Recentes :

O PONTO NEGRO

Circula pela internet um texto de inspiração religiosa, e cuja autoria não consegui apurar, que trata com delicadeza a questão de como vemos a vida, de como encaramos os problemas e, por fim, de como esta postura afeta toda nossa relação com as pessoas, com as coisas e nosso bem ou mal estar. Na reprodução abaixo decidi manter o texto com sua redação original, mas peço que leia com "boa vontade", abstraindo o fundo religioso e até a palavra "Deus". Isto, para nós, não importa.

Quero apenas que preste atenção na idéia e pense se não é exatamente assim que vê as coisas. Há algum tempo, lendo uma crônica semelhante, que falava de bolas de uma árvore de Natal, cheguei à mesma conclusão do texto e percebi que valorizava tudo o que havia de negativo, que menosprezava as conquistas e fertilizava minha infelicidade. Decidi mudar e, pelo menos pra mim, deu certo. Espero que goste.

* * *

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago. Todos se sentiram assustados com o teste que viria. 

O professor entregou então, a folha com a prova virada para baixo, como era de costume... 

Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro no meio da folha. 

O professor analisando a expressão surpresa de todos, disse: - Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo. 

Todos os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa. Terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta. 

Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações por sua presença no centro da folha. 

Após ler todas, a sala em silencio, ele disse: - Esse teste não será para nota, apenas serve de aprendizado para todos nós. 

Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro. Assim acontece em nossas vidas. Temos uma folha em branco inteira para observar, aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.

A vida é um presente de Deus dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado. Temos motivos pra comemorar sempre. A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá sustento, os milagres que diariamente presenciamos. 

No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro. O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um familiar, a decepção com um amigo. Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente. 

Tire os olhos dos pontos negros da sua vida. Aproveite cada benção, cada momento que Deus lhe dá. Creia que o choro pode durar até o anoitecer, mas a alegria logo vem no amanhecer.

Tenha essa certeza, tranquilize-se e seja feliz!!!

A partir de sugestão de J.R.M. (Comunidade Quero Morrer)
Compartilhe no Google Plus

Nota : João Casmurro

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Curiosamente, textos como esse não chama atenção suficiente pra haver comentários... Pois então, eis o primeiro aqui!
    Penso dessa forma, mto melhor pra nós próprios olhar tudo a nossa volta com olhar d otimismo, do que fixar no problema tal. Ponto.
    Mas...é claro, que há dias, que nos é dificil demais deixar de olhar pro tal ponto negro de nossa vida. E aí? O que fazer?? Considero super válido, viver esse momento. Refletir, chorar, se perguntar, talvez mostrar ira pra umas pessoas..tudo é válido. O que não podemos é viver dias e dias seguidos assim. O corpo acustuma. Além da alma estar doente, o corpo tbm pode ficar.
    Mtos que aqui estão, tem a ideia de que doentes será mais fácil morrer. Será!??
    Vamos nos cuidar gente!!
    Alimente suas vidas com palavras, sentimentos de esperança e otimismo.
    Remoer coisas ruim, está adiantando em quê??
    Realmente gostam de ficar assim?
    Seja como for...o melhor pra todos nós!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.