o que eu mais temia, comecei a me prostituir, a usar droga, a beber até cair e cheguei no fundo do poço. Sinto-me sozinho e para piorar sou gay e o preconceito me machuca muito. Mina família me aceita, mas ninguém entende meu sofrimento. Não tenho forças para correr atrás do que quero, não tenho ânimo pra sair, tudo se tornou mais difícil, trabalha e estudar o dia todo é um martírio, pois tenho que fingir estar tudo bem, mas não está nada bem. Não tenho muitos motivos para estar assim, mas é inevitável não me sentir mal, parece que os dias estão mais cansativos, menos coloridos e mais doloridos. Hoje eu não vejo razão para continuar a não ser minha mãe que amo muito e é só por isso que ainda estou aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se você conhece grupo de Neuróticos anônimos, entre na internet, e com certeza irá encontrar em sua cidade, um desses grupos, se não tem, informe-se como faria para começar um. Boa sorte

      Excluir
  12. Tambem estou muito mau estou pedindo ajuda pra Deus em nome de Jesus e sei que ele vira me socorrer, fe em Deus meus amigos pois Jesus nos ama muito.

    ResponderExcluir
  13. Estou cansado de estar vivo, poderia mto bem pegar meu dinheiro e viajar pelo mundo, mas nem isso eu tenho, sou jovem e sem idéia do q serei mais pra frente, tenho tudo oq não quero e quero tudo oq n tenho, como a liberdade mas liberdade é pouco oq eu quero não tem nome, as vezes queria tentar ser nada pra ver se sou alguma coisa. Uma das coisas q me vem a cabeça é morrer mas morrer de tanto viver, porém n sei por onde começar esse suicídio, é mto difícil pra mim, preso atrás das barras do bom senso e ameaçado por um revolver carregado de insanidades apontado à minha consciência. Agr oq me resta é "vegetar" rodeado de ignorância mas ao mesmo tempo na luta de manter minha insanidade sã o bastante para enganar-te com falsos sorrisos e contratos sociais. E após este devaneio, sinta-se à vontade para me ignorar, sempre tive um dom para o caso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não desiste não,hoje venho te falar de um Deus tremendo que te ama e quer transformar tua vida,apenas creia e Ele pelejara por vos,leia João 3:16,que a paz e a graca de Jesus Cristo esteja convosco hoje e sempre amem Jesus te ama e eu também. Maranata

      Excluir
    2. Procure na internet, grupo de neuróticos anônimos, quem sabe seja um caminho.....boa sorte

      Excluir
  14. Que Belo Mundo não ate os QuerroMorrer.com No Fim so querel Agradar a nossa Sociedade Falsa Hipocricia dos 2 Lados da Moeda Sempre Parese que aouto Aceitasao no Mundo ta em Falta Fasça o Minimo da Vida SEJA VOCE MESMO SO GOSTE DO QUE VOCE AMA E MESMO COM CARA DE RAVENA Tintans se AME da pra ser Feliz sendo infeliz Rsrsrs kkk Não vou jugar voce so não crusa meo camilho se for Gatinha ou fai faze o que na moda sempre e SEJA infeliz seja infeliz Eu Sou Saimon Fenix Saimon Fenix Face.You tuba. meo Pervio e Feike Mas eu não me escondo Da pra senti a energia Negativa Saindo da Tela um Depre de dar Mal Gosto na Lingua voce gosto legar não gosto Gostoei tambem de voce me divertio por 3 segundos não sei escreve bem kkk que novidade não. Cade o Coelho que tava aqui fala um fiscio mas não quero atesao não uso Celular. Quenstion Justiça Nois salmos Anonimos kkk foi mal não ressisti Seja Feliz ate fim mesmo que pela sua voltade seja o fim. Jake

    ResponderExcluir
  15. Os dias são cada vez mais tristes minha vida a cada dia mais em preto e branco não vejo o dia e nada nada me preenche nada tira essa sensação de vazio cada dia é mais monótona e mais sem graça eu rezo todas as noites para minha vida tenha um fim Sem Dor sofrimento apenas uma sensação de paz.

    ResponderExcluir
  16. As soluções para tal ação não faz com que a realidade seja diferente.

