Recentes :

SOU UM SUICIDA DESDE A INFÂNCIA'

"Sou um suicida desde a infância, mas naquela época não percebia isso. Quando algo não dava certo, tomava Dramim para poder dormir e não ter que encarar os problemas de frente. Desde muito pequeno, nunca encarei as coisas de frente (sempre fugi).

Meus pais sempre me super-protegeram e acredito que isso é que me tornou emocionalmente invalido. Invalido sim pois não tenho capacidade para lutar por meus sonhos e para enfrentar as dificuldades da vida. Eles resolviam meus problemas e, por isso, acho que não aprendi a resolver.

Tenho a sensação que a maneira como fui educado na minha infância determinaram a porcaria que sou hoje. Porcaria que - por infinitas vezes tentei superar. Mas, quando me vejo, repito sempre o mesmo comportamento.

Minha primeira tentativa de suicídio foi ainda aos 17 anos, quando percebi que não conseguiria passar no vestibular de medicina. Sonhava ser medico, mas sempre estudei em escolas ruins que jamais me deram uma base boa de ensino. E, quando fui estudar para o 'vestiba', percebi que não tinha capacidade para passar no vestibular de medicina (pois não entendia nada do que os professores falavam no cursinho). Ate tentava estudar, mas tinha dificuldades em entender a aprender aquilo que era ensinado no cursinho.

No més de agosto, quando percebi que não passaria no 'vestiba' de medicina, tentei o suicídio (de modo ridículo e ineficaz), mas tentei. Minha primeira tentativa de suicídio foi realizada com a ingestão de 20 comprimidos de Dramim (imaginei que a dose era tao grande que seria impossível eu acordar).

Lembro, como se fosse hoje, que acordei cambaleante uns 2 dias depois e fiquei frustrado, porque não tinha conseguido morrer. Minha família nunca soube dessa minha tentativa pois eu morava só, e havia dito que iria viajar para a chácara de um amigo - e naquela época não existiam celulares.

Aos 18 anos fiquei diabético. Fiquei feliz com tal fato pois isso me permitiria morrer. Resolvi então deixar de tomar insulina.  Fui para o hospital infinitas vezes e sempre me faziam sobreviver (as pessoas não imaginavam que eu deixava de tomar insulina com o objetivo de morrer - sequer imaginavam que eu deixava de tomar insulina). AS pessoas achavam que eu era revoltado por ser diabético (nunca fui revoltado por ser diabético). Era revoltado por ter de viver e de não conseguir lutar pelos meus sonhos. Morrer seria bem mais fácil.

Assim que descobri que não morreria por não tomar insulina, resolvi morrer tomando insulina. Tomei uma overdose de insulina (10.000 unidades de insulina). Infelizmente um infeliz de um parente foi me visitar e me pegou inconsciente em casa. Ligou para o resgate e eles conseguiram, depois de muitas tentativas, me acordar. Fui para a UTI e fiquei la, mais de uma semana tomando glicose na veia ate que toda a insulina deixasse de fazer efeito. Durante uma semana tomeis glicose sem que fosse necessário tomar insulina. Até hoje amaldiçoo esse meu parente intrometido que me impediu de realizar meu sonho (que é morrer).

Acabei não conseguindo passar em medicina e então resolvi fazer vestibular para outro curso. Virei advogado e tentei estudar para o Ministério Público (mas não consegui perseverar nestes estudos - como não consigo perseverar em nada). Sou um absoluto fracasso. Não sei porque as pessoas insistem em querer que eu viva, se eu não quero viver.
Já fui casado, mas não quis ter filhos e isso fez com que acabasse me separando.

Como posso por alguém nesse mundo se acho que viver não vale de nada? Apenas colocarei alguém para sofrer.

Penso em tentar me matar novamente. Escrevo aqui para dizer que quero morrer e que não existe pessoa ou fato que me faça desistir desse meu objetivo. Sou um fracasso e a única coisa boa e útil (para mim e para a humanidade) que vislumbro é o fim de minha vida. Quero morrer! Preciso morrer! Desejo apenas morrer! Algo que vai acontecer com todas as pessoas do mundo!" 
Depoimento anônimo em Suicídio: Viver vale a pena?

  * * *

A professora Regina Reis, coordenadora do Projeto Ansiedade e Depressão na Infância e Adolescência (Proadia), ligado ao Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Instituto de Saúde da Comunidade (CCM) da Universidade Federal Fluminense (UFF), é especialista em diagnósticos e tratamento de depressão na infância e recentemente, no Rio de Janeiro, participou de um simpósio sobre suicídio infantil e adolescente.

Segundo ela, "a
 taxa de suicídio vem aumentando progressivamente nas últimas quatro décadas e, nos Estados Unidos, já é a 4ª causa de morte em crianças de 10 a 15 anos e a 3ª causa entre jovens de 15 a 25 anos". A psiquiatra observa que os principais fatores de risco para o suicídio infantil e adolescente são: a depressão, o fato de ser do sexo feminino, o abuso de drogas ou álcool, situações psicosociais recentes (como a mudança de escola e casa ou a separação dos pais e o fim de um namoro), baixa auto-estima, acesso a armas de fogo, tentativas anteriores de se matar e a ausência de tratamento psicológico após a primeira tentativa.

O número de tentativas de suicídio é muito maior entre o sexo feminino e, diferentemente dos homens que em geral apresentam apenas uma tentativa, “as mulheres passam mais tempo durante a vida planejando a própria morte”, afirma Regina, acrescentando que mesmo que a criança não tenha acesso a armas de fogo, a sua convivência cotidiana com elas constitui uma área de risco que facilita a idealização do suicídio. “As principais tentativas entre crianças e jovens acontecem por armas de fogo, enforcamento e super-dosagem de drogas e medicamentos”, disse.

Os pais devem estar atentos para os indícios da possibilidade do suicídio de seus filhos.  Dentre os fatores que o pronunciam estão a tristeza freqüente, o desespero, a fácil irritabilidade e a manifestação do desejo de estar morto. Nem sempre esses sintomas são nítidos nas crianças. A depressão, a causa mais comum do suicídio, não é tão facilmente identificável na infância como é na vida adulta. “Nem sempre a tristeza é aparente e por isso é importante observar se há na criança a perda de interesse pelas atividades que habitualmente eram interessantes e um aborrecimento ou falta de ânimo diante das atividades de recreação”, resume.