    ResponderExcluir
  17. Ei !não desistam de viver não faca isso por mais que seja difícil Jesus ama demais cada um de vcs,peça ajuda a Deus pois só Ele é nosso socorro bem presente na angustia pelo que não temeremos já passei por isso e venci em nome de Jesus,cada um de vcs também vai vencer não desista vou orar por cada um e em nome de Jesus vcs irão vencer e terão suas vidas transformadas em nome de Jesus,a Paz a verdadeira paz só Jesus Cristo pode nos dar,não desista VC não esta sozinho Deus peleja por ti e mesmo que VC não veja Ele esta ao seu lado somente esperando VC abrir o coração para Ele fazer morada,clama por Jesus e Ele responderá, meus amados leiam João 3:16.Fiquem com a graça e com a paz do nosso Senhor Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não que eu não acredite em jesus, ou algo do tipo, mas suas palavras podem ferir mais do que ajudam me desculpe

      Excluir
  18. Tenho 17 anos, bom, quase 18. Às vezes passo por certas complicações e fico com esse sentimento, sabe ?! Quando penso em suicídio me parece que vai sair um peso das minhas costas, isso acontece desde meus 15 anos e meio. Sofro muito terror psicológico, tenho uma mente fraca que se abala muito fácil, mas, das pessoas próximas, como namorado por exemplo. Já pesquisei formas de me matar, já quis e sinto esse sentimento que pra mim parece uma "libertação". Eu nunca descobri uma forma eficaz e definitiva de como fazer isso e, para aliviar a pressão e todo esse sentimento eu me corto, principalmente nos pulsos, tanto que há marcas..
    Queria muito receber ajuda, ter alguem pra quem contar de verdade mas sinto que a pessoa mais próxima de mim não se importa, acha que é uma atitude covarde e fraca mas não mede palavras na hora de me botar pra baixo.. Sinto que as coisas só iriam ficar melhor quando eu morresse e as pessoas ficassem em paz, me acho e na verdade sou um estorvo! E me pergunto por que eu fui nascer ?
    Bom, isso é só um desabafo mesmo por não ter com quem possa me abrir totalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me sinto exatamente assim. Me pergunto pq não morri no lugar da minha irmã. Ela seria muito mais feliz e amada

      Excluir
  19. Tb tive esses pensamentos qdo mais novo. Hj sou um homem feliz e bem sucedido. Se quiserem, podemos conversar. Abçs a tds.

    ResponderExcluir
  20. Eu sinto vontade todos os dias de não mais existir. Por que minha mãe não me abortou ? ela preferiu me colocar no mundo pra sofrer , em toda minha vida não houve um dia se quer que eu estivesse feliz ou que algo desse certo.
    aos longos dos meus 27 anos é só miséria , desgraça , problemas.
    meu pai é álcoolatra, minha mãe uma louca sem noção que passa o dia vagabundo, preguiçosa, meu irmão esta preso , é bandido ...
    minha irmã é viciada e a outra é depressiva.
    eu tenho que trabalhar pra pagar uma casa pra suster tudo , pra não morarem na rua porque já foram despejados 2 vozes.
    Não vejo mais sentindo pra mim, não aguento a vergonha, a carga e os problemas.
    É de mais pra mim.
    :'(

    ResponderExcluir
  21. Eu sinto um vazio tao profundo que chega a doer, todo dia me corto e sinto mais raiva ainda quando me olho, minha casa é um inferno meus pais só brigam, uma vez uma vizinha comentou com o meu pai sobre mim e ele simplesmente disse que so queria chamar atenção. Minha dor e real embora ninguem me entenda

    ResponderExcluir
  22. Tenho 13 anos, e ja pensei em cometer suicidio.
    Meus pais nao me compreendem e sou filha unica, nao há razao para continuar
    viva.
    Nao sinto nada na maior parte do tempo.
    Mas sou covarde.
    Tenho medo de me matar.
    Mesmo assim a ideia vive em minha cabeça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso nisso ha muito tempo, mas também nunca tive coragem ate hj. Me sinto fracassada

      Excluir
  23. Sou casado com uma mulher que me trai. Uma filha me odeia. Todo o meu salário serve para pagar contas que não são minhas. Odeio minha vida. Aos quarenta, nada que eu sonhei se realizou. Quero me morrer. Amigos meus já se mataram. Como trabalho armado, as vezes olho para a minha pt e penso em me matar. Daí, lembro que minha outra filha iria ficar triste, e que ela não receberia o meu seguro de vida. Não sei se vou suportar viver por mais tempo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônimo. Minha história se parece com a sua, mas no caso eu sou a filha que o pai acha que o odeia. Toda a minha vida foi praticamente anulada, sinto falta constantemente de ser entendida, de ser aceita; sinto dificuldades para lutar e viver, para lutar pelas minhas vontades. Sou como uma morta viva vivendo no anonimato, num mundo só meu. Não tenho ninguém que se importe o bastante comigo.

      Então anônimo, tudo o que eu gostaria era que meu pai parasse de pensar que eu o odeio, e se aproximasse de mim. Demonstrasse o quanto ele se importa comigo, e me ama. Eu já não tenho mais forças pra lutar por esse relacionamento de pai e filha, que por motivos fúteis acabou, tudo o que eu tentei foi em vão e só queria ele tentasse um pouco mais e se abrisse comigo. .. Anônimo, busque dentro de você algo para viver e lutar, corra atrás da sua família, da sua filha que talvez precise de você tanto o quanto eu preciso do meu pai. Dói não ter ninguém. Dói não ter pra onde correr. Dói não ser reconhecido, eu sei! Mas a morte não é uma alternativa. Vamos lutar, vamos vencer. Espero que volte aqui e leia o que eu escrevi, ou não volte e esteja feliz.

      Você vai suportar, não pense na sua pt, lembre - se: a morte não é uma alternativa, e pessoas sofrerão com a sua ida.

      Excluir
  24. Dica rapida para não se matar: Faça ginastica, procure um psiquiatra e boa sorte!

    ResponderExcluir
  25. Eu quero morrer. É tão difícil respeitar isso? É tão difícil? É tão difícil resistir a dar conselhos? Eu quero morrer porque não tem mais saída para a minha vida. É tão difícil acreditar no que eu digo, ao invés de começar o blábláblá de "a vida é bela" isso, de "Deus" aquilo? É tão difícil? Se eu, que sinto a experiência de não ver saída, estou dizendo que não tem saída, qual é a dificuldade de entenderem isso? Por que ficam insistindo em dizer que tem, quando eu estou dizendo que não tem? De novo: é tão difícil respeitar? É tão difícil assim?

    ResponderExcluir
  26. Tenho 16 anos, e não é a primeira e nem segunda vez que me vejo diante dessa situação... Já tentei o suicidio duas vezes, e diante da segunda tentativa fracassada, tentei buscar ajuda, falar com minha família, porém só recebi pouco caso e humilhação... Eu tentei, eu juro que tentei ser forte, fingir que nada acontecia, tentei ver o lado bom de tudo, mas não dá mais. Todos os dias me afogo em qualquer distração que seja pra fugir do meu mundo real, repito pra mim mesma que isso vai passar, mas não passa. Mesmo em outras atividades, não consigo mais me concentrar, a todo momento me pego com os olhos cheios de lágrimas e o pensamento vagando por aí. Sofro muito com a depressão e crises de ansiedade, isso está acabando comigo, me matando as poucos. Se eu não morrer pelas minhas próprias mãos, certamente morrerei de tristeza. Já passei dois meses de cama, sem conseguir levantar, com minha cabeça girando, com aquela sensação de tudo ser irreal, torcendo a cada segundo para tudo não passar de um sonho ruim. Me sinto cada dia mais fraca, sem vontade ou forças para fazer qualquer coisa.,, Penso que cada dia, cada minuto, pode ser o último, tudo depende de quando irei surtar novamente, e acho que isso está bem próximo de acontecer...

    ResponderExcluir
  27. Pq eu n consigo morrer?...Depois de 5x de tentativas frustradas e nada de nada.Me sinto cada vez mais fraca.Tentar como? Agir de que maneira? Usar o que? Ja bebi e tomei medicamentos,tomei so medicamentos,testei muita coisa e nada de conseguir. Pq?Temos alternativas como enforcamento,queimaduras,cortar a jugurar,com armas de fogo,agua sanitaria, venenos,afogamentos e etc....a n seer q vc se arrependa e queira se tratar procure um bom psiquiatra e se interne numa clinica.Onde eu moro n tem dessas clinicas especializadas para depressivos.
    Depois de tudo isso eu ja pensei em tudo o que foi possivel e impossivel.As pessoas so acham q eh so chamar atençao,....elas n vem q eh uma dor quase mortal de tirar o coraçao.Viver assim nao dá mais.Nao acredito em nda.
    Entao se for criticar esqueçam os deuses.