"É muito comum que jovens que pretendem o suicídio distribuam pertences seus entre amigos e familiares ou escrevam cartas e bilhetes aos mais próximos. Frases como ‘Eu sou um peso para vocês’ e ‘Eu nunca vou ser feliz’ também são freqüentes em casos de suicidas em potencial",  esclarece Regina. Logo após a tentativa de morte, a criança ou o jovem deve ficar hospitalizado por um período mínimo de 48 horas, em que estará sob observação e recebendo tratamento farmacológico. Passada a internação o correto é encaminhar a pessoa para um ambulatório de psiquiatria infantil e adolescente onde ela receberá o tratamento adequado que deverá ser continuado.

A grande maioria das depressões em adolescentes e crianças, de acordo com a especialista, pode ser superada e controlada pela intervenção ambulatorial e através do apoio familiar e da escola, evitando chegar ao estágio de suicídio. Em muitos casos, a tentativa de suicídio infantil não é levada a sério, é vista como forma de chamar atenção e deixada de lado pelos pais e familiares que não provêm à criança a assistência psicológica necessária. ”O mito de que as crianças não cometem suicídio impede que o psiquiatra investigue essa condição clínica e atrasa o começo do tratamento”, concluiu Regina. (saiba mais)
Compartilhe no Google Plus

Nota : Editor

Volte sempre.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

68 comentários:

  1. Você já se perguntou, se por acaso, o fato de ser suicida desde criança, já não lhe acompanha antes da sua vida??? Você já se perguntou as coisas dão errado para você só para que você supere o desejo de se matar???

    Sou médium e espírita, acredite, você só está encarnado para superar a vontade de morrer que você tem e que lhe acompanha de outras encarnações, de três encarnações para cá você vem se matando toda vez que encarna, já se passaram 380 anos e você não superou isso e talvez seja necessário você encarnar mais umas 10 ou 20 vezes, será que você não quer pôr um fim nisso??? A cada encarnação nosso espírito tem de enfrentar um mundo diferente do que conhecia, nosso mundo está mudando muito rápido, e chegará um tempo em que será difícil para sobreviver, quem dirá enfrentar os problemas e conseguir superar os carmas que nos acompanham...

    Leia todos os livros espíritas que puder, frequente centros espíritas e procure saber se o que estou dizendo não é verdade...

    Sei que você só escreveu este post porque seu mentor espiritual, anjo da guarda, guia, ou como queira chamar, falou à tua alma e como tentativa de resgate fez com que tua mente pensasse que impediria as pessoas de te ajudarem... Mas, tu terá grandes conquistas e sonhos realizados, que lhe trarão grandes alegrias, se conseguires superar esse carma... Basta desejar viver, ter fé, e amar o teu próximo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahnnnnnn, não,
      vou comprar um 38 e estourar meus malditos miolos!
      :)

      Excluir
    2. Não vai. Não vai comprar um .38. Esqueceu que vivemos num país onde até armas de brinquedo, de plástico colorido e transparente são proibidas e que depois da proibição de venda de armas para pessoas com ficha limpa os homicídios com armas de fogo...dimin...digo, cresceram muito mais e a violência aumentou para a alegria da dona Maria do Rosário? Melhor comprar uma faca. E rápido, antes que proibam facas também.

      Excluir
  2. BASTA desejar viver???? Se ele não deseja viver, como é que BASTA desejar viver?!?!?!

    Ter fé???? Amar o próximo.....

    Se ele tivesse tudo isso não iria desejar morrer.

    As vezes as pessoas são ..... ridículas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falou tudo o cara aqui ^ ,
      se a pessoa realmente está suicida,
      simplesmente dizer á ela que ela
      deve sentir/pensar/ver oque não consegue
      não ajuda em nada.

      Excluir
  3. Aguenta cara,


    To na mesma situação que você. Com a diferença de que nunca tentei me matar ainda. Não quero ser apontada como a doidinha que tentou se matar. Vai ser uma vez só. Tem horas que penso na minha família, na minha irmã, nos meus sobrinhos, eles não merecem isso. Mas tem horas que não vejo outra saída.
    Se você conseguir não fazer isso, é melhor para todo mundo. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  4. Antes de ler sua declaração eu escrevi neste site que pais que não permitem que seus filhos lutem/batalhem por seus sonhos,ou seja, que superprotegem eles acabam criando filhos suicidas. Tudo o que você escreveu veio ao encontro do que escrevi (que não é baseado em minha vida, mas no que vejo e escuto no hospital psiquiátrico em que trabalho). Não posso revelar meu nome porque posso ser demitido (pois não sou médico, apenas enfermeiro) e trabalho na ala de suicidas. E a maioria deles declaram que os pais resolvem ou resolviam quando eram vivos a maior parte dos problemas dos filhos e eles se sentem incapazes de resolver seus problemas. Crianças e Jovens que não aprendem a lutar por seus sonhos desistem facilmente de seus sonhos, desejos quando surgem problemas. Se não aprendem a lutar por sonhos, como poderão lutar pela VIDA?

    ResponderExcluir
  5. Tiago Lopes! Como você pode afirmar que o autor do texto se matou nas últimas 3 vidas dele? E que já se passaram 380 anos (quer dizer que ele viveu mais de 100 anos em suas vidas, afinal 380 dividido por 3 é 126,6666?. E nas encarnações anteriores o que ele fez?).
    Não estou querendo te desafiar e também não desejo duvidar de você (afinal, não conheço nada que ultrapasse os limites da atual vida). Mas tenho curiosidade em saber como você conhece das outras vidas do autor que ele parece não conhecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não significa que ele passou todo esse tempo encarnado

      Excluir
  6. Me identifiquei muito com o autor desse texto. Parece que por mais que nós explicamos à uma outra pessoa o tamanho do nosso sofrimento, não relativo à viver em condições difíceis (até pq não é tao dificil assim quando se tem recursos internos para isso), mas sim sofrimento relativo à nossa própria pessoa, ao sentimento de incompreensão, de que somos inaceitáveis, fracassados, ridículos. Eu sinto isso, eu odeio quem eu sou, como eu penso, como eu ajo, e sempre tive dificuldade de me impor para qualquer coisa, especialmente de fazer amigos, porque considero que não mereço. Também fui superprotegida. Tentei sempre fazer tudo de forma perfeita pra me sentir aceita. Lutei muito até aqui. Tenho 20 anos, estudo psicologia faz 3 anos e meio, atingi um cargo importante onde trabalho, mas ainda não posso morar sozinha. Fico em casa presa às lembranças do meu passado tendo que conviver com pessoas que não me compreendem e me enxergam como uma pessoa doente, enquanto eu passo a vida buscando agradar a essas pessoas. Poderia falar muito mais, mas é muita coisa. Me sinto desanimada. Perdi um namorado que amei mais do que tudo, e perdi porque ele não aguentou mais o meu sofrimento, sempre causei mal a ele por estar proxima demais, estava dependente dele. Perdi minha melhor amiga, que se recusa a falar comigo, e esta eu não entendo exatamente o porque. Há anos que faço terapia, aprendi muita coisa, mas não é o suficiente. Perdi outro namorado que não durou um mês, ele disse que não gostava quando eu queria conversar porque ele se sentia desconfortavel, geralmente quando eu achava que estava dando minha opinião. Nunca fui compreendida em meus sentimentos, por ninguém, qualquer coisa que eu fosse dizer, se me sentia mal, o outro me invalidava, como se eu nao tivesse o direito de sentir aquilo, do tipo "ah isso não é nada. ah esquece isso. ah como pode tu se importar com uma coisa dessas" e as vezes, quando alguem da minha familia era injusto cmg ou me magoava e eu tentava explicar, a pessoa sempre se defendia, se vitimizava e fazia parecer que eu é quem estava errada por pensar aquilo. São 20 anos de intenso sofrimento, de não conseguir me sentir a vontade com ninguem, de me sentir sem personaliade, vazia, sem identidade, culpada toda hora por tudo. Eu estou buscando na internet um meio de acabar com a minha vida, e como a colega acima disse, tem de ser uma vez só de forma eficaz.

    ResponderExcluir
  7. Gostaria q tds q querem morrer..morressem!

    ResponderExcluir
  8. Tb sou uma suicida desde a infância e faço minhas as suas palavras. Seu depoimento tem muito a ver comigo.

    ResponderExcluir
  9. sou suicida...e neste momento quero morrer...so aparecer um problema q eu me desabo...so penso q tenho q ir embora pra sempre...

    ResponderExcluir
  10. O que dizer. Sinto o mesmo que muitos de vcs. Já planejei diversas vezes minha morte. Já pedi desesperadamente q Deus tivesse misericórdia e me levasse. Ao contrario do depoimento, tive pouca ajuda, tudo q consegui foi ralando muito, minha mãe tem transtorno bipolar e oscilava da agressão a depressão em segundos e tinha ataques de fúria por qualquer pequeno erro nosso, coisas de criança, mas ela acabava humilhando e magoou muito, o q até hoje tenho cicatrizes emocionais graves. Vejo casais com filhos, sei q tem problemas mas minhas amigas tinham relacionamentos tão saudáveis com suas mães. Morrer iria acabar com esse tormento emocional q vivo. Varias vezes já fugi para o sono, tomando algo q né desse 12h de sono para poder fugir desse mundo. Uma psicóloga me disse certa vez que eu era muito sensível e realmente issoe atormenta. O pior e ouvir " pense positivo", só vc pode mudar isso, tenha hobbie, isso e da sua cabeça... Como se eu quisesse ser assim. Queria ser como essas mulheres q onde chegam irradiam alegria, mas o mundo e tão cruel que não consigo esquecer das misérias q vejo e simplesmente ignorar. Tenho distimia, e uma vez li que os depressivos sao realistas demais, eles não se iludem. Acho q esse e meu problema, vejo a realidade dura e crua.

    ResponderExcluir
  11. Estou muito triste e angustiada isso vem acontecendo há muito tempo, não sou mais feliz.
    Eu penso todo dia em me matar, só Deus pode me ajudar estou ficando louca, terrivelemte louca

    ResponderExcluir
  12. Oi eu estou desorientada, desequilibrada emocionalmente, não consigo falar o que sinto, é muito ruim é uma tristeza que parece não ter fim, um nó na garganta que não desce, parece que todos me odeiam, eu me sinto um coco, tento ler a bíblia mas não consigo tento orar e não consigo, eu não sirvo pra nada mesmo eu não presto pra nada mesmo, eu sou o ser mais miserável e infeliz que existe na terra, minha mãe nunca me disse te amo, eu nunca vi meu pai, minha família não tá nem aí pra mim, pra que eu vim pra esse mundo, o vazio que tenho é falta de Deus mas porque Deus não preenche, porque ele não entra e toma conta de tudo, eu sou um fracasso na criação de Deus..