    ResponderExcluir
  28. Penso em me matar a muitos anos, tentei uma vez, engoli todos os tipos de remédios que tinha guardado e fui dormir,nem demorou muito para conseguir dormir, mas não aconteceu nada, tenho medo da dor, de morrer e continuar sentindo aquela dor ou não morrer, se não fosse por isso eu ja não estaria aqui, quando penso em me matar, me vem um leve desespero, como se estivesse em um vazio, sem nada além da minha confidencia, mas quando penso que posso renascer em um mundo novo, que seja mais divertido e que eu consiga me encaixar, eu consigo relaxar, mas por pouco tempo, fico triste e choro, porque percebo que sou um covarde que nem consegue tentar ir atrás de um sonho absurdo e tão fácil como se matar,Sou um covarde, um fraco,totalmente desajustado, sem ninguém para me consolar, nem para me fazer enxergar um possível caminho cheio de flores sem precisar me sacrificar, mas se não fosse por isso, eu não pensaria em me matar ... que ironia, Sou covarde demais para seguir em frente, mas sou covarde demais para me matar XD KKKKK ............

    ResponderExcluir
  29. E quando há saída, a varias opções, varias portas, mas, simplesmente a palavra "Sentido" já não tem sentido, não a simplesmente a vontade de viver, é como se a vida tivesse perdido a graça, se tornando algo incomodo e inconveniente, horas, dias , meses se passam sem nenhuma razão ou progresso... uma vida vazia, sem objetivo...

    ResponderExcluir
  30. Desde os 13,14 anos comecei a ter depressão, hoje tenho 23 anos, hoje reflito que toda está merda começou na minha vida pq desde pequeno não tive muito contato no convívio social, logo os sintomas vieram por pequenas frustrações e bulling escolar, me sentia um nada, me sentia a pior coisa do mundo, para piorar me sentia perseguido por demônios, mal dormia a noite, cheguei a oferecer minha alma ao diabo em vão, nunca tive país presentes, alem de ausentes são burros, tudo de ruim começou quando fui assaltado, o objeto era besteira mas foi traumático, antes mesmo desse ocorrido já sofria com isolamento social, depois disso piorou, já cheguei a não ter ninguém como amigo, estava completamente só, ficava 24 hrs dentro de casa, não comia direito, era desprezível , isso durou até 2009 no estado extremo, depois disso consegui melhorar sozinho sem ajuda de ninguém, hoje em dia contínuo com depressão só que moderada ,ou seja , a mais de 10 anos penso em me matar , mas tbm tenho a certeza de que não é o caminho certo, meu estado de depressão teve duas fases, na adolescência e depois que terminei o ensino médio e não consegui aprovação no vestibular, só que fora a depressão nunca me senti ao útil nesse mundo , sempre pensava em ir para um lugar melhor , a vontade de não ter sequer nascido era imensa, eu bem queria escrever todos meus casos de angústia e sofrimento, seria muito tempo, qualquer um que está aqui pesquisou algo relacionado a morte, hoje estou aqui em uma tarde de sábado onde acordei meio dia pq fui dormir 3 da madrugada com conflitos de pensamento, almocei ee voltei a deitar sem nenhuma perspectiva do amanhã, só sei que contínuo amante de um mundo melhor para minha alma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. todo mundo diz que a mudança começa de dentro pra fora. nem sempre! as vezes é preciso que algo aconteça pra despertar a mudança interna.

      Excluir
    2. Anônimo de postagem 10 de outubro.
      Tenho uma certeza que sua vida pode mudar pra melhor.
      Passei mais de 20 anos preso a este sentimento de querer morrer,de dor,de solidão, sem sentido.......hj eu quero mais é viver.....minha vida foi restaurada.
      Por isto estou aqui pra falar e garantir pra vcs que morte não acaba com sofrimento.....a vida sim.
      Meu zap 81996857050

      Excluir
  31. Como posso postar aqui no site a minha história?

    ResponderExcluir
  32. vivo ou nem vivo mas ,eu sair do serviço e hoje eu consigo arrumar mas nada estou em uma zona de confronto ,só como e fico deitada ,hoje estou pesando 180,kilos ,não sei mas o que fazer ,

    ResponderExcluir
  33. É complicado... Eu tenho só 15 anos e assim tão nova já não vejo mais uma solução pra mim. É uma dor tão grande, são tantos problemas... O pior é ver os dias se passando e passando cada vez mais rápidos e você não poder fazer mais nada, pois já tentou de tudo e não tem mais forças pra muita coisa. Demonstrar que está bem, sendo que não está, esperar algo que nunca vai acontecer... É uma dor tão grande, é um desespero que não acaba mais. É uma angustia enorme! Se ver sozinha e sem solução, sem nenhuma luz sendo tão nova. Eu realmente não sei mais o que fazer... Se alguém quiser conversar comigo, vou deixar meu número, nunca fiz isso mas vou deixar: 47 96541691.