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Deus ama todos vocês e ele tem algo de novo para oferecer a voces!! se voces acham que até aqui deu tudo errado, tudo bem, eu entendo! Mas deem uma oportunidade pra Deus escrever uma nova história na vida de vocês!
    Sou uma jovem, radiante, bonita e feliz.. infelizmente em um dia da minha vida pensei em nao acordar no outro dia, hoje eu posso dizer que quero viver todos os dias!!!! amo a vida, se tudo fosse fácil, não teria graça! Eu amo a vida... Amo passar por uma dificuldade e vencer ela... amo desafios... amo essa vida que é radical.. com Deus tudo é certo! Mesmo que tudo diga não, a sua fé te da forças em querer viver um dia após o outro! Deem essa oportunidade que eu dei.. nãoe stou aqui falando de religião.. na verdade eu DETESTO, ODEIO E VUMITO RELIGIÃO. Estou dizendo de amizade, aproximação e conhecer verdadeiramente alguem que quer te ajudar! essa sou eu, que foge da religião e que se apega a alguem que me quer e me ama tão bem.. ele é tao simples como eu.. e tão real como minha fraqueza.. ams tão grande que não tem como descrever... qualquer coisa... dayaneraquelxavier@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Tudo que lí dos que estão buscando a morte parece que fui eu que escreveu!Eu ja tentei varias vezes e nunca da em nada, tudo que acontece é eu acordar frustrada.E não tem essa de que se realmente se a gente quisesse mesmo morrer a gente ja teria morrido, dado um tiro na cabeça,ou se jogado de um predio.Noite passada tomei 2 vidros de xarope, e uma caixa de rivotril, varias latas de cerveja e esperava que desse um piripaque no meu coração, que nada!Ma alguma coisa vai dar.Sou o resto dos seres, não tenho valor pra ninguem,ninguem absolutamente ninguem precisa de mim, sou sozinha, nunca tenho ou tive um amigo(a) que me chamasse p sair,ou viajar, ou simplemente me ligasse p perguntar como estou.Não é capricho, mt menos charme, é realidade.Ja vivi muitos anos, acho que ja deu, é o suficiente, eu tb imploro a DEus que tenha misericordia e me leve embora.Eu tive um amigo durante 17 anos que me levantava, que me fazia aguentar tudo que passo, e esse meu amigo morreu em dezembro, fiquei absolutamente so,pior do que sempre fui (ele morava no Canada e vinha 2 vezes por ano, mas ligava quase td dia),agora sem emprego, sem casa,sem proventos, vivendo de favor na cada dos outros, não me resta mais nada, perdi tudo, não sou nada, nem tenho ninguem nem nada.Pra que um ser desse tem q estar aqui destruindo a felicidade de quem quer viver.Suzana(45 anos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.li seu relato e gostaria de saber, como vc tá agora? Fevereiro de 2014?

      Excluir
  16. Antes mesmo de nascer meu destino era a morte.Aos dez anos de idade descobri de uma forma cruel que meu pai pediu o aborto, mas minha mae optou pela minha vida ao invez do.seu casamento.Com mais tres irmas mais velhas eu via a indiferença notavel na relaçao do meu pai.com elas, enquanto elas eram livres e ganhavam seus luxos oferecidos pelo meu pai, eu.vivia do outro lado...proibida de sair, nunca pude nem sequer ir a casa de um amiguinho para brincar, era obrigada a cuidar da minha mae com convulçao, nao podia nem mesmo fazer trabalho fora de casa, eu nao podia sair de casa de.forma alguma, aos 12 anos ouvi palavras rigidas do meu pai, onde ele me disse que minha vida era inutil e eu nao passava de um monte de merda, apos issso tentei pular da sacada, mas nao tive coragem.Hoje com dezoito anos, sendo obrigada a trabalhar pra ele, e trancafiada dentro de casa, nao vejo mais saida, tenho certeza de que sou realmente sua filha de sangue, nao entendo o seu odio, hoje fui ameaçada mais uma vez a levar uma surra caso ele me visse chorando, ja tentei conversar, ja implorei a Deus misericordia, mas acho que nao mereço estar aqui, quero morrer mas nao posso deixar minha mae doente e sozinha nas maos desse tirano e dessas patricinhas mimadas, tenho um namorado que vive por mim, nao quero morrer e matar a alma deles com minha atitude.suicida e egoista, mas nao aguento mais tanta agressao fisica e moral, nao aguento ser escravizada e anos de prisao residencial imposta pelo meu proprio pai estao matando minhas esperanças e minha fé em um dia melhor, quero fugir mais tenho medo de abandonar minha mae, ela e meu namorado sao os unicos motivos pelo qual ainda nao me matei.Ja ouve tentativas, tomei uma caixa de rivotril mas acordei normalmente no dia seguinte, eu quero viver, mas nao dessa forma, eu quero ser livre, nao sou um animal, nao sei mais o que faço, takvez esse seja o meu ultimo dia na terra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passei 10 anos sendo tratada como acometida por depressão. A dor era enorme. tristeza profunda. Vontade de morrer e de me suicidar sem evidenciar voluntariedade. Finalmente em 2010, a Psiquiatra começou a questionar "onde coloco a sua raiva no diagnóstico?" Chegou a conclusão: espectro bipolar. Voltei para perto de meus familiares para que pudessem cuidar de meu filho pequeno (meu marido não aguentou o tranco), fiz o tratamento e agora estou equilibrada, fazendo revisões periódicas. Sofrendo somente quando há razão para isso. Espero que consigas tratamento adequado e sejas persistente.

      Excluir
  17. Pessoal, acho que hoje ou pelo menos por enquanto, vocês salvaram a minha vida. Eu sou depressivo e já tentei o suicidio diversas vezes mas nunca deu certo. Minha namorada está grávida de 1 mês e isso me apavorou. Se eu tenho esse problema talvez meu filho também tenha e isso não é nada bom, além da minha vida mudar drasticamente, estou desempregado, sou formado em Design e o salario gira em torno de R$ 1.500 o que não dá pra bancar uma criança. Mas hoje eu lendo esses comentários, me senti bem pois descobri que não sou o único e talvez nós possamos nos ajudar. Gostaria de ter contato com vocês e compartilhar sentimentos. Como uma pessoa disse nesses comentários, se você se mata, você só está atrasando a evolução da sua alma e quando encarnar novamente você vai passar por isso tudo de novo. (é o que eu acredito). Não vou colocar meu e-mail ainda aqui porque não quero me expor mas espero encontrar alguem no chat algum dia. abraço a todos e boa sorte para nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como esta?? Seu filho(a) como eh?? ParAbens!!

      Excluir
  18. Não aguento mais tanto sofrimento e angústia. Estou pensando em tomar uma cartela de remédios e não acordar mais. Só queria que tudo isso passasse. só.

    ResponderExcluir
  19. Também qro mto me suicidar. Penso todos os dias o qnto não sirvo pra absolutamente nada, o qnto não sou insubstituível em qualquer lugar, o qnto as pessoas me odeiam e me evitam, o qnto sou infeliz e frustrada profissionalmente, amorosamente, e em todos os campos da minha vida.
    Qro morrer, preciso morrer, mas nunca tive nem a coragem d tentar. Qria pelo menos conseguir tentar, mas sou tão inútil e fraca q nem pra me matar eu sirvo...

    ResponderExcluir
  20. Tudo que eu li aqui eu me identifiquei com algumas pessoas.o problema maior é quando vc não tem ninguém pra te orientar de verdade.te escutar sem te julgar.ajudar com palavras otimistas,porém dentro da realidade.será que nesse planeta as pessoas não tem compaixão com o próximo?.você não pode demonstrar fraquezas que as oessoas já te rotulam como um depressivo.Que droga de vida é essa?.no meu caso...ando sem rumo.sem absolutamente nada.oca,vazia.sem estima alguma,apátia,frustrada,sem profissão,emprego,dinheiro,namorado,família e tão pouco um amigo sequer.gostaria de ajuda,pedi a Deus,mas parece que todo sofrimento é pouco.aí vem um imbecil qualquer e fala:precisa ter pensamento positivo.ahhj,fala sério....muito fácil falar quando não tá com os pés sobre a brasa quente.se fosse algo passageiro,faz parte da vida ,mas que M..de vida é essa que vc corre atrás da felicidade e ela corre mais ainda?.Respostas....Ah tá....tem na BíBlia.ainda dizem que o inferno não é aqui.pqp.e tem mais além desse?.todos passam por sofrimento,mas passar a vida sofrendo sem nenhuma realização é outro departamento.deveríamos vir com um botão que pudeessemos apertar quando não suportarmos mais.

    ResponderExcluir
  21. Cara a verdade é que eu sou uma quase suicida, pra ser totalmente so falta chegar ate o fim. Ja tentei varias vezes o suicidio, mas nada de me deixarem morrer. Internacoes e prevencoes, mas de nada tratar a porcaria da depressao, entao merecem que eu tente e consiga ja que nao cuidam de mim. Eu sou uma infeliz, fracassada e inutil. Um dia eu cnsigo acabar com isso..

    ResponderExcluir
  22. Eu ja tentei e vou cpntinuar a tentar ate conseguir o suicidio. Me sinto uma fracassada, inutil e infeliz. Eu nao sinto a menor vontade de continuar na vida que levo, odeio cada segundo. Afinal eu nunca tenho coragem de lutar pelo o que eu quero ou tomar uma decisao. Fracassada. Mas no fundinho bem que eu queria conseguir ser diferente e ver meus filhos crescerem, ser bem sucedida.. eu queria que tivesse um jeito de ser feliz.

    ResponderExcluir
  23. Ontem eu pensei em me matar tomando dramim e indo dormir no carro. Confesso q nunca pensei em me matar mas eh q a vida tah dificil de ser compreendida. Encontrei a mulher da minha vida mulher mesmo. Queria viver minha vida ao teu lado mas fui incapaz de fazer com que ela me amasse. Busco sair com uns amigos mas tipo tenho poucos e sempre sinto uma sensacao de perda. sempre fui mto namoradeira mas ela era especial ainda vai ser aonde quer que eu a carregue pra onde eu tivet que ir. A amo tanto tanto...

    ResponderExcluir
  24. Que nao consigo viver sabendo q todo o meu esforco foi em vao em tentar fazer com q ela continuasse me amando. Ela disse q tem coisas q nao eram pra ser e tbm q nao se aceita lesbica. Tentei voltar n vezes indo atras. Piorei tudo. Tenho certeza q se um dia eu me suicidar nao vai ser pq o inimigo me possui nada disso. Vai ser pq eu sou fraca demais pra encarar a realidade. E fora na minha familia ninguem me escuta e mora soh eu e meu pai a unica coisa q escuto quando vou na minha mae eh poxa fala pra seu pai vender o quintal pra sua irma e talz olho grande eh oq nao falta. To de saco cheio da vida... Uma vida em q posso contar 3momentos felizes q de um mes prak nao foram verdadeiros.. Perdao meu Deus! Antes de ir vou matar minhas vontades e saudades de tudo

    ResponderExcluir
  25. Vc ai que esta tentando se matar nao adianta dizer que nao e o diabo pois quem se mata vai direto pro inferno e tem huns ai q diz q nao mais e pra la que vai e outra coisa nao tem nada melhor que seguir a deus pois quem ja passou pelo que pasei pelo que vi desse mundo pelo que eu ouvi de vozes inesplicaveis do que vi en pai de santo da guinbanda gente deus tenta ganhar vidas e o diabo tambem pense nisso eu ja passei por tudo de ruim q existe ja vi de tudo e de tudo que passei e vivi eu so posso da um comselho procure a deus sempre e vc que ja tentou um milhao de vezes se matar pare e pense deus tem augoo na sua vida pois se vc n se matou ainda e pq ele te quer vivo a unica sauvaçao pra tudo isso e DEUS DEUS E DEUS NAO ESQUEÇA DISSO NAO TO FALANDO DE IGREJA TO FALANDO DE DEUS EXISTE MUITOS AI QUE SAO MAIS PECADORES Q AGENTE Sintiaaragao_hta@hotmail.com imail

    ResponderExcluir
  26. Eu me acho feia, pouco inteligente e estou com depressão. Já tive outras vezes e preciso acabar com este sofrimento, mas não tenho coragem. Alguém me ajude a conversar, meu email é carla_andrade2002@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  27. Momentos dificeis sempre existirao... Ja passei por muitos, ja pensei muito em acabar com tudo isso!! Nao sei mais oque fazer... Eu sei exatamente como, mas nao tenho coragem.

    ResponderExcluir
  28. Eu só queria dormir eternamente... Acreditar q n existe vida após a morte. Que n tenha nada. Estou cansada. Muito cansada.

    ResponderExcluir
  29. A VIDA É INDIVIDUAL, POIS VOCE QUER SE MATAR ,SE MATE, NINGUEM PODERÁ TE IMPEDIR,A VIDA É SUA CARA SE MATE MESMO EU TE APOIO, A NÃO SER QUE VOCE SEJA UM COVARDE

    ResponderExcluir
  30. Não tenha fé em Deus, tenha em si mesmo.