    ResponderExcluir
  34. Sou solitário, estou sendo desprezado pela minha esposa. Fracassei nos negócios... Não aguente mais viver. Preciso de ajuda...

    ResponderExcluir
  35. Poxa... Li quase todas as postagens e fiquei impressionado quantas pessoas se identificam com os pensamentos da outras. Cheguei até este site pois minha irmã está com uma linha de raciocínio bem semelhante dos que li aqui hj, mas diferente desses, minha família está bem próxima tentando ajudá-la, ela faz terapia medicamentosa e psicanálise. Apesar do passado difícil, pois perdemos nossa mãe quando tínhamos 9 anos (somos gêmeos), tento buscar, estar aberto a oportunidades de crescimento, me jogo nos eventos que sei q irão me ajudar de alguma forma. Digo a ela q se ela lê, trabalha se assiste vídeo de motivação elas os faz pouco, deveria fazer mais, não entendo como poderia se sentir ofendida por isso. Às vezes acho q isso acontece porque poupamos ela sempre amenizando em um sermão talvez ou mimando de alguma forma, mas o que vcs precisam ver é q realmente a vida é maravilhosa, que pouco acontece como a gente quer é isso bom, descobrir o verdadeiro sentido da renúncia, isso nos torna mais puros, mais sensíveis, mais íntegros. Que Deus abençoe cada um de vcs, busquem na net vídeos de motivação, tentem compreender q nossos pais dão o que podem, que eles são seres humanos e também erram, mas erram tentando acertar, vamos nos colocar no lugar do outro, principalmente das pessoas às quais temos mágoas e esperamos algo q elas não podem dar.

    ResponderExcluir
  36. Nao sinto mais vontade de viver , des dos 18 anos penso em tirar minha vida pois nunca signiquei nada para ninguém .hoje eu tenho 23 anos e Tenho medo de matar , medo de decepcionar quem está a minha volta só que esse medo só me prejudica mais e aumenta ainda mais a ferida aberta , a única solução que vejo é tirando minha própria vida e parar de sofrer tudo o que venho carregando a anos, pois até hoje não conseguir ser ninguém na vida e nunca fui motivo para os outros se orgulhar em de mim.
    Não vejo mais saída.

    ResponderExcluir
  37. Acho que hoje é meu ultimo dia de vida...

    ResponderExcluir
  38. oi...
    eu tenho 17 anos. venho pensando em diversas maneiras de cometer o suicídio em diversas maneiras de acabar com a minha dor... já planejei tudo... só espero que a minha família fique bem, nada vai mudar a minha decisão... minha vida não deveria ter tomado esse rumo.

    ResponderExcluir
  39. oi...
    decidi que não vale mais apena viver, lutar... cansei, se com 17 anos as coisas estão desse jeito para mim imagina com 20 anos...francamente não aguento mais, minguem me entende, eu não quero que me consolem muito menos que me digam que é apenas uma fase e que tudo vai passar, porque eu sei que é tudo mentira só eu sei o quanto e dolorido acordar todos os dias e se perguntar porque eu ainda estou viva, é difícil todos os dias acordar sedo para ir para a escola e no caminho se perguntar do porque de tanto esforço para chegar já que eu nem vou prestar atenção, cansei de agradar os outros, cansei de tudo e de todos, já perdi as contas de quantas vezes que pedi para Deus acadar com o meu sofrimento mais ele não me escultou, eu já não vejo outra saída vou ter que resolver esse problema eu mesma... só espero que todos que eu conheço um dia me esqueça.

    ResponderExcluir
  40. Não queria me matar só queria ter uma chance de fazer as coisas certas , minha adolescência tá acabando e eu não sounem perto a pessoa que eu queria ser , o pior é que parece tão fácil , deis de quando eu tinha uns 12 anos todo muno vive essa poera eu já tive tantas chances , fui burro e estou pagando , só que é um efeito domino se vc não é vc não vai ser , vc tem que ser pra conseguir ser , eu não quero ser o zuado da banca em todas as bancas que eu passei até hj , tava tão bom até pouco tempo atrás eu dei mi di novo . É foda acordar sabeno oq me espera , sabeno quem eu sou e quem eu não sou , só queria nao ter que passar por isso amanhã , , não ter qUE ver tudo e fingir que estou feliz , eu sou uma peça do quebra cabeça que só se encaixa na kkk inca família