    ResponderExcluir
  31. Eu so tenho 11 anos mas minha avó com quem eu vivo me diz que sou inteligente linda e essas coisas mas eu não sou nada disso durante anos aguentei ficar longe da minha mae que esta em Londres e sempre tive uma relaçao mais o menos com minha vo e estou sempre fazendo asneira tirando nota ruim a unica coisa q eu quero e desaparecer pq so faço merda nessa vida e tiro a paz de todos quero voltar a ter paz e que os outros tenham tb so vejo essa saida...me matar

    ResponderExcluir
  32. Todas as pessoas que têm vontade de se matar não estão possuídas, nem nada disso, gente!!!

    Está faltando organizar os níveis do cérebro.

    É como uma disfunção cerebral que consegue ser resolvida através de uma medicação correta.

    Procure ajuda de um médico, explique sua situação que ele irá reequilibrar os níveis cerebrais a tal ponto que esta vontade passe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que especialidade medica seria? E qual seria o tratamento?

      Excluir
    2. Não é tão simples assim. Já passei por vários psiquiatras e psicólogos ao longo de dolorosos 18 anos em que faço tratamento para depressão e síndrome do pânico. Já tomei e ainda tomo diversos tipos de medicamentos para "reequilibrar" as coisas no cérebro e simplesmente a tristeza a angústia o sentimento de vazio continuam aqui. Tem épocas que está mais controlado e outras em que o suicídio não sai da minha cabeça. Nunca tentei me matar em respeito a minha mãe, pq sei que isso a deixaria devastada, mas agora aos 33 anos a coisa está cada vez pior. Eu não vejo mais saída pra mim. Não imagino mais um futuro. E respondendo ao comentário anterior, sou a prova viva que acompanhamento médico e tomar remédios nem sempre resolvem a depressão. Infelizmente. ..

      Excluir
  33. Muitos de vcs dizem o que sou, como pode existir tantas pessoas com o mesmo sentimento é porque não nos ajudar se só nós sabemos pelo que passamos? Qual seria nosso lugar,nosso apoio,nossa ajuda. Deve existir uma forma que conserte tudo isso e nos torne dignos em viver em nós amar.

    ResponderExcluir
  34. Vocês vão gostar de ler o livro de mágoas da poetisa florbela espanca

    ResponderExcluir
  35. Quero morrer, sinto que não valo nada, estrago a vida a tuda a gente, sou uma merda. O que faço? Tou farta da vida tou farta de sofrer só quero morrer..

    ResponderExcluir
  36. Oi, li todos os relatos. Respeito à todos, não entendo direito o assunto, mas queria falar pra vcs o q passei. Perdi um irmão pro câncer em apenas 9 dias depois q descobrimos. Ele era mais q irmão pra mim, meu tudo, minha alma gêmea, fiquei uma semana com ele no hospital, vendo ele lutar pra viver, tentando agarrar cada chance, ele queria viver!!! Mas não consegui, eram dois tumores na cabeça e já tinha metástase. Revoltei com a vida, com o mundo, então, por favor, não façam isso, não tentem tirar a própria vida! E triste ver uma pessoa lutando pra sobreviver e vcs querendo morrer, vcs são amados por Deus sim, tudo tem um propósito na vida, não sei qual é o meu com a morte do meu irmão, não sou de religião nenhuma, apenas queria q vcs entendessem que vcs tem vida, então viva, mude essa história!!

    ResponderExcluir
  37. SOU ESPÍRITA. VAMOS ACREDITAR QUE HÁ OUTRAS OPORTUNIDADES NESTA ESCOLA DE PROVAS E EXPIAÇÕES E QUE "VALE A PENA" PASSARMOS POR ESTA ESCOLA COM ACEITAÇÃO E ALEGRIA. VALORIZE A VIDA E A VOCÊ TAMBÉM. BJS.!

    ResponderExcluir
  38. Cara veja so eu achando que era o único... ja estamos em 2015 mas ainda a pessoas comentando algumas vieram com o mesmo propósito que eu procurando uma forma eficaz de se suicidar, nunca tentei mas sempre que penso me vem a mente o sofrimento que iria causar as pessoas que eu amo e isso me impede ou pode ser por eu ser covarde e nao ter coragem.. eu sempre fui uma criança tímida mas a partir do dia em que mudei de cidade aos 8 anos eu piorei me fechando perante todas caras novas que via não conseguindo me enquadrar, agora tenho 20 anos apesar de inúmeras tentativas de mudar de atitude de tentar ser feliz nunca conseguia definitivamente, sempre voltava a depressão eu me acho muinto covarde fracassado tímido e preguiçosos, e independentemente do que eu tentava fazer nos últimos 12 anos eu não conseguia mudar essas atitudes... e o suicídio acabou por se tornar uma opção pra por o fim na mnha miseravel vida e na minha sensação de culpa por ser um fracasso na minha família... cara eu ja tivi muintos momentos bons na vida e suicídio não me passava pela cabeça, agora e unica coisa que penso e não vejo adsulutamente nada que me mude de ideia... talvez isso aconteça talvez alguem me salve milagrosamente quem sabe

    ResponderExcluir
  39. Tenho 37 anos e penso em morrer desde os meus 17 anos quando tive um aborto ocasionado pelo meu namorado !!20 anos sofrendo e imaginando o rosto do filho q permiti q arrancassem de mim !tenho uma filha de 16 anos e com certeza ela eh que me mantém viva !!aos 17 anos tomei veneno pra ratos e veneno pra formiga ...nem cócegas fez !!e agora a três anos depois de uma decepção amorosa cortei meus pulsos e meu pescoço !!!sujei o apto todo pra nada !!ganhei uma internação num hospital psiquiátrico onde pude ver o sofrimento da minha filha !!hj penso em inúmeras maneiras de morrer !!espwro poder agüentar ver minha filha encaminhada ,casada e feliz !!dae imagino minha morte!!pego uma corda e me enforco nos fundos de casa!!!fico olhando pro local ...imaginando quem vai achar meu corpo !!e imagino q será o fim de tanta dor !!quero pedir perdão ao meu filho por ter permitido deixar q arrancasse de mim !!sei que minha filha ficará bem !!!ela eh muito diferente de mim!tem muitas chances de ser feliz !me sinto velha e acabada !quero morrer !!cansei de pedi pra Deus !e cansei de tentar mostrar as pessoas o que eu sinto !soh aqui com pessoas como eu que sei q sou compreendida !encontrei esse site !!pq procurava um jeito de me matar !!coragem eu tenho Soh quero eficácia !

    ResponderExcluir
  40. Eu tbm tenho vontade de tirar minha vida, nao aguento mais essa vida de fracassos e tristeza, não consigo arrumar um emprego, não tenho amigos(as) eu não sei pq, eu sempre sou legal com todo mundo mas ngm gosta de mim e ainda por cima fui abusada sexualmente qndo eu era criança. Queria dar um fim nisso tudo, mas penso no sofrimento da minha mae q eh a única pessoa q se importa cmg.

    ResponderExcluir
  41. Só estou tão cansada. Fracassada. Preciso acabar com isso

    ResponderExcluir
  42. Boa noite!!! Gente problemas td mundo tem... temos q encarar ele com fé.... eu tbm sou depressiva tenho vontade de me matar mais falta coragem... vamos levando a vida... é o q nos resta

    ResponderExcluir
  43. Essa vida realmente e muito injusta, ja tentei o suicídio 3 vezes, 2 vezes na mesma noite, tenho transtorno bipolar e sofro muito com isso, tenho um lençol no meu armário pronto para ser usado, fiz o laço com perfeição mas não quero me enforcar, não quero causar mais sofrimento para minha família com meu rosto todo desfigurado, sou viciado em maconha e se fico sem fumar 1 ou 2 dias fico extremamente agressivo não consigo deixar de fumar e nem quero pois e meu calmante natural, parece que as coisas que faço nunca vão me levar a nada que eu realmente goste, parece que as pessoas sao todas falsas e superficiais, aprendi a falar inglês sozinho, cheguei a pesar 105 kilos com 13 anos de idade e consegui vencer isso tb perdi 35 kilos por mim mesmo, sem ajuda de familia ou academia, foi a coisa mais difícil que fiz na minha vida, mas parece que uma hora a proteção e a força somem, apesar de varias garotas me acharem bonito as vezes me acho feio, acho que por viver muito tempo com pai e mae que so sabem discutir e se xingarem me tirou a perspectiva de um relacionamento feliz e me deixou com uma expressão de angústia,não tenho vontade de fazer nada, as poucas vezes que namorei não deu certo e ainda tive um puta azar de a primeira ser muito falsa e mentirosa oque me deixou mais desgostoso ainda, sei que meus pais me amam mas nunca souberam demonstrar muito, moro de aluguel que e muito caro e estou desempregado e sem vontade alguma de procurar emprego, ja me decidi mas so faço se for com nembutal, ja sofri muito pra viver e não quero sofrer para morrer, por favor se alguem souber onde posso comprar eu agradeco, e minha vida e minha decisão

    ResponderExcluir
  44. Eu não quero morrer, eu quero que a dor passe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor e a tristeza são enormes, não? Quem está depressivo ou já teve sabe disso. Busque ajuda profissional da área psiquiátrica, com certeza tudo ficará melhor. Evite tratamentos alternativos: florais, livros de autoajuda, palestras motivacionais. E, lembre-se, se em 6 meses não obtiver algum alívio, troque de psiquiatra. abr

      Excluir
  45. Meu filho tem 17 anos e já tentou se matar diversas vezes.
    Eu te 33 anos, sou mãe solteira, morro sozinha com ele.
    nunca teve um motivo real para as 6 tentativas, tudo começou com o buling no colégio aos 14 anos. Muita solidão por sermos muitos reservados, ele no computador e eu no trabalho e universidade.
    Resumindo; eu fiquei muito triste, ele ficou muito triste por me deixar preocupada. Então, com muita conversa com ele e com os diversos médicos eu obtive uma vitória, passei por tudo isso sem precisar interna lo...
    eu sabia que aquele ambiente não era preciso no caso dele... eu sabia que ele não iria melhorar. .. ao contrário, na cabeça dele "ele iria estar com os doidos como ele"
    E eu tenho certeza que ele não é louco.
    ocorre que eu o sempre o observei de perto e sempre estive presente para tudo... e foi por isso, que eu percebi que o que ele tem
    não é vontade de morrer
    é um constante mau humor.
    Ele acorda de mau humor
    se irrita muito fácil
    É muito impaciente
    chegando ao ponto de ser uma pessoa muito chata
    eu sou mãe , mas eu digo, chega a ser insuportável.
    É triste, mas a verdade é essa...
    Não posso fechar os olhos... até porque eu nunca fui assim
    sou mãe de um menino que sofre de uma doença
    tem nome... DISTIMIA
    procurei na net, e , gostei muito do site do dr. Drauzio

    ele faz terapia, adora a psicóloga, a psiquiatra a dr. Neurologista dele...

    enfim, ele toma seus remédios. .. sabe o que tem, EU SEMPRE O CORRIJO... CHAMO A ATENÇÃO ...QUANDO O MAU HUMOR ESTÁ DEMAIS

    ele para reflete e se eu estiver certa ele me dá razão



    BJAO PARA TODOS


    E TODO MUNDO TEM PROBLEMAS


    MAS, VOCÊ NÃO É MELHOR OU PIOR DO QUE ALGUÉM

    a gente se especializa
    se qualifica
    se destaca


    no mais, o SOL NASCE PARA TODOS.


    ResponderExcluir
  46. também sou dês da infância mas infelizmente nunca deu certo. Falou t!