    ResponderExcluir
  41. Tenho 22 anos. Sou filho único e gay dentro do armário. Não vejo motivos para continuar a viver... na verdade, agora estou apenas a sobreviver. Parece que vivi séculos, que não ha nada mais para se ver, conhecer, e o que ha de novo não me interessa. Não é falta de amor ou atenção da familia. Nem eu sei o porquê. Vejo as pessoas muito superficiais, dissimuladas. Uma obrigação em ter que falar, opinar, conversar, dar satisfação do que faz ou não. Não tenho paciência para relações interpessoais, e se faço, é unicamente por interesse. Não consigo desenvolver e nem busco criar laços afetivos. Ninguém é confiável para mim. Quando digo isso me refiro também a pessoas da familia. A morte é a solução sim, mas tenho medo do inferno para onde iria ao tirar minha própria vida. Então permaneço aqui, contando os dias ate completar uns 65 anos, que é quando os homens normalmente morreram.

    ResponderExcluir
  42. As vezes já nem queremos mais ajuda, apenas uma pessoa para desabafar e conversar. Tenho só 13 anos, comecei a sofrer Bullying em 2014 por um motivo tão idiota: Não dar atenção para um garoto que gostava de mim.

    Ele me chamava de várias coisas. Me xingava, colocava o nome dos meu familiares em coisas e não tinham nada a ver e como era o popular da escola, todos faziam o mesmo. Uma vez me falaram que "pessoas merecem segunda chance" eu dei uma segunda chance e o que aconteceu? As coisas apenas pioraram. Meus pais se separaram, minha vó (por parte de pai) e meu vô (por parte de mãe) morreram e eles eram os únicos mais próximos de mim na família. Por conta de tudo isso acabei descontando minha tristeza e raiva na comida e acabei engordando, e para eles, isso se tornou mais um motivo para rirem de mim. No mesmo ano, tentei minha primeira tentativa de suicídio, meus familiares não quiseram acreditar e preferiram achar que era só para chamar atenção. Eu pedi estava tentando pedir ajuda para eles, mas eles só viam o que queriam ver. Desenvolvi bulimia, auto-mutilação e desejo extremo de morrer. Em 2015 tudo piorou ainda mais. Minhas notas caíram, eu faltava muito e foi nesse mesmo ano que pintei meu cabelo de uma cor diferente (Avril Lavigne 2004) E isso foi mais um motivo de piada. Um ano depois eu mudei de escola, pensei que as coisas iriam mudar, mas descobri que falavam mal de mim pelas costas. Me chamavam de Esquisita, feia, chupa-sangue, filha do capeta (só pq me vestia apenas de preto) Encontraram uma foto antiga minha (em que eu estava acima do peso) e então começaram a me chamar de rolha de poço, chupeta de baleia, baleia assassina. E quando eu me levantava para perguntar para professora algo sempre tinha alguém que gritava "Que menina gorda" E por conta disso parei de tirar minhas dúvidas de matéria com os professores, minhas notas caíram ainda mais e aqui estou eu, tentando não repetir de ano.

    Esse ano, tentei me matar novamente, mas minha mãe conseguiu me levar ao hospital a tempo. Eu só queria estar desmaiada quando está lá para não ouvir aqueles idiota de médicos dizendo "Por que você tentou se matar pequena? Você não acha que é muito nova para isso?" "Olha a sua idade" "Isso não é coisa que pessoas da sua idade fazem" "Na sua idade eu brincava de boneca" eles me tratavam como se eu fosse um bebê, como se só porque sou nova não deveria tentar me matar. Eu só queria estar morta, não aguento mais isso. E o pior, todos ainda acham que eu faço isso para chamar a atenção.

    ResponderExcluir
  43. Pode parecer doentiu mas sinto falta inveja dessas pessoas que sofrem acidente de carro e morrem instantaneamente, pessoas jovens assim como eu, fico pensando porque não fui no lugar delas...
    Se chegassem em mim num assalto com arma de fogo, eu não entregaria meus pertences de propósito só pro bandido me matar. Eu odeio viver, não gosto da vida, não dou valor pra nada, cortei contato com todo mundo porque peguei raiva das pessoas.
    Ou até se eu tivesse um câncer ou uma doença terminal eu morreria mais rápido, não faria o minimo de esforço pra continuar minha vida, não aceitaria tratamento e pelo menos teria uma justificativa plausível pra me matar.

    ResponderExcluir
  44. Eu preciso de ajuda, tenho 17 anos e já pensei várias vezes em me matar, uma vez eu quase tentei mas não tive coragem, me ajudem por favor eu não aguento mais viver.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.