    ResponderExcluir
  47. Bom, nao é a primeira e também nao sera a ultima, uma carta, mas nao qualquer carta, uma de despedida, um dia quem sabe pela graça de deus nos veremos novamente, cada um tem seu jeito de suportar a vida e seus problemas, nao acho que isso deva ser alterado, por melhor que a vida esteja ainda ha algo dentro de mim que sempre me leva aos mesmos pensamentos e as mesmas saidas, sempre soube que nao seria facil, mas ninguém me explicou que seria tao dificil, por mais que haja pessoas ao meu redor, nao ha nenhuma que realmente esteje comigo, e que inteda que nao se passa apenas por uma vontade mas que é algo que faz parte de mim, parte do meu ser, e a ironia de tudo sera que, quando eu fizer algo que eu me sinta completa, inteira e feliz, eu serei eu e ao mesmo tempo nao serei nada, pelo simples fato de nao existir.
    Nao ha como explicar, uma coisa que so quem sente sabe como é, mesmo que pareÇa cliche, por mais que haja pessoas coisas e tudo mais eu nunca terei nada,somos predestinados desde o nascer, ou até antes, nascer, crescer,procriar, morrer, e ai entao vivemos de sonhos pois estamos ocupados de mais pra viver de verdade por estar sobrevivendo.No silencio da noite quando fecho meus olhos, tenho meu proprio mundo, minha propria vida, durando apenas uma noite e ao mesmo tempo uma vida inteira, o unico momento que esse algo dentro de mim parece ter encontrado a paz, mas é questao de tempo para que meus olhos abram e eu veja que era apenas mais um sonho, e que tudo comeÇa de novo e que nunca encontrei a paz dentro de mim.
    E por um instante aquela ancia desesperadora que necessita nao existir, volta atona como se nunca tivesse deixado de ser parte de voce, porque nao deixou, apenas se manteve escondida para quando surgisse a oportunidade, o momento de fraqueza, pudesse se reerguer, e tomar posse do seu corpo novamente, sem controle ou emoções, é como se estivesse dentro de um corpo do qual nao tem controle, estando presa, por mais que grite ninguém ira lhe ouvir, pois ja se acostumaram com essa nova presença e esqueceram do que era real. Esqueceram de quem era voce, entao nota o quao importante voce era, o quao importante era sua existencia, até nao mais existir.
    E a questao é ... Porque? Não há uma resposta certa para isso, creio que assim como eu haja pessoas que mesmo sem motivo necessita não mais viver, a verdadeira decepção é apenas de estar vivo e não saber viver.

    ResponderExcluir
  48. Faço de suas, minhas palavras!

    ResponderExcluir
  49. Neste momento de angustia e sofrimento me identifiquei com o que li. Tb ja tentei suicidio desde mes 9 anos. E a unica coisa que quero é morrer. Trabalho, sou independente, tenho minhas conquistas. Mas tb sofro calada e neste momento não aguento mais minha vida, familia. Quero simplesmente desaparecer, já que não sirvo pra nada.

    ResponderExcluir
  50. A dor não passa , já imaginou se todas as doenças que existem fossem tratadas como a depressão é ?! Hoje em dia é mais difícil explicar a alguém o que sentimos pois todos nós daram a mesma resposta : - você não precisa disso , ou pior , tudo que me falas é bobagem de tua cabeça, você não ajuda porque não se quer ... eu me pergunto todas as vezes o quão mais fácil seria apenas sumir , desaparecer , pois do mesmo modo que hoje minha presença não faz diferença no futuro não fará! Eu canso , me desgasto todos os dias ouvindo problemas dos outros e faço de tudo para auxiliar , porém quando é minha vez de me expressar sou julgada e me dizem que em meu caso não tem solução é a frase retorna : SE ESTOU ASSIM É PORQUE QUERO É DEIXEI CHEGAR A ESTE PONTO . Eu não deixei , lutei durante três anos até entender que não aguentaria tudo sozinha , até pensar em alguma ajuda e procurei, melhorar , quem sabe nos dois primeiros meses, mas tudo retorna a vontade desaparece e ficar em meu quarto me facilita . Hoje escutei que minhas medicações são apenas para me fazer fugir das críticas que escuto ... mal eles sabem que elas me impedem de fazer algo que sempre tive vontade . Queria poder mostrar o quanto sofremos , fazer os mesmos entender que não é preguiça ou falta de vontade que nos prende nesse sentimento é sim algo maior .

    ResponderExcluir
  51. Não desista, viver não é fácil, descobri que tinha HIV com 19 anos e entrei em depressao, só queria morrer, fiquei um mês sem sair do meu quarto, hoje, 10 anos depois, sou casado, tenho uma boa situação financeira e estou fazendo meu mestrado ! Não desista rapaz, no final é só você contra você mesmo !

    ResponderExcluir
  52. Tô passando por um momento profissional muito difícil, que afetou diretamente minha vida pessoal, pq eu não tenho vida pessoal, tenho vida vazia, relacionamentos que nunca dão certo, pessoas erradas,solidão. Encontrava prazer na vida profissional, pessoas que preenchiam minha vida. Mas houve mudanças, decepções, uma escolha errada e perdi tudo. Veio o arrependimento, o desespero de querer voltar, mas não ser simples assim, a depressão. Morrer é querer acabar com o sofrimento, mas não tenho coragem. Entendo todos vocês, pq tb tenho essa vontade. Força para todos nós.

    ResponderExcluir
  53. Também já quis muito. às vezes ainda penso nisso. a terapia espiritual tem me ajudado. Tente todas as possibilidades que possam te ajudar a mudar de idéia antes de desistir. Força!

    ResponderExcluir
  54. Bem, passei minha vida quase toda pensando em suicídio, e planejei que o faria aos 27 anos, hoje estou com 24 e tô vivendo um dos piores momentos da minha vida, que nunca foi boa. Mas o fato de pensar em suicídio é que sempre me questionei a respeito da vida, eu simplesmente não pedi pra vir ao mundo, e vive desejando ter partido dele a muito tempo, eu não vejo sentido na vida, nas pessoas, a forma que vivemos, que interagimos e tudo isso, sempre me achei sensível demais pra um mundo que tá pouco se fudend.. pro que você sente ou não. O que me incomoda também é fato de que as pessoas não têm autonomia sobre suas próprias vidas. Ora, a vida não é minha? Então pq não tenho direito de tirá-la? Eu cansei de viver, perdi vitalidade de viver faz tempo, e acho um direito meu poder tomar essa decisão. Bem, é só uma revolta que gostaria de compartilhar. E aproveitando o momento, alguém indica a melhor forma de se cometer suicídio, sem que haja dor e seja de forma rápida?

    ResponderExcluir
  55. Preciso de força, estou farta de tudo. Nada dar certo, tive um fracasso profissional, n consigo retornar ao mercado de trabalho e a vida pessoal, apesar de ter pessoas por perto, me sinto só, desmotivada! Choro direto! Já tentei uma vez na adolescência (tomei veneno) e as vz penso que deveria ter dado certo, hj me falta coragem!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Quero Morrer é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